sexta-feira, 24 de julho de 2009

Corrida dentro do Elenco: Tight End

Agora falarei dos Tight Ends, os homens que funções tanto de proteger o QB e abrir espaços pras corridas dos Running Backs quanto de receber passes em situações delicadas.
  • Certeza no elenco: Anthony Fasano
Porquê: Foi o melhor TE do Miami em anos e foi o segundo melhor da Liga em termos de TDs ( sete ). Ele é Starter e deverá ficar no time por ano a fio.

  • Correm por fora, com vantagem: David Martin e David Nalbonne
Porquê: Um é altamente experiente e confiável. O Outro é jovem e promissor, apesar de totalmente desconhecido em sua carreira no College. Mas devem ficar no elenco, com o primeiro sendo destaque e o segundo ganhando experiência para substituir justamente o companheiro de time.

  • Correm por fora, mas com poucas chances: Joey Haynos e Ernest Wilford
Porquê: Sim, acreditem, Wilford está treinando até como TE!!! Pois é, mas aqui ele deve dançar também. E o bom Haynos idem. Nâo vejo como eles podem quebrar a barreira e ficarem no time, sendo que raramente um time fica com mais do que 3 TEs no elenco.

  • Quase sem chances: Jared Bronson
Porquê: Alguém conhece ele?? Eu não...

  • Resumo da ópera: Temos um conjunto de razoável pra bom de TEs. Falo de conjunto, pois temos uma estrela em ascenção dentro da Liga e que pode render mais ( e de forma regular ) em Fasano. Temos um cara experiente e que jogou por ano ao lado de Brett Favre ( Martin ) e temos uma aposta de Bill Parcells que pode até dar certo ( Nalbonne ). Todos os outros, pra mim, correm pra tentar desbancar o David Martin e mesmo assim só se forem espetaculares na Trainning Camp, porque pra mim Fasano e Nalbonne são certos para 2009. Senão, pra que assinar por 4 anos com o Rookie de 5° Round??

Sean Smith assinou contrato... e por pouco?

Segurança e qualidade. As duas maiores qualidades de Smith, agora estão ao serviço de nossa Secundária... que consigamos melhorar bastante no setor, já que fomos a 25ª pior em 2008...

Sean Smith é definitivamente um Phinático. Ontem ele assinou contrato por 4 anos e com valores absurdamente baixos, dado o seu potencial de pré-draft e o seu desempenho nos treinamentos até aqui, com muitos vendo a possibilidade dele bater Will Allen ( sim, o melhor CB do elenco ) na briga pela posição de Starter.

Por que eu achei baixos os valores ( a saber: 3,1mi por 4 anos, com 1,36mi garantidos )? Por que notícias davam conta de que ele queria ( a agora podemos dizer que apenas queria ) ganhar perto dos valores de Davis. Isso deve ter sido uma tática do Agente dele pra ganhar um contrato melhor, mas ao que parece, não surtiu efeito. Mas se ele virar Starter em 2009, deverá fazer hold-out em 2010 ou ganhar uma re-estruturação contratual.

Em todo caso, o importante é que ele é um Phinático. Aguardemos os contratos de Vontae Davis ( 1° round ), Pat White ( 2° round A ) e Chris Clemons ( 5° round B ). Aliás eu nem faço idéia porque Clemons ainda não tenha assinado: precisamos de Depth pra posição, ele é razoável e foi bem em seus treinos...

quarta-feira, 22 de julho de 2009

Corrida dentro do Elenco: Wide Receiver

Como dito, começarei pelos nossos recebedores que precisam render mais em 2009, e temos novas peças que, espero eu, possam ser respostas as nossas necessidades.
  • Certeza de vermos no elenco - Ted Ginn Jr, Davone Bess e Greg Camarillo
Porquê: Este três nomes são praticamente certos, afinal quem mandaria embora os três melhores Wide Receivers do ano passado? Com certeza Bill Parcells não faria isso... Em ordem de preferência, pra mim seria Camarillo, Bess e TGJ...
  • Correm por fora, mas com vantagem - Patrick Turner e Brian Hartline

Porquê: Aqui a aposta é baseada nos recentes contratos assinados por esses dois rookies ( ambos por 4 temporadas ), não exatamente por desempenho já comprovado. Turner demonstrou que pode vir a ser, e rapidamente até, o nosso Possession Receiver, uma das maiores lacunas do elenco. Já Hartline mostrou-se tenso nos treinos e errou bastante, mas isso não o impediu de conseguir um bom contrato ( para um quarto round pick ). Em tese, eles ficarão no elenco. A menos que sejam desastres nas Trainning Camps.

  • Correm por fora, mas chances pequenas - Brandon London, Anthony Armstrong e Ernest Wilford

Porquê: London apareceu bem no fim da temporada passada, porém eu acredito que isso deva-se mais ao fato da carência do setor e a contusão de Camarillo, do que mesmo por uma grande qualidade individual. Armstrong conseguiu um destaque até razoável nos retornos, mas não creio que iremos manter um Wide Receiver retornador e que só faça isso. Para isso já basta o TGJ. E Wilford, bom... este ao que parece, já é o grande erro da era Parcells. E só com um milagre poderia ficar no elenco. Até como TE tem treinado, mas por lá, a concorrência também é forte.

  • Quase sem chances - Brennan Marion e Chris Williams

Porquê: São os UDFA ( undrafted free agents ) que chegam às TCs querendo um lugar ao sol. Só que este SOL em Miami é mais árduo do que em outros anos. Não nos esqueçamos que em 2008 um tal de Davone Bess chegou nesta condição e agora está certo pra 2009. Então sonhar não custa nada. E é o que resta a estes bravos lutadores...

  • Resuma da Ópera - Se tivermos 6 Wide Receivers em 2009, o elenco ficaria assim em minha opinião: Camarillo, Bess, TGJ, Turner, Hartline e Wilford. Ernest Wilford entraria não pela qualidade, mas pela aposta feita nele e para que ele possa ter outro ano para provar o que pode. Se forem 5, ele dança da lista e/ou seria movido pra TE. Não vejo como London e Armstrong possam quebrar a barreira e fugir de uma vaga na Pratice Squad. Quanto aos UDFA, resta sonhar em ser o Bess 2.0 ou 2009...

Amanhã, eu falo sobre os Tigth Ends...

Resultados da Enquete do ataque

Resultado final da Enquete, sobre os melhores do ataque:

Total de votos: 33

Chad Pennington 29 (87%)
Ronnie Brown 26 (78%)
Jake Long 20 (60%)

Ted Ginn Jr. 7 (21%)
Anthony Fasano 5 (15%)
Greg Camarillo 4 (12%)
Patrick Turner 3 (9%)
Davone Bass 1 (3%)
Ricky Williams 0 (0%)
Vernon Carey 0 (0%)
Chad Henne 0 (0%)


OBS: A porcentagem supera os 100% por motivos óbvios, já que são três votos por pessoa.

Análise

Nas três primeiras posições nenhuma surpresa, afinal Chad-P foi foi o QB de melhor desempenho desde Dan Marino, R-Brown é de fato o nosso playmaker de ataque e Jake Long é "apenas" o primeiro first overall pick a ir pro Pro-Bowl em quase 40 anos!!! Mas eu fiquei surpreso com a fato de que nem mesmo Chad-P é unanimidade dentre os phináticos...

Nas outras posições surpreendeu-me o fato de o ( até aqui ) apático TGJ ter superado o destaque de 2008, o TE Anthony Fasano, que foi decisivo mais que o "famoso WR de Cam Cameron", mas ok. Camarillo ter ficado atrás dos dois também não é do meu agrado, mas como ele volta de contusão, também é aceitável. Patrick Turner é quem de fato está com moral: bateu Bess ( a grata surpresa de 2008 ) e fugiu, e bem, da lanterna. Sem votos Chad-H - que praticamente não jogou ainda, Vernon Carey - que merecia ao menos um voto por seu desempenho desde que foi Draftado ( mas com a presença de Long perdeu o posto de melhor homem da OL e isso pesou contra ele ) - e Ricky Williams, que poderia ser Starter em umas 5 ou 6 franquias da Liga, mas que o seu problema é o mesmo de Carey, ou seja, a concorrência.

E já tem a da defesa para vocês votarem...

terça-feira, 21 de julho de 2009

Dois toques: Novos Donos Famosos e Trainning Camp chegando...

O dono do Miami Dolphins, Stephen Ross, vendeu mais uma ( pequena ) parte do controle do time, desta vez para o cantor/compositor Marc Anthony. Que é, como vocês podem ver pelas fotos, marido de Jennifer Lopez, uma das mais belas ( e talentosas ) atrizes de Hollywood. Ao que parece, a idéia de atrair o público latino segue em alta ( Lopez é descendente de mexicanos ), e Marc é um cantor com fluência entre este público.

Abaixo uma sequência de fotos ( duas de hoje e uma da apresentação quando Glória Estefan virou dona minoritária também ):

O Pats tem Giselle? Nós temos a belíssima J-Lo!!!!

Com camisa personalizada e tudo mais... caso não tenham sacado, 24 é também a camisa de Vontae Davis...

Glória Estefan e seu marido Emílio, também já eram sócios minoritários...

As Trainning Camps começam na semana que vem e, lógico, todos estão sem aguentar essa demora, que parece não ter fim. Mas quais são os pontos problemáticos nestas TCs?? Irei a partir de amanhã, mostrar quais são os nossos maiores problemas e quais são os mais insoluvéis. Para começar, como não poderia deixar de ser, são os Wide Receivers. E dia 31 tem o aniversário de 2 anos...