quarta-feira, 27 de maio de 2009

Renovação de Allen indica que Brown renovará logo?

Será ele o próximo a renovar?? Depende de dele. Mais da saúde dele, que se diga...

Vivemos momentos de grande angústia durante os instantes finais de "proteção" dos jogadores do Miami que tinham seus contratos vencidos: Yeremiah Bell, Vernon Carey e Channing Crowder. Todos eles eram FA e passaram ilesos pelo período da Franchise Tag, a qual o Miami só usou uma única vez na vida, e "pareciam" fadados a viraram ex-phináticos.

Eis que os três renovaram, e por várias temporadas, e irão manter o centro do time de 2008. Agora, após o draft, renovamos com o nosso melhor CB Will Allen por mais 3 anos ( ele que tinha contrato até o fim do ano ), encerrando especulações que apareciam sobre uma eventual trade dele ( afinal, temos Green e o outro Allen e uma dupla advinda do Draft que é por demais promissora ). Sendo assim uma novela finda antes de nascer, e estamos rescaldados de novelas envolvendo jogadores veteranos querendo Trades.

Assim a bola da vez recai sobre Ronnie Brown, que será RFA ( Restrict Free Agent ), onde o Miami tem a opção de cobrir qualquer proposta feita a ele ou receber picks por uma eventual saída dele ( tipo Wes Welker ) ou ainda, aplicar a Tag. Mas Ronnie Brown é um problema? Ele é tão essencial ao time? Podemos viver sem ele?

Ninguém é insubstituível ( e aprendi isso com Jason Taylor ), mas se ele sair passaríamos a ter que apostar em um RB no Draft de 2010, cortando etapa importante na formação de um elenco vencedor, que o que Parcells está fazendo. Sendo assim, uma eventual saída dele é sim um problema. E dos grandes. Não existem mais do que 10 RBs melhores que ele, quando ele está saudável é claro ( isso vale para outros por ai, que vivem na enfermaria ), mas é fato que das 4 temporada dele até aqui, ele só jogou duas completas e partes de outras, tendo sofrido em 2007 uma grave contusão, que chegou a ser apontada como terminal por alguns ( nunca por mim ).

Em 2008 ele conseguiu 10 Tds ( um passando, contra o Pats ) e quase 1000 jardas, barreira que ele ainda não transpôs na carreira. Claro que o fato da Wild Cat ter sido adotada foi um fato determinante, mas ele contra o Cards fez um TD sem Wild Cat. Ele tem talento para ser Top, mas precisa de saúde na mesma proporção do seu talento. Se jogar a temporada inteira e em alto nível ( passando das 1200 jardas ) e sem passar da marca maldita para RBs ( 300 carries ), deverá assinar por um grande valor. Mas e se ele se machucar? Dependerá de como foi tal contusão ( uma entrada violenta não pode ceifar a carreira de ninguém ), mas pode ser que seja algo de "corpo" mesmo de um Injure Prone ( jogador que sempre se machuca ), ai ele deverá perder espaço e talvez ser cortado.

E o Miami, deve oferecer-lhe uma extensão de contrato já ou deve pagar pra ver? Bom, se quiser pagar menos, oferecer agora é o correto. Mas se não quiser correr o risco de pagar e ver o jogador no estaleiro, espera terminar a temporada é o mais correto, mas claro tem o risco dele estourar, não o joelho óbvio, e ser até MVP ( impossível? não, apenas improvável ) e ai ter que oferecer um mega contrato e correr o mesmo risco de ele se machucar em 2010.

Em suma, eu renovaria já. Obviamente colocaria claúsulas de rendimento, como por jardas conquistadas, TDs, jogos disputados, prêmios recebidos, etc. E também claúsulas por inatividade: se perder mais de 5 ou 6 jogos receber menos grana. Ele é importante elenco, e se o perdemos e draftarmos um jovem em 2010, tanto podemos tanto pegar um "mega-star" ou um "mega bust" no Draft...
Outros FAs do Miami ao fim da temporada são:
  • Chad Pennington - Quarterback Starter em 2008, e que deve ser em 2009;
  • Davone Bess - Wide Receiver UDFA em 2008, que foi quase melhor que o TGJ no seu primeiro ano;
  • Matt Roth - Um DE limitado, que virou um bom OLB no Strong Side. Seu contrato de rookie finda ao fim desta temporada, mas ele será RFA, ou seja, não corremos o risco de perdê-lo sem termos alguma compensação em troca.
  • Anthony Fasano, David Martin e Joey Haynos - O nosso trio de TEs em 2008 será todo, isso mesmo, FA ao fim da temporada. Por isso a prioridade deve ser a renovação do melhor destes, Fasano. Martin é um TE seguro, mas seria caro a sua renovação. Como Nalbone assinou por 4 anos, o correto é apostar nele e em Fasano e "perder" Martin. Fasano finda seu contrato de Rookie, mas não sei se ele será RFA ( ele era rookie do Cowboys, não do Dolphins );
  • Ricky Williams - Já falei sobre ele. Deveria receber extensão já. Ele já deu indícios que quer se aposentar sendo um Phinático;
  • Brandon London - Wide Receiver, também UDFA, mas que terá que lutar muito para sobreviver ao corte dos 53 do Roster da temporada;
  • Dan Carpenter - O Kicker que demitiu o "outro". Quase foi ao Pro-Bowl. Deveria renovar logo.
  • Jason Fergunson - É o nosso NT/DT, mas é velho ( 35 em 2010 ). Compensa renovar? Sim, se trouxermos alguém no Draft de 2010, para "tutelá-lo". Caso contrário, não faria sentido...

terça-feira, 26 de maio de 2009

Miami extende o contrato de Will Allen...

Will Allen será um phinático até 2011...

O Miami Dolphins encerrou uma pequena polêmica, que poderia ser uma troca envolvendo o nosso melhor Corner Back: Will Allen. Ele renovou por 3 anos e receberá algo em torno de 16mi, sendo 10mi garantidos.

Achei uma boa medida. Ele é o melhor de nossos CBs e poderá ajudar, e muito, no desenvolvimento de Vontae Davis e Sean Smith.

Liga Fantasy...

Quer jogar uma Liga Fantasy, junto com outros phináticos? Não sabe o que é Fantasy? Leia o texto, tenho certeza que irá se apaixonar...
O que é um Fantay? R - É um campeonato de Futebol Americano, parecido com Madden NFL, que ao invés de você ter o time inteiro do Miami Dolphins, você pode escolher quaisquer jogadores de qualquer time. Seria como se você fosse o Dunda e pudesse convocar qualquer jogador que quisesse. Só que os outros jogadores da Liga podem fazer o mesmo.
Como participo? R - Primeiro deve-se acessar um Servidor de Fantasy ( iremos usar para esta Liga o www.fleaflicker.com ). Caso queira entrar na nossa Liga, clique aqui: http://www.fleaflicker.com/showLeague.do?leagueId=67573. Uma vez cadastrado, escolha qual divisão irá ficar ( temos 4 posições ) e fique por dentro do dia do Draft.
Dratf? Igual ao da NFL? R - Sim, exatamente igual, exceto por um detalhe: não se draftam só Rookies e sim os jogadores já existentes na NFL. Qualquer jogador pode ser draftado. Existem os rounds, normalmente 13 ou 14, e existe uma regra: em um round sobe ( do 1° ao 14° ) no outro desce ( do 14° ao 1° ) até que todas as posições sejam preenchidas.
Escolhemos jogadores de defesa e de ataque? R - Existem ligas que colocam a defesa como um conjunto, ou seja, ao escolher por exemplo a do Miami, o trabalho de todos os jogadores irão contar pro resultado maior, e por isso, quão melhor for a defesa, maior a pontuação. A nossa Liga é assim. Por isso, pegar defesas como Steelers, Ravens e Patriots é importante. Tentando ser mais didático, se em um jogo uma defesa sofre 10 pontos e não leva muitas jardas, a pontuação desta pro Fantasy será alta. Se ao contrário, levar 40 pontos e 500 jardas, ficará devendo pontos. Quanto aos ataques, a pontuação é individualizada, ou seja, depende do desempenho de cada atleta. Existem pontuadores natos, como Peyton Manning e Tom Brady e os eventuais como alguns Running Backs, que em alguns jogos explodem, mas em outros voltam a serem nada...
Ficou curioso? Quer saber mais? Amanhã eu continuo falando mais sobre Fantasy...