sábado, 11 de junho de 2011

Rapidinhas...

Existe, finalmente, uma chance real das partes chegarem a um acordo e por um fim no Lock-out, o que é excelente. Com isso, se tudo correr dentro do esperado, na semana do São João podemos ter a abertura da Free Agency Period e vermos a temporada começar pra valer. Sendo assim, trago duas questões relevantes sobre FAs que estão "sobrando" dentro do elenco: Ricky Williams e Benny Sapp.

Uma lenda. Assim eu defino Ricky Williams. Cometeu seu erros, deixou-nos por 3 anos sem poder contar com seu espetacular talento, mas voltou em alto estilo em 2008 e em 2009 se tornou o 7° jogador a correr 1000 ou mais jardas aos 33 anos ou mais. Contudo o seu 2010 foi bem abaixo disso ( mas o ataque inteiro foi ) e ainda foi infeliz ao "rifar" Tony Sparano, acreditando ( creio eu ) que o mesmo seria demitido. Só que Sparano renovou e agora ele está por baixo. Sendo assim, vem a questão importante: vale a pena renovar com ele, deixando com que ele termine sua carreira no time onde mais brilhou? O próprio disse essa semana que adoraria ficar, vencer um Super Bowl e terminar a carreira na Flórida. Vale a pena?


O time precisa de um Cornerback para jogar de Nickel. Isso todos sabem, mas este pode ser Benny Sapp? Eu acho que não. Mas então ele é descartável no time? Nem sim e nem não. Com uma dupla ótima de CBs ( Davis e Smith ) um jogador mais experiente e perto do ápice é uma boa. Mas seria essa a situação de Sapp? Eu prefiro crer que o Miami vá atrás de Aso, e partindo deste princípio Sapp seria amplamente descartável. Mas se Aso não vier...

Justificar
A caixa de comentários é toda de vocês. Participem do debate...

Esposa de Brandon Marshall é presa...

Parece ou não um casal feliz? Pois é, não eram...

A esposa de Brandon Marshall foi presa nesta sexta-feira. O motivo? Nenhum dos dois podem ficar a menos de 500m um do outro. E Michi Nogami ( que conheceu Marshall em uma das idas ao Pro-Bowl, no Hawaii ) foi a casa em que os dois moravam enquanto Marshall tinha viajado ( destino ignorado ). Quando o mesmo chegou teria começado uma briga e alguém ligou para o 911. Está claro que ambos não querem cooperar com a Justiça dos EUA. E detalhe: Marshall - pelo somatório dos fatos - pode acabar sendo punido pela Liga, e perder bônus em salário. Seria bom pros cofres da organização, mas é claro péssimo pra equipe em campo.