sexta-feira, 6 de agosto de 2010

Prévia dos 53 da Temporada - Parte I

Quero inicialmente dizer, que esta lista não é minha, pois não tenho como fazer uma pelo simples fato de não poder acompanhar diretamente os acontecimentos no Centro de Treinamento em Davie. A lista é do Blogueiro do ThePhinsider.com e eu apenas a adapto para melhor entendimento de vocês.

Segundo quero explicar como funciona a NFL. Os times podem ter um máximo de 80 jogadores contratados antes do começo das Trainning Camps. Alguns atletas ( na maioria os UDFA´s ) recebem salários por apenas um mês ou menos, para poderem tentar seus lugares no elenco. Em times mais definidos ( Colts, Saints ) raramente eles acham espaço, mas times que estejam em reconstrução ( Lions, Chiefs, Browns ) eles geralmente se saem melhor. Exemplo nosso: D-Bess jamais teria chances no time atual, mas ao pegar o processo de reconstrução de Parcells/Sparano, cavou seu lugar.

Terceiro que a lista a seguir, é um olhar sobre o elenco e uma projeção ancorada nesta primeira semana de treinos, e não uma visão definitiva. Claro que 60% dos nomes citados, irão para a temporada, mas existem algumas dúvidas: 5 CBs ou 6 Wrs? 4 Rbs + 1 Fb ou levar mais um TE? Sendo assim, em cada setor, teremos os garantidos e os prováveis.

Posto isto, vamos a posição por posição, o que está rolando:
  • Quarterbacks: Chad Henne, Chad Pennington e Tyler Thigpen. Bom aqui, nenhuma dúvida sobre quem será o Starter e quem será o QB 2. A briga é pela terceira posição, devendo a mesma ser decidida apenas na hora do corte final. Por hora, Tyler Thigpen tem se sobresaído contra Pat White. E este, se não ficar aqui, talvez acabe como 6º WR;
  • Runningbacks: Ronnie Brown, Ricky Williams, Patrick Cobbs e Lex Hilliard. Praticamente o mesmo dito para os QBs. Ninguém discute a titularidade de Brown, a segurança de Williams, o comprometimento de Cobbs e a eficiência ( em especiais situações ) de Hilliard. Creio que aqui seja um dos setores já fechados. Não irei criar uma só para os Fullbacks, até porque só temos um no elenco e este Lousaka Polite.
  • Tight Ends: Anthony Fasano, Joey Haynos e John Nalbonne. 2009 não foi um bom ano para os nossos TEs, mas 2010 parece promissor. Fasano parece ter recuperado a forma que tanto foi importante em 2008 e Haynos parece evoluir dentro do esperado. Como é necessário termos 3, Nalbonne talvez acabe ficando com uma vaguinha. Mais por falta de competidores do que por merecimento, diga-se;
  • Wide Receiver #1: Brandon Marshall, Greg Camarillo e Patrick Turner. Pouco a dizer, a não ser que como é bom falar: temos, enfim, um matador. De verdade, não matador de raiva. Na reserva Camarillo tem tudo para fazer bonito, como tem feito desde que chegou no time e Turner tem feito por merecer sua vaga. Setor, ao meu ver, fechadíssimo;
  • Wide Receiver #2: Brian Hartline, Davone Bess. Assim como para a posição, aqui sem surpresas. Hartline será o WR oposto a Marshall e trombará sempre como o CB menos forte do rival, o que irá/deverá potencializar o seu jogo. Bess não será reserva de Hartline, e sim o nosso Slot Receiver. Para quem não sabe o que vem a ser isso, basta dizer que é como joga Wes Welker no Pats;
  • Offensive Tackles: Jake Long(LT), Vernon Carey(RT) e Nate Garner. Aqui, sem surpresas e sem maiores comentários;
  • Offensive Guards: Donald Thomas(LG), Cory Procter(LG), John Jerry(RG) e Richie Incognito(RG). 3 novos jogadores geralmente não é uma boa, mas neste caso, podemos dizer, com segurança, que a mudança foi pra melhor. Sem Smiley ( caro e machucado a 3x4 ), ganhamos força, segurança e juventude. Ao meu ver, uma das melhores escolhas do Draft foi a de John Jerry, e sei que critiquei, mas agora faz sentido. A mudança de Thomas para a esquerda pode dar certo, e temos boa cobertura para os starters. Só tem um porém: será que Incognito não é a maçã podre?;
  • Defensive End: Kendall Langford, Jared Odrick, Tony McDaniel, Charles Grant, Ryan Baker, Mark Douglas. Juventude nos titulares e experiência nos reservas. Assim posso resumir os nomes que temos para a posição de DE, que em um sistema 3-4 fazem as vezes de DT misturado com LB. E temos qualidade e profundidade na posição. Estamos bem servidos e dos que correm risco de corte, eu citaria Mark Douglas. Os outros 5, devem ficar entre os 53;
  • Defensive/Nose Tackle: Randy Starks e Paul Soliai. Acho temerário termos apenas 2 NT para a temporada, tendo em vista que o starter está mudando de posição, o que nunca é fácil. Sendo assim é que vejo que McDaniel esteja seguro entre os 53, mesmo listado como DE: ele é DT de origem. Soliai é um reserva apenas para descansar o titular, não para conduzir a DL. Sentiremos falta da força e liderança de J-Fergunson, mas isso é passado agora;
  • Strongside Linebackers: Koa Misi, Ike Alama-Francis e Quentin Moses. Devo dizer que estou surpreso em ver o nome de Alama-Francis como reserva do rookie Misi, mas é o que o blogueiro dos EUA postou e deve haver algum motivo para isso. A inclusão de Moses aqui deve-se ao fato dele ser um dos melhores jogadores de Special Team do Dolphins. Quanto a Koa Misi creio que não seja necessário tecer qualquer comentário adicional;
  • Inside Linebackers: Karlos Dansby, Channing Crowder e Tim Dobbins. Aqui temos um setor fechado, ainda mais com a recente contusão de A.J. Edds. Dansby e Crowder tem tudo para formar uma dupla explosiva e Dobbins é um reserva decente;
  • Weakside Linebackers: Cameron Wake e Charlie Anderson. Wake é o starter e Anderson um reserva razoável e que contribui bem no ST. Sem mais a dizer;
  • Cornerback #1: Sean Smith, Nolan Carroll e Jason Allen. Acreditem, mas o J-Allen parece que irá ficar mais uma temporada. Fazendo o que eu não sei, sinceramente. Já Carroll por tudo o que tem mostrando até aqui, merece. Sobre Sean Smith, vocês já sabem o suficiente;
  • Cornerback #2: Vontae Davis e Will Allen. W-Allen é o contraponto a juventude de Davis. E isso basta para ele ficar no elenco. O Starter deverá ter uma temporada espetacular. E de preferência sem stiff-arm humilhante...
  • Safeties: Yeremiah Bell, Tyrone Culver, Chris Clemons e Reshad Jones. Os dois primeiros serão os SS e os dois últimos os FS. Bell é o líder do setor e deve ter sua última temporada em altíssimo nível. Culver é seguro e contribui muito no ST. Já os dois jovens Safeties do setor é a maior aposta de Mike Nolan, que nem pensou duas vezes em dispensar o caro ( e pouco produtivo ) Gibril Wilson, pois confia em Clemons. E com a adição de Jones, teremos uma dura disputa.
  • Special Team: Dan Carpenter (K), Brandon Fields (P) e John Denney (LS). o primeiro nem concorrentes tem. O segundo colocou um australiano no bolso e o terceiro quando você ouvir o nome dele em campo, tenha uma certeza: alguma "merda" ele fez. Isso deve-se a uma frase comum em FA: não se vence jogos por causa de um Long Snnaper, mas perde-se. Ele é o cara que faz o snap em punts e nos Field Goals. Peça, acreditem, vital em um time campeão.

Correndo por fora: Lionel Dotson(DT), Pat White(QB), Korry Sperry(RB), Andrew Gardner(OT) e Ryan Grace Mullen(WR)

Nenhum comentário: