sábado, 29 de agosto de 2009

500 vezes Undefeat Team...

Este post que agora faço é o de número 500 da história do Blog. E vem em uma boa fase do time com 3-0 na pre-season e sem, até agora, nenhuma contusão. Que continue assim até o fim da Temporada.
Vamos a uma atualização rápida:
  • Mais quatro jogadores foram cortados hoje: Anthony Armstrong, Connor Barth, Louis Ellis e Joe Kowalewski. Destes a única surpresa é mesmo Armstrong. Kowalewski até fez um TD, mas o nosso FB é Lousaka Polite.
  • A atuação de Chad Henne deixou péssimas impressões e gelou a espinha de muita gente ( a minha inclusa ). Será mesmo que ele poderá ser o nosso FQB? Não garanto mais nada, posso assegurar...
  • Dan Carpenter está, como sempre esteve ao meu ver, garantido na posição de Kicker. Ele que é um UDFA e veio da Universidade de Montana, tem tudo para ficar anos a fio em Miami...

sexta-feira, 28 de agosto de 2009

Dolphins 10 x 6 Buccanneers

Os problemas normais do dia-a-dia nos meus trabalhos ( além de Funcionário da Prefeitura de Salgueiro, sou radialista - esportivo é claro - e agora estou dando aula em duas escolas!! ) estão me deixando, obviamente, sem tempo. Sendo assim, mais um vez, não pude fazer o post de prévia do jogo de ontem contra o Buccs e nem "como anda". Espero poder ter tempo pra fazer isso durante a temporada, mas o Blog tem dois novos colaboradores que, dentro do tempo dele, poderão ajudar. Sem mais delongas, vamos ao que de bom, e também de ruim, aconteceu ontem no Raymond James, estádio do último Super Bowl:
Os nossos Running Backs, não foram bem - de novo. Isso começa a me preocupar: será que a OL está boa na proteção do QB, mas falha na abertura de espaços? Ricky Williams, o batalhador, segue o mesmo de sempre: tentando na marra conseguir suas jardas...


Ted Ginn Jr segue na sua: recebe passes ( na verdade, ontem foi apenas 1, mas para ótimas 19 jardas ), consegue retornos razoáveis. Mas carece de algo mais... Será que teremos isto no jogo contra o Falcons na abertura da temporada? Tomara...

Quantas coisa ouvimos sobre ele? Que é "joelho de cristal", que não tem "braço" para bolas longas, etc... Pois ontem levou algumas duras pancadas, e seguiu firme e conectou uma bomba de 54 jardas, sem Wild Cat, para Brian Hartline, que se fosse mais rápido poderia ter marcado o TD. Este é o nosso QB...

Anthony Fasano marcou o TD da vitória. E em um lance em que Pennington fugiu de vários sacks. Vencer é bom, em pre-season tem pouca importância, mas vencemos. E estamos com 3-0...

Nossos corredores foram, mas a nossa defesa contra as corridas idem. Cadillac Williams correu como quis pelo meio de nossa defesa. De positivo conseguimos 4 sacks contra os QBs do Buccs. Mas 3 foram em Luck McCown. Será problema de família??

quinta-feira, 27 de agosto de 2009

Sobe e Desce - Pré-Temporada

Um rápido sobe e desce na temporada. Citarei aqueles que ficaram acima ou abaixo das expectativas. Não incluo o White, porque o considero um caso a parte, já que ele é Rookie, e nenhum dos citado é Rookie. Pelo mesmo motivo não entram entre os que estão subindo Sean Smith, Vontae Davis e cia.

SUBINDO...


Lex Hilliard - Montana , RB, Sophomore. Se tem um jogador que causou um impacto positivo neste ano, seu nome é Lex Hilliard. Do nada, já que nem na Pratice Squad figurou em 2008, ele está tendo boas atuações e agradando desde as OTAs. Não sei se ele ficará no elenco, é provável que não, mas que ele subiu de elevar inúmeros degraus, isso é inegável.


Donald Thomas - Connecticut, RG, Sophomore. Ok, ele foi destaque positivo ano passado a ganhar a vaga de RG no começo das Trainning Camps. FATO. Mas a sua contusão e bom desempenho da OL em 2008 sem a sua presença, deixaram algumas dúvidas. Esta agora não existem mais. Ele é um RG nato e deverá ter sua condição de Starter revalidade. E ,caso se mantenha saudável, deverá sê-lo pela temporada inteira.


Quentin Moses - Geórgia, LB, Terceira temporada. Este quase desconhecido Linebacker, está em Miami desde 2007, quando foi Draftado e dispensado pelo Cardinals, e até o início desta Pre-season acho que quase ninguém sabia de sua existência. Pois bem, eis que agora, com atuações seguras e, claro, surpreendentes tem chamado a atenção de todos. Tony Sparano mesmo disse: "ele é um jogador no qual tenho prestado muita atenção. Acho que ele está fazendo um belo trabalho nesta TC". Se Tony Sparano disse, quem sou eu pra ir contra?

DESCENDO

Anthony Armstrong - West Texas A&M, WR, Sophomore. Existia uma expectativa de evolução da parte de Armstrong, algo que infelizmente não aconteceu. Ele poderá até ficar no elenco do time para a temporada, mas é algo que não deverá acontecer. Até pelo melhora da qualidade dos concorrentes ( sobretudo Turner e Hartline ).

Joey Haynos - Maryland, TE, Sophomore. Esta foto acima é o grande momento da carreira de Haynos, que acabou valendo a vitória - confirmada só no final com um sack do xará dele, Joey Porter - e por conseguinte a classificação para Pós-Temporada. No entanto sua vida em 2009 não anda nada fácil. Além de ter um rookie que está mostrando serviço ( John Nalbonne ) ele está se recuperando de contusão sofrida na off-season, o que o prejudica duplamente. Não deveremos vê-lo na temporada, talvez até fique na Pratice Squad.

Phillip Merling - Clemson, DE, Sophomore. Este é uma decepção e tanto. A foto acima é emblemática - até mais uma volta de Favre, pois era o lance da aposentadoria do "grande" Favre. Mas... assim como a volta do QB "incansável", tivemos uma queda de Merling, que tinha tudo para ser Starter em 2009, após a saída de Holliday, mas eis que Randy Starks destaca-se e parece ter ganho a posição. Ainda faltam mais duas partidas, mas que é decepcionante ver um jogador com o grau de expectativa dele ser reserva, é inegável...

terça-feira, 25 de agosto de 2009

E o Pat White??

Pat White em ação...
Você não está ficando louco. É que tanto eu quanto o Rafael Nóbrega procuramos por uma foto do Pat White em ação nos dois jogos do Dolphins até aqui na pre-season e não achamos. A melhor saída foi esta: uma foto do Madden 2010...

Pedi ao meu amigo Rafael Nóbrega, torcedor do San Diego Chargers e do Corinthians, que fizesse uma análise da situação atual de Pat White. Fiz isso para mostrar uma opinião isenta sobre ele, sem que fosse de um phinático. Recebi críticas a respeito da maneira como o tenho tratado e este post serve para demonstrar outras opiniões. Não fiz qualquer ressalva ao texto e nem cortei nada, aliás pra ser sincero, nem o li antes de postá-lo. Com vocês, como anda Pat White até aqui, segundo o Rafa Chargers:


O 2nd rounder Pat White chegou em Miami com uma função principal, fortalecer a wildcat offense que foi a grande novidade do time em 2008 e deu muito certo. Entretanto, já nos Training Camps foi possível ver que White não estava numa condição tão boa quanto à esperada. Nos dois primeiros jogos da preseason, White também decepcionou com 4 passes completados de 10 tentativas, 18 jardas e uma interceptação. Assim, ele deve ser o Terceiro Quarterback no Depth da equipe e suas principais aparições poderão ser no esquema Wildcat se ele se mostrar adaptado ao esquema. Obviamente, ainda é cedo para caracterizá-lo como bust, pois White não fez jogos oficiais ainda e pode ser, ainda, um grande jogador na NFL.

segunda-feira, 24 de agosto de 2009

Segunda é dia de Vassoura...

Esta imagem é histórica: foi da segunda partida como Phinático de Ernest Wilford, contra o Arizona Cardinals. Aqui ele ainda era a "estrela"... hoje, é um BUST!!!

E a de hoje foi gorda. Ernest Wilford oficialmente não é mais jogador do Miami Dolphins. Até que demorou, deu-se a ele tempo que não foi dado a outros jogadores, como Eric Green. Mas o fato é que ele é o maior bust até aqui da Era Parcells.

Além da saída de Wilford, que chegara para ser a "estrela" de um péssimo setor de recebedores, tivemos a troca de dois back-ups OLs com o Kansas City Chiefs: Andy Alleman e Ike Ndukwe por uma escolha não informada. Se for por uma sétima escolha já será lucro, pois os dois deveriam ser cortados, então é um grande negócio. Ndukwe ajudou bastante ano passado quando ficamos sem Donald Thomas e sem Justin Smiley. Mas com o avanço de qualidade, ficou sem espaço no elenco. Já Andy Alleman não tenho o que dizer, pois praticamente não o vi jogar.

A vassourada completa:
  • Ernest Wilford WR, 30 anos, 5 temporadas na NFL. Em 2008, 3 passes recebidos para impressionantes 7 jardas!!!. Libera 4.5mi em nosso Cap, mesmo que seu corte resulte em Hip Cap ( multa ). Mas pela sua produção é alto lucro.
  • Anthony Kimble RB, 24 anos, Rookie ( UDFA ). Não tenho comentário a respeito dele.
  • Orion Martin LB, 23 anos, Rookie ( UDFA ). O mesmo que para Kimble.
  • Tearrius George LB, 26 anos, 0 temporada. Este então é que nunca ouvi falar mesmo.
  • Joe Cohen NT, 25 anos, 0 temporada. Foi draftado no quarto round pelo Niners em 2007. Seu grande feito.
  • Chris Williams WR, 23 anos, Rookie ( UDFA ). Este apareceu até bem em retornos nas OTAs e nas Rookie Mini-Camp, mas o fumble de sábado a noite foi determinante neste corte a meu ver...

O elenco vai se formando aos poucos. E com qualidade, pois tem duas peças com qualidade que foram cortadas hoje...

Mais análises do elenco...

Yeremiah Bell, nosso melhor Safety em 2008, está tendo boas atuações ao lado de Gibril Wilson , mostrando entendimento bom entre os dois. Mas tem um probleminha: os TEs estão recebendo passes, e os de Jaguars e Panthers não fazem exatamente parte da elite da NFL...


Reproduzo aqui, comentários do Blog ThePhinsider, parceiro nosso lá dos EUA, de onde tiro notícias e matérias, sempre dando o crédito merecido. Vamos aos pontos:
  • Todos esperavam que Chris Williams pudesse fazer parte do elenco, mas após seu erro no jogo de sábado, ele provavelmente só conseguirá ficar na Pratice Squad;
  • Lex Hilliard mostrou seu valor na partida frente ao Panthers. No entanto a concorrência é forte demais, e não creio que teremos 4 Running Backs entre os 53 homens da temporada. Buscar um lugar entre os especialistas, contudo, pode ser uma alternativa.
  • Alguém ainda duvidava da forma de Ronnie Brown? A atuação destacada do sábado deve ser suficiente para dissipá-las. A finta dele pra cima de Gramble, foi perfeita...
  • Pass-rush é essencial para uma equipe vencedora. E até nesta pré-temporada estamos bem demais neste quesito. E não é só com os velhos conhecidos ( Porter, Crowder e Taylor ), mas também com pessoas até então desconhecidas, sobretudo com Cameron Wake.
  • Impressionou a atuação dos Safeties da Equipe, mas contra o TEs adversários, eles não brilharam. Tanto Yeremiah Bell quanto Gibril Wilson permitiram espaço e recepções para os TEs, pouco brilhantes diga-se, de Jaguars e Panthers. Perigo para quem enfrentará Dallas Clark, Tony Gonzalez e Antonio Gates?
  • Entre os Kickers, o sophomore de Montana, Dan Canpenter está melhor que seu rival Connor Barth, pois tem acertado chutes mais longos, com mais precisão e nos Kick-offs tem uma média de 68 contra 62. Alguma novidade nisso? Ele foi o melhor Rookie da safra de 2008...
  • Brandon Fields não é o meu Punter dos sonhos, nem do autor do Phinsider. Mas ele está se saindo um pouco melhor, mas mesmo assim, chutes com menos de 50 jardas são um problema...
  • Anthony Armstrong está quase cortado. Após mais uma atuação apagada, até no Special Team, ele deverá ficar de fora já da próxima partida do Dolphins pela Pre-Season;
  • 3ª descidas são um fator determinante entre um time vencedor e um mediano. Se olharmos o nosso desempenho ofensivo neste quesito ( 42% ) estamos precisando melhorar, onde o ideal é algo em torno de 60%. Mas se focarmos a mesma estatística pelo olhar de nossa defesa, ficaremos estupefatos: 18%, ou algo como duas cessões de avanços em cada 10 tentativas. As melhores defesas da Liga, Ravens e Steelers, conseguiram ano passado algo abaixo de 30%. Isto é ótimo!!!
  • A nossa OL deu mais uma vez mostras de seu valor. Donald Thomas foi o destaque ao conseguir abrir espaços para as corridas de Brown e ao não permitir pressão em cima de Chad Pennington. É claro que a Linha Defensiva do Panthers não tem a mesma qualidade da do Jaguars, mas é animador ver o setor evoluindo a olhos vistos.

Amanhã, a continuão do "olhar sobre o elenco", focando a defesa.

domingo, 23 de agosto de 2009

Alguns pontos sobre esta Pre-Season...

Estamos no meio da Pré-Temporada, e amanhã deveremos ter uma outra vassoura no elenco, então é momento de fazer uma análise mais detalhada sobre o elenco. Começando pelo ataque e seus destaques, positivos ( e negativos também, é claro ):
  • Entre os Quarterbacks era claro desde o início quem seria o Starter. E isso não se alterou, em nada, com os dois jogos da pré-temporada. No entanto o desempenho de Pat White suscita dúvidas: estaria o Miami escondendo o jogo ( fruto de treinos secretos ) ou ele realmente não consegue acertar passes e fazer o ataque andar? Ok, ele está com mais de 6 jardas de média por corrida, o que é uma marca pra lá de interessante, mas que - é verdade - foi conseguida contra os segundos, às vezes, terceiros times, então até isso tem que ser relativizado. Chad Henne mostrou uma boa evolução, parece mais seguro e se necessário, tomara que não, poderá comandar decentemente o ataque. Claro que não falo de manter o nível, quis dizer conduzir sem ser um desastre.
  • Já entre os corredores vale o mesmo para os Quarterbacks: as posições eram conhecidas antes e se mantiveram até aqui. Ronnie Brown mostrou-se em forma e recebendo mais passes do o costume. Ricky Williams mostra que a idade não lhe privou de seu melhor jogo e Patrick Cobbs está melhor a olhos vistos. No entanto existe uma boa briga entre os Sophomores Jallen Parmelle e Lex Hilliard, onde até aqui está 1x1: contra o Jaguars o "Parmalat" se saiu melhor, mas ontem foi a vez de Hilliard. Como não deveremos ter 4 RBs no elenco, a briga é para saber quem ficará no Pratice Squad.
  • Como é bom dizer: temos um bom conjunto de Recebedores. Quem conhece a mais tempo o Blog sabe como não nutria "grandes sentimentos" quanto ao setor. Mas agora o time parece ter acertado a mão e temos um grupo jovem e talentoso, quase na mesma medida. TGJ parece mais "evoluído", Bess já é uma realidade, Camarillo está recuperado da lesão. Entre os "novos" Patrick Turner encaixou-se em uma lacuna do elenco ( falta de um alvo alto ) e já é bem usado pelos QBs. Brian Hartline é ágil e esperto, mas carece de mais desenvolvimento, mas deverá ficar no elenco pra temporada, ao que parece. Sobraria então uma vaga e esta é disputada a "tapa": Brandon London, Anthony Armstrong, Chris Williams e Ernest Wilford estão de olho nela. Até aqui eu não tenho nem palpite. Mas o TD de Wilford pode pender a disputa pro lado dele.
  • Entre os TEs, temos uma certeza que vem sendo pouco usado ( Fasano ), um veterano eficiente ( Martin ) e 3 jogadores desperados pela vaga restante: Wilford que tem jogado até que bem, Haynos que parece resignado com o provável corte e o rookie Nalbonne, favorito pela vaga. Hoje, seria ele a formar com os dois certos no elenco.
  • E os lenhadores da OL? Temos a rigor uma vaga aberta no time titular ( RG ) onde dois Sophomores a disputam: Shawn Murphy e Donald Thomas. Pelo jogo de ontem, Thomas deve ter ganho a batalha. Vernon Carey, Justin Smiley, Jake Grove e Jake Long são os outros titulares. Andrew Gardner, Joe Berger e Ike Ndukwe devem ser os outros escolhidos. E o desempenho até aqui? Ótimo.

De um modo geral, o ataque evoluiu: o jogo corrido parece fluir melhor, temos novos alvos e a OL protege melhor os nossos QBs. Que assim seja, e continue...

Grande Rubinho!!!!

Não, o Undefeat Team não passou a ser um Blog sobre F1. Mas é que o feito de Rubens Barrichello é tão grande, que decidi prestar-lhe uma singela homenagem: ele é o dono da 100ª vitória do Brasil na categoria máxima do automobilismo. Grande Barrica, sem um erro sequer...

Panthers 17 x 27 Dolphins: um pouco mais sobre o jogo...

No que estaria pensando o verdadeiro COY 2008? Na boa dor de cabeça que tem em algumas posições ( Wide Receivers, Front Seven e na Secundária ) ou porque draftou Pat White e ainda como fazê-lo acertar passes?

Líder, mas humilde. Chad Pennington ouve atentamente conselhos do Hall of Fammer Bob Griese, campeão invicto em 1972. Parece ter aprendido algo de novo...

Ou ao menos ter se inspirado no imortal Griese para ter uma ótima atuação ( 8/11 nos passes, 105 jardas e um Touchdown, conectado com Ronnie Brown ) e sair de campo com o time vencendo o jogo. Ai veio o Pat White e... deixa pra lá...

Mas no segundo tempo o seu xará, Chad Henne, entrou e comandou muito bem o ataque, marcando 17 pontos e tentando controlar o tempo da melhor maneira possível. Parece estar no cerne do nome o talento...

Fazendo uma análise do time do Miami Dolphins podemos chegar a conclusões diversas, a saber:
  • Jogo corrido precisa melhorar. Isso era um defeito em 2008 e, ao que parece, não está totalmente resolvido. Mas Flávio, o time conseguiu 140 jardas assim e com uma boa média de 5 jardas por tentativa, como pode ter ido mal? Explico: Cobbs terminou com 56 jardas em 4 tentativas, mas uma delas foram pra 35!! Nas outras 3, 21 jardas, o que ainda é bom, mas uma foi pra 17. Ai é que está o problema: vence-se jogos com pequenos avanços e cruciais. Não com big plays, que não irão acontecer na Temporada Regular com tal frequência. De bom a atuação de Felix Hilliard, que foi bem em seu, provavel, principal teste.
  • Jogo aéreo foi bem, quase perfeito. Não é nenhuma novidade que Pennington acerte quase todos os passes que tente, mas veio de Henne a boa notícia: uma partida ótima, exceção feita a um fumble, recuperado por Joe Berger, Center reserva. No total foram 180 jardas em 20 passes completos pelos 3 QBs em 30 tentados, o que dá uma média de 5,8 por passe tentado. Além de Pennington ( 8/11 e 105 jardas, TD ) e Henne ( 10/16 e 75 jardas, TD ) tivemos o "aguardado e elogiado" Pat White, que pra variar, nada fez, como QB é claro. Ou alguém em sanidade mental dirá que ele foi extraordinário ao conseguir 2/3 e "espetaculare" 4 jardas!!!!??? Sinal vermelho ligado após a segunda péssima atuação dele. Pra não dizer que ele nada fez, ele conseguir 11 jardas em duas corridas.
  • Defesa segue sendo o ponto forte do time. Um dado ilustra bem como a defesa jogou bem: o Panthers esteve 11 vezes em situação de terceira descida. Só conseguiu completar 2 destas 11, ou seja, 18% de eficiência. Ponto alto pra defesa. Mesmo que o Panthers tenha marcado dois TD e um FG, isso é uma boa atuação. Não custa lembrar que fizemos 10-0 em 2008, quando a defesa limitou o adversário a menos de 20 pontos, caso de hoje. E de segunda também.
  • Alguns reservas começam a se destacar. Cameron Wake, Quentin Moses, Patrick Cobbs, Patrick Turner e Lionel Dotson ( 1 fumble forçado e 1 sack ) mostraram, alguns pela segunda vez, serviço, e devem ter conseguido ( todos os citados ) cavarem seus lugares no time. Destaque positivo para Wake que nos treinos não aparecia, mas em jogo está se dando bem. Como diria o saudoso Valdir Pereira ( o Mestre Didi ): treino é treino e jogo é jogo.
Gostei do que vi e ( mantenho o ) projeto que a temporada será boa, afinal o adversário de hoje, ao contrário do anterior, é altamente qualificado. Agora é esperar que na estrada, os dois próximos jogos serão fora de casa, tragam mais avanços e evoluções em nosso time. Até aqui, estou com mais otimismo que antes. Que continuemos assim, apesar dos olhares gordos por ai...