sábado, 17 de março de 2012

Alea Jacta Est

Pra quem provavelmente não entendeu nada do que está escrito no título deste tópico: é uma expressão em Latim que quer dizer "a sorte está lançada". E está mesmo, pois neste momento Matt Flynn está em Miami, reunindo com Joe Philbin e Jeff Ireland. Que ao menos este prêmio de consoloção nós consigamos. Ao menos isso...

Kendall Langford assina com o Rams

Era esperado mas perdemos um Starter da Defesa, o DE Kendall Langford. Ele foi selecionado no terceiro round do Draft de 2008 e é era um dos poucos Starter a terem sido selecionados depois do segundo round ( os outros são Yeremiah Bell e Paul Soliai ). Agora teremos que achar outro Starter, que deve estar dentro do elenco: Jared Odrick, que vai para sua terceira temporada.

sexta-feira, 16 de março de 2012

First Down: E nada de Manning... ou melhor, nada de nada.

Por conta de um excesso de trabalho na Prefeitura não pude atualizar o Blog corretamente nestes dias ( embora tenha que admitir que um editorial sobre uma - improvável desde o começo - chegada de Manning tenha sido preparado em todas as minúscias ), mas o fato é que nossa Off-Season até agora é - pra ser simplório - desapontante.

Desde o começo, todos que passam por aqui a muito tempo sabem bem, que eu fiquei com um pé atrás, afinal quem ( não ) tem um Front Office como o nosso sempre pode esperar o que de pior possa acontecer. E, como previsto, Peyton Manning não será um Dolphins Player. Estou surpreso? Nem um pouco. Triste? Um pouco por ele ter nos recusado e muito ( e bota muito nisso ) pela inoperância dos nossos Dirigentes.

Fosse apenas a recusa de Manning ainda daria para aceitar. Mas teve a troca de Marshall por dois M&M ( ou uma mariola e dois pães dormidos ) pro Bears foi de lascar. Parecia - e apenas isso - que seria uma movimentação para atrair Manning, que não gostaria de ter um WR com a personalidade do BM19. Mas fomos além: demos de graça nosso melhor jogador de ataque e ainda ficamos sem o melhor QB disponível. Piada dupla.

Agora voltamos nossas atenções para Matt Flynn, cuja experiência na NFL se resume a 2 míseros jogos ( por mais que ele tenha vencido ambos e jogado bem, é muito pouco ). Talvez seja apenas outra decepção ( provável ), mas na vinda dele eu acredito bem mais do que acreditava na de Manning. Enfim, é o que nos restou. E é muito pouco.

Renovamos com Paul Soliai, o que é um pequeno alento. Trouxemos um DB não mais do que razoável ( mas que pode contribuir bem ). Mas a sensação de estamos pior agora do que em 2011 é evidente. Se podemos dar crédito a Joe Philbin e sua equipe, por outra temos a plena certeza de estarmos com um elenco pior do que há um ano atrás. E, acreditem, pode ficar pior. Como? Tem o Draft ( esqueceram ), temos a Pick 9...

Agora vai...

Miami assinou um ano de contrato - pelos valores mínimos - com o RB Steve Slaton. E como disse no tópico, agora vai. Pra onde? Prefiro nem cogitar...

quinta-feira, 15 de março de 2012

Saiu um Marshall? Pois temos outro...

O cara de vermelho na foto é Richard Marshall, DB que estava no Arizona Cardinals. Agora ele é  o nosso Marshall.

Após ficarmos sem Brandon Marshall, parece que o Front Office não gostou da ( péssima ) repercussão e resolveu trazer outro Marshall, Richard, Defensive Back que estava no Cards. Ele fechou por 3 anos e 16 milhões. sendo 6 garantidos.
 
Não é uma Brastemp, mas é jovem ainda ( 27 anos ) e tem em sua carreira 16 ints. E deverá ajudar bastante no desenvolvimento dos ( ainda mais ) jovens DBs.

quarta-feira, 14 de março de 2012

Paul Soliai renova...

Num oceano de péssimas ações e negócios pra lá de desastrados, termos renovado com o nosso principal Free Agent é algo a se comemorar.

Paul Soliai acertou contrato de 2 anos com o Miami Dolphins hoje, após testar o mercado. Acho que ele percebeu que não conseguiria mais do que já fora oferecido ( e aceito agora ) na sexta passada: Duas temporadas e 8mi por ano, sendo que apenas 4mi serão garantidos em cada ano. 

Contudo tem-se o que ser lamentado: Kendall Langford, ao que parece, vai pro Pats. E vocês sabem, todos os jogadores que saem daqui pro Pats normalmente dão em nossas cabeças depois.

E Peyton Manning? Bom, como ele ainda não assinou com ninguém, ainda podemos dormir mais uma vez sonhando com ele em Miami. Até quando, eu não sei...

Recordar é sofrer duas ( ou mais ) vezes...

First Down: É brincadeira? ( Parte 2 e não será a última, tenham certeza disso )
POST PUBLICADO EM 18/01/2012. É OU NÃO É BRINCADEIRA?



Alguém consegue rir da atuação dele? Acho que nem ele...
Abordei semana passada uma coluna sobre este tema. E acreditem não fiquei nem um pouco satifeito de fazê-lo. E isso foi no sábado dia 14, ou seja, meros 4 dias atrás. E naquela coluna eu perguntei: "e o nosso planejamento, como é que fica? Qual planejamento?". Agora tenho plena certeza de que não deveria ter feito tais questionamentos.
Se existia algo de bom, quase que excelente, esse algo era a Defesa. Treinada de forma brilhante por uma das melhores mentes defensivas da Liga: Mike Nolan. Isso é passado agora. Mike Nolan acertou com o Atlanta Falcons e deixou-nos órfãos, também, de Coordenador de Defesa. Não obstante não termos um Head Coach ( e eu acrescentaria sem Coordenador Ofensivo que preste ), agora também estamos sem o mago das defesas.
Primeiro analisemos pela ótica de Nolan: você está na organização tem 2 anos e vê, pela segunda temporada seguida, o dono do time fazer verdadeiras lambanças homéricas para contratar ( e não conseguir, ressalte-se ) um Coach. Você se sentiria, para ficar em apenas uma palavra, seguro? Você teria confiança em um homem que cruza o país para tentar ( na verdade apenas conversar ) com um Coach de Universidade antes de demitir o atual? Acho que não. Nolan estava feliz em Miami e disse que só sairia se fosse para assumir o Comando de um time. E ai vem a outra parte do problema: como se sentir prestigiado se seu nome nunca tenha sido sequer cogitado para ser Head Coach? Quando o Owner entrevista mais de 6 pessoas para o cargo? Algumas das quais, convém lembrar, não tenham Status sequer perto do seu? Realmente é para se sentir desestimulado. Acho que foi o que aconteceu.
A questão agora está - bem - pior do que a pintada por mim no sábado e realçada ontem, pois agora teremos que conseguir um DC. E é muito fácil, mas muito mesmo, conseguir alguém que faça um setor ser um dos melhores da Liga. E este novo DC, terá que começar do zero. Nolan, se tivesse ficado, daria continuidade. Por isso, meus caros, eu prevejo uma temporada 2012 pior do que foi a de 2011. Porque não creio que um Coach oriundo de ataque consiga fazer o setor mudar da água pro vinho. E a defesa tende, em tese, piorar.
É brincadeira, Stephen Ross? Porque se for, é de péssimo gosto. Alguém ai sabe quem seja o melhor retornador ( e dublê de WR ) que tenha se declarado pro Draft? Porque depois dessa, só faltaria acontecer isso...

terça-feira, 13 de março de 2012

Bomba!!! Marshall trocado...

Acredite se quiser, mas o Front Office do Dolphins trocou o nosso melhor jogador de ataque por duas picks de terceiro(!!!) round com o Chicago Bears. Piada? Loucura? Desespero? Não sei, mas se Manning não vier pro Miami e trouxer seus Manning Boys ( Clark, Garçon e Wayne ) este será o pior move de nossa história. Não se doa uma WR do quilate de Marshall assim. Ele valeria, ao menos, as duas picks de segundo round que gastamos nele.

segunda-feira, 12 de março de 2012

E quem poderá nos defender?

Não entendeu o título do tópico? Pois é, segundo fontes quentissímas do Sul da Flórida o Agente de Peyton Manning teria exigido que nem Stephen Ross ( owner ) e nem Jeff Ireland ( General Manager ) participassem da reunião na qual eles ouvirão a proposta do Miami. O porque disso?
  1. Ireland perguntou a Dez Bryant ( hoje no Cowboys ) em uma entrevista antes do Draft se a mãe dele era prostituta. Isso mesmo, ele na bucha fez esta pergunta. Quer outro motivo para não desejarem ele na reunião?
  2. Já com Ross o fato seria de ele que fala demais e não chega a lugar algum ( alguém ai lembrou das novelas Harbaugh e Fisher? ). E não custa nada lembrar que caberá agora ao plano B, deixado de lado pelo próprio Ross, a tentativa.
Sendo assim agora estamos nas mãos de Joe Philbin e do nosso OC Mike Sherman, que segundo as mesmas fontes, deverá estar na reunião. Que Deus ilumine Philbin, porque o nosso futuro depende - e muito - do seu sucesso.