sábado, 31 de janeiro de 2009

Hora Phinática por The War: Season Arwards

Este homem aí com certeza foi o maior responsável pela nossa volta por cima


Bom, como dito, eu irei ter uma coluna aqui no blog, ele será uma vez por semana, geralmente aos sábados.
Na primeira edição irei falar sobre os melhores jogadores da temporada. Vamos começar.
MVP: Chad Pennington, QB: Após uma temporada cheia de altos e baixos com o Jets em 2007, Pennington chegou no TC brigando por posição com o fraco Kellen Clemens, mas após um tempo em que ambos se saíram muito mal nos treinos, a torcida começou a pedir por Brett Favre, que estava bem no meio de sua novela, e dias depois Favre foi trocado para o Jets e eles dispensaram Pennington. Dois dias depois o Dolphins confirmara a contratação do QB por dois, e ele foi muito bem, levando a nossa equipe a pós temporada, feito que não tinhamos desde 2001, e ele venceu pela segunda vez na carreira, o premio Comeback Player of the Year.
Menções honrosas: Ronnie Brown, Joey Porter.
OPOY: Ronnie Brown, RB: Brown foi draftado pelo Dolphins com o segundo pick do draft de 2005, no seu ano de rookie dividiu os carregamentos com Ricky Williams, em 2006, sem Williams, conseguiu chegar pela primeira vez na carreira a 1000 jardas, em 2007 estava em uma grande temporada, quando, na semana 7, contra o Patriots, soofreu uma seria lesão e perdeu a temporada, em 2008, começou ainda sentindo a lesão e sendo back-up de Williams, mas a partir da semana 3, contra o mesmo Patriots, começou a jogar muito bem, e ganhou sua primeira viagem ao pro-bowl, e agora na off-season ele está pedindo uma merecida extensão de contrato.
Menções honrosas: Greg Camarillo, Ricky Williams, Davone Bess, TGJ.

DPOY: Joey Porter, LB: Porter sempre foi um dos melhores OLB da liga, desde os tempos de Steelers até agora. Ele foi um dos principais líderes da equipe de Pittsburgh que venceu o Seahawks no SB XL, ele foi a três pro-bowls com o Steelers. Em março de 2007 o Steelers resolveu cortar Porter. Quando ele foi cortado muita equipes correram atrás dele, mas ele optou por vim para o Dolphins. Após uma temporada abaixo das espectátivas Porter foi muito bem essa temporada, ganhando sua quarta viagem ao pro-bowl.

Menções honrosas: Channing Crowder, Jason Ferguson, Akin Ayodole.

CPOY: Ricky Williams, RB. Willams ganhou esse prêmio pela volta por cima que ele teve na vida. Após fantásticos anos na universidade do Texas, Williams foi para o draft da NFL, onde ele é lembrado por Mike Ditka ter dado todo o seu draft para o Washington Redskins para selecionar ele, após alguns anos turbulentos com o Saints, ele foi trocado para o Dolphins por duas 1st round picks, ele teve excelentes anos em 2002 e 2003, indo ao pro-bowl, em maio de 2004 ele testou positivo para marijuana e teve uma multa e uma suspensão de 4 jogos, depois de seu terceiro problema com drogas, ele decidiu se aposantar. Depois, em Julho de 2005 Williams retornou para a NFL. Em 2006 ele teve mais problemas com drogas, e foi suspenso pela temporada inteira pela NFL. Ele jogou em 2006 pelo Toronto Argonauts da CFL. Em 2007 ele retornou a NFL, pórem na sua reestréia contra o Pittsburgh Steelers, após um tackle do LB Lawrence Timmons ele se machucou e perdeu a temporada. E em 2008 Williams voltou e ajudou muito o jogo corrido do Dolphins.

Menções honrosas: Ronnie Brown, Joey Porter, Matt Roth.

OROY: Davone Bess, WR: Bess jogou na universidade do Hawwai e entrou em 2008 para o draft da NFL. Pórem ele não foi selecionado e assinou com o Dolphins como UDFA, ele chegou no TC brigando por uma posição no elenco, e após ir bem nos treinos e nos jogos da pré-temporada ele conseguiu uma vaga no elenco, e foi outro que ajudou muito, principalmente depois da lesão de Camarillo.

Menções honrosas: Jake Long, Donald Thomas, Shawn Murphy.

DPOY: Kendall Langford, DE: Langford foi draftado terceiro round do último draft pelo Dolphins vindo da pequena universidade de Hampton, teve um ótimo TC, e foi starter desde a primeira partida, registrando o primeiro sack da sua carreira no mestre Brett Favre.

Menção honrosa: Phillip Merling.

Draft 2009. O que dizem os mocks por ai...

Scott Wright - Draft Countdown
Brian Cushing - OLB - USC

Uma escolha interessante. Como o nosso Strong Side LB é o Matt Roth que não é nenhuma Brastemp, um LB jovem e forte nesta função seria interessante.  Com Crowder e Porter teríamos um ótimo tripé entre os LBs. A carência é a secundária, mas com uma pressão maior nos QBs, quem sabe os atuais DBs deem conta conta do recado...

Ben Standing - FF Tool Box
Louis Delmas - S - Western Michigan

Não concordo. A safra de Safetys não é das melhores e temos como prioridade renovar com Yeremiah Bell. Em todo caso, ele é não é nenhuma criança e precisaria de um back-up, mas gastar uma escolha de primeiro round pra isso??

Chris Steuber - Fox Sports
B. J. Raji - DT - Boston College

Uma carência sem dúvida, por mais que Fergunson e Starks tenham se saído bem na função. Mas é um talento forte e vem bem recomendado pelo seu ano como Sênior. Uma escolha que também pode melhorar a secundária...

Walter Football
Duke Robinson - G - Oklahoma

Um dos melhores Guards - senão o melhor - desta safra. No entanto, como temos outras carências bem mais gritantes ( CB/S/WR/LB/DT em ordem de necessidades ), não gastaria uma escolha first round em um membro da OL, que nem de longe foi um problema em 2009. O autor do Mock deve desconhecer que temos dois bons Guards jovens no elenco.

Matt McGuire - Walter Football
Larry English - DE/OLB - Nothern Illinois

Jogadores que atuam em duas posições na NCCA correm sérios riscos de não vingarem na NFL. Esse me parece ser o caso do English, que para ser DE precisaria de mais força e para ser LB de mais agilidade... Não o escolheria caso fosse GM do Miami...

EDIT: Um adendo importante: Nenhum deles colocou WR e CB no Miami. Curiosamente, as duas maiores carências do elenco.

quinta-feira, 29 de janeiro de 2009

Cowboys interessado em John Beck

Será a saída de quem nunca deveria ter chegado?? Só digo uma coisa: Já vai tarde...

Segundo o site www.thephinsider.com o Miami Dolphins pode estar perto de se livrar do QB John Beck. O site informa que o time interessado nele é o Dallas Cowboys, que está procurando um backup para Tony Roma, e as fontes informam que a equipe de Dallas vai oferecer o pick de quarto, ou de quinto round no draft em troca dele. O Cowboys já tinha tentado contratar ele em Agosto.
Na minhha opinião, nessa troca, assim como na maioria dos negécios com o Cowboys, o Dolphins sai levando vantagem, pois ganha um pick onde nao é tão dificil achar bons jogadores.

quarta-feira, 28 de janeiro de 2009

All-Rookie Team 2008: 3 Dolphins Players escolhidos

Kendall Langford ( DE - 3º Round ), Dan Carpenter ( Kicker - UDFA ) e Jake Long ( OT - 1º Overall Pick ) foram escolhidos para o All-Rookie Team. Prova de como nosso Draft foi bem feito...

Draft sempre foi uma palavra preocupante em Miami. Escolhas absurdas, estapafúrdias e congêneres nos anos anteriores fizeram com que ficassemos com um pé atrás com o Draft 2008. Tinhamos razões para duvidar e para acreditar, sobretudo em Parcells. O resultado está ai: três jogadores do time estão no Time de Rookies, e um deles ( Carpenter ) nem draftado foi. Além disso temos dois outros destaques: Phillip Merling ( DE - 2º round ) e Davone Bess ( WR - UDFA ). Em Abril temos outro draft e outra lacunas serem preenchidas. Que no time de 2009, coloquemos mais 3...

terça-feira, 27 de janeiro de 2009

Novo Colaborador no Blog...

Apresento a vocês o mais novo ( em mais de um sentido ) Colaborador do Blog: Gabriel Silva, ou The War, para os íntimos.

"Bom gente, hoje eu estava conversando com o Flávio no MSN, e de surpresa ele me fez um convite, e ele era para ajudar no blog undefeat team, do glorioso Miami Dolphins.
Bom eu me chamo Gabriel Silva, tenho 11 anos, e moro em Santo Angelo no RS.
Meus jogadores favoritos são: Joey Porter, Jake Long, Chad-P, entre outros.
Além de ser Dolphins fan na NFL, sou Portland TrailBlazers na NBA, Minnesota Twins na MLB, Gremio no futebol, Calgary Flames na NHL e Columbus Destroyers na AFL.
Abraços"

Ele irá ter uma coluna aqui no Blog. É uma das várias mudanças pensadas para o Blog neste ano. Sabem como é, o time melhorou - e muito mais do que sonhavamos - e portanto, o Blog tem que seguir nesta toada...

Revendo 2008: Week 3 - Dolphins 38 x 13 Patriots

O dia em que a NFL mudou. Para sempre... E o Dolphins também!!!

Uma surra. Assim pode ser definida a vitória sobre o Pats. E esta surra foi arquitetado por Tony Sparano e cia. Que assustaram a Liga inteira, que nunca mais seria a mesma após o surgimento da Wild Cat. Toda vez que um QB alinhar como WR, algo poderá acontecer... até mesmo nada.

Ronnie Brown jogou a melhor partida da sua vida. Agora ele é o RB com mais TD em uma só partida com a camisa do Miami Dolphins. Tudo porque ele acertou este passe, que acabaria sendo TD do Anthony Fasano. Nada mal para quem fora considerado acabado para o esporte..

Devo reconhecer e fazer uma mea culpa: até esta partida, eu estava com um pé atras com ele. Talvez até mesmo os dois pés. Ele nem foi tão espetacular na partida, mas ganhou minha confiança. Neste dia ele foi coadjuvante, mas passaria a ser o comandante a partir deste momento...


A sequência era cruel: 21 derrotas em 22 jogos. O adversário mais forte. Tudo conspirava contra. Mas eis que foi em uma bela tarde no Gillete Stadium ( coisa raríssima ) que o Miami Dolphins renasceu das cinzas. Um dado é importante: a última vitória gorda e fora de casa fora contra o próprio Pats, ainda em 2006.

Destaques da surra:
  • Jardas Totais: Dolphins 461 / Pats 215 = Coisa rara de ser no Miami nesta década, mas o nosso ataque conseguiu mais do que o dobro do ataque do NE;
  • Jardas Corridas: Dolphins 216 / Pats 76 = Não foi só Brown quem correu muito. Ricky Williams quase chegava às 100 também;
  • Jardas passadas: Pennington 226 ( 17/20 ) / Cassell 131 ( 19/31, TD e Int ) = O "joelho de cristal" fez uma ótima apresentação, ofuscada pela excepcional atuação de Brown. Cassell levou uma dura lição. Em Miami na volta, mostraria claramente que a aprendera.
  • Sacks: Dolphins 5 ( Porter 4!!! ) / Pats 0 = E as nossa OL não jogava nada. Imagina se jogasse...
  • Após este dia, só sofreríamos mais 3 derrotas na temporada. E foram mais 1o vitórias e o titulo da divisão, nasceram aqui, nesta tarde. Um novo Miami Dolphins nasceu neste dia!!!

domingo, 25 de janeiro de 2009

Revendo 2008: Week 2 - Dolphins 10 x 31 Cards

ALGUÉM ANOTOU A PLACA??

Muitos questionam se ele é ou não um grande jogador. Na semana 2 ele não marcou TD, mas recebeu para 153 jardas, deixando a nossa pobre secundária tonta...

Era o segundo jogo, e a segunda derrota. Se contassemos o ano de 2007, era a 17 derrota em 18 jogos. Motivos para duvidarmos dele? É o que parecia. O tempo encarregou-se de nos mostrar o quão bom Coach Sparano e cia eram. Apenas um domingo depois, eles assombrariam a Liga inteira. E dariam uma surra histórica no Pats.

Uma surra. Assim podemos definir o segundo jogo da era Tony Sparano. Nada deu certo: jogo corrido foi parado, os passes não funcionaram, a defesa comeu mosca e a secundária... bom, a secundária foi apresentada aos melhores WRs da Liga. Que em poucos dias, jogarão o Super Bowl...

Destaques:
  • Kurt Warner = 19/24 -361 jardas - 3 TDs. E eu o havia chamado antes do início da temporada de "ex-jogador" em atividade. Ledo engano;
  • Anquan Boldin / Larry Fitzgerald = Quase 300 jardas em apenas 12 passes recebidos. Precisa mesmo dizer mais alguma coisa?? Em tempo, Boldin marcou 3 TDs...
  • Joey Porter = Acreditem, ele só deu uma tackle. Quando até ele joga mal...
  • Chad Henne = Entrou quando o placar era 31x3 e conseguiu conduzir bem um drive. Boa estréia. Aliás, ele só entrou nesta partida.
  • Ronnie Brown = 25 jardas em 11 tentativas. Mas marcou o TD do Miami no finalzinho. Foi simbólico: era o primeiro desde a sua contusão. E ele guardara a sua melhor atuação da vida para o domingo seguinte. Mas isso é papo para terça-feira..