terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

Rams decide trocar a sua pick no Draft. Vale a pena?


Segundo fontes ( e quentes ) da ESPN o Saint Louis Rams está aberto a ouvir propostas de times que qieiram fazer Trade-Up. O preço para isso? Duas escolhas de primeiro round ( uma em 2013 ) e mais uma ou duas escolhas neste draft. Como o time tem o QB Sam Bradford náo faz sentido pegar o BPA que está disponível ( o cara das fotos acima ) e o time tenta assim acumular picks e montar o time via Draft. Além disso a equipe já teria conversas adiantadas com Cleveland Browns, Washington Redskins e ( ohh!!! ) Miami Dolphins.

Ai vem o que nos interessa e começo pelo mais importante: só o fato de nosso Front Office ter iniciado conversas já é um feito e tanto. Mas valeria a pena prejudicar nosso Draft ( além de ficarmos sem pick de terceiro ou quarto round este ano ) de 2013? A resposta dessa pergunta depende se conseguiremos ou não assinar com Peyton Manning. Se ele vier, não faria sentido, se não vier seria algo a se pensar. E que conste que eu não acho que RGIII seja tudo isso que pintam, afinal ele tem duas maldições básicas: nunca ( que eu saiba ao menos ) um QB vencedor de Heisman venceu um Super Bowl e apenas um QB negro  venceu o "grande jogo".

Poderia ele ser o primeiro a quebrar essas duas maldições? Sim, claro que pode. Mas o custo seria alto para tê-lo em Miami. E acho que podemos usar as picks de melhor maneira. 

6 comentários:

Pedro Braga disse...

Foi o que tu falou, se Peyton vier, não faz nenhuma sentido a gente trocar, mas se não vir, acho que valeria MUITO a pena. Pq pior que ta, nao pode ficar, não vi nenhum jogo do RGIII no College, mas acredito que que seja melhor que M. Moore e C. Henne


E sobre a questão do Heisman Trophy, Charles Woodson, venceu o Prêmio no College em 1997, e foi campeão com Packers duas temporaas atrás. E Reggie Bush venceu o prêmio tbm, e foi campeão com os Saints, mas teve que devolver o troféu pq foi acusado de "receber algum por fora"

Luiz Paulo disse...

Com Matt Flynn e Payton Manning na Free Agency não acho que vale a pena ir atras do Grifin!

O Dolphins precisa de um POCKET QB, o nosso roster de RBs é muito bom, e ainda tem o reforço do JM que veio da CFL, lembrando que a principio a função dele é bloquear e proteger o QB, correr se DER.

Não quero ver o efeito "Tebowmania" em Miami, pois todos nós sabemos que se o Tebow não começar a passar a bola nunca vai ganhar o Super Bowl.

Assim como o RGIII tbm não...

bil disse...

só uma correção, Um QB negro ja venceu sim um super bowl, foi o Doug Williams, pelo W.Redskins.

Flávio Vieira disse...

corrigido.

é que são tão poucos, que a gente acaba esquecendo.

Juba Rivas disse...

Eu acho que essa questão do cara ser negro e vencedor de HT não ganhar SB vai mudar. Sempre houve muito preconceito com QB negros. Cam Newton tá ajudando a melhorar a visão sobre eles, Michael Vick depois que virou um passador também. Apesar de acompanhar realmente a NFL há 4 anos apenas, eu nunca vi tantos especialistas falando bem de RGIII. Confesso que quando Dan falou nele a primeira vez na comu dos Dolphins eu olhei assim e falei ruumm... lá vem mais um QB Scrambling, mas zorraa o cara tem precisão no passe, podendo fazer qq lançamento, 20yd, +20yd, +40yd... enfim!!! Como a galera falou ai, se vier um Manning da vida no Free Agency, acho que devemos montar uma equipe que possa protegê-lo melhor. Caso não venha, podemos arriscar em RGIII. Depois de mais de 10 de medíocridade, tá na hora do Miami se mexer. Se der certo EXCELENTE, mas senão der pelo menos não ficamos parados!!!

Dan Pereira disse...

rapido e simples, se não vier nem Manning nem Flynn tem que dar a vida e pegar o Griffin