sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

Torcida de Miami se mobiliza...

Torcida do Sul da Flórida está fazendo a sua parte. Será que nossos dirigentes o farão? Peyton Manning em Miami, eu acredito. E você?

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2012

Como Jerome Messam será usado em Miami?

Jerome Messan não é exatamente um cordeiro, mas foi o MVP da última temporada da CFL ( Canadian Football League ). A questão é: como ele será usado em nossa ataque?

Devo admitir que a assinatura de Jerome Messam foi um tanto quanto surpreendente, afinal a notícia não vazou em sites especializados e somente quando o time fez os exames médicos é que todos ficaram sabendo. Mas como ele será usado? Em tese, deverá ser o terceiro no backfield atrás de Reggie Bush e Daniel Thomas. Isso, em tese, o colocaria em rota de colisão com Lex Hilliard ( que deve renovar por uma temporada ) e com Charles Clay ( fullback rookie em 2011 ).

  • Bloqueando: Com o ataque que Philbin deverá usar em Miami, o QB precisará muito de proteção. E nisso Messam tem experiência, já que a CFL é focada mais em passe do que a NFL ( se é que isso seja possível ), pois como já falei antes a Liga do Canadá tem apenas 3 Downs - todos sabem que a NFL tem 4 - e por isso na segunda descida tem-se que conseguir as jardas que faltam. Messam faz, nessas situações, o bloqueio para o QB e poderá fazê-lo na NFL com um update com relação a Hilliard e a Clay;
  • Recebendo:   Ele poderá ser um alvo mais perigoso do que é Hilliard, que apesar de ter uma estatura boa, não consegue jardas apos o recebimento, o que é um diferencial nessas situações. Messam está - pelos motivos já expostos acima, acostumando em receber passes e a quebrar diversos tackles. Como iremos adotar, provavelmente, a West Coast Ofense, a versatilidade de Messam será uma adição bem mais do que vinda;
  • Correndo: Ele náo, e nem poderia sê-lo, será usado como RB1, pois este posto pertecen - obviamente - a Reggie Bush, mas ele poderia surpreender a todos e conseguir superar a Daniel Thomas e isso não seria nada impossível. Em todo caso, mesmo que não consiga superar a Thomas, ele como corredor é melhor do que Hilliard, que é eficiente apenas em corridas curtas de no máximo 3 jardas, e isso sendo bem generoso com ele. Messam não deverá ter 1k de jardas, mas pode perfeitamente conseguir tal marca conjugando as que receber, o que - claramente - Hilliard nunca chegará nem próximo.
Sendo assim que papel restaria a Lex Hilliard ( que foi dratado no sexto round de 2008 )? Poderia facilmente ficar no elenco, pois ele é RFA ( Agente Livre Restrito ) e dificilmente algum time oferecerá por ele o que o Miami vir a pedir ( o normal seria uma pick de segundo round ) e a lógica é que ele acabe assinando uma extensão do atual contrato após testar o mercado. E porque manteriamos os dois e ainda mais Charles Clay? Simples: versatilidade. Messam pode alinhar de RB e Hilliard de FB ( ou Clay ), ou ainda usarmos uma formação com 3 corredores, sendo que dois deles ( Bush e Messam ) podem receber passe e conseguir estragos na defesa. E o front-office terá até Agosto para definir os papeis. 

O que é bom na contratação de Messam é que ganhamos opções que antes não tinhamos, ou seja, alguém que tanto bloqueia, recebe e corre bem. Se vai dar certo ou não é outra coisa...

domingo, 19 de fevereiro de 2012

Ryan Tannehill na 9ª pick? Eu hein...

Ele foi pupilo do nosso agora novo Coordenador de Ataque, mas pra ser escolhido no Top Ten do Draft vai uma grande distância... ou seria ele o novo TGJ?

E não foi apenas um analista que cravou isso nesse final de semana, para meu espanto total. Um é reconhecido ( National Football Post ) e o segundo não ( nem irei citar o nome ), mas só o fato de alguém cogitar essa possibilidade me deixa maluco. E o pior é que os dois analistas colocam que iremos perder o sorteio e que ainda faremos essa, na minha opinião - burrada. Claro que ele pode chegar e virar um novo Brady ( de corpo eles até se parecem ), mas não é o que eu prevejo. E o que vocês acham?

E que tal um desafio? Alguém ai consegue citar os 16 QBs que jogaram com nossa camisa desde que Dan Marino se aposentou, em 1999?