sábado, 28 de julho de 2012

Um olhar sobre o 1º dia de TC

Boa noite a todos. Primeiro de tudo, gostaria de me apresentar, àqueles que não me conhecem ainda. Sou Derek Szabó, leitor do blog desde meados de 2008/2009 que foi mais ou menos quando comecei a acompanhar o Dolphins. Já torcia desde 2006 eu acho, mas não sabia absolutamente nada a respeito do time. Desde que comecei, acesso o blog religiosamente todos os dias. Pois bem, o Flávio pediu uma força, eu ofereci e ele aceitou, estou aqui para somar ao blog.

Agora vamos ao que interessa:

Não entrarei no assunto "ausência de Tannehill" porque o Flávio já citou abaixo, então falarei sobre o restante do 1º dia de TC. Antes, algumas imagens das TCs, depois alguns comentários a respeito do primeiro dia.

Nosso novo OC passa instruções ao, até agora, nosso Starter QB.
A mais nova contratação, o experiente Eric Steinbach, troca idéias com nosso segundanista promissor Mike Pouncey.
Esse camisa 85. Se realmente conseguir jogar bem como treinou, será de grande utilidade ao nosso ataque
  • Começando por Chad Johnson (ex Ochocinco): Ao que parece pelo primeiro dia, Philbin pretende contar com ele como starter, e ele agradou bastante no treino, mostrando estar bem fisicamente (o que era uma dúvida, depois da fraca temporada nos Patriots). Fez ótimas recepções, inclusive duas recepções de 15 jardas em que, após correr a rota, voltou e recebeu a bola (chamadas essas rotas de "hook routes", ou "rotas gancho", no bom português). Mostrou muita vontade de cavar seu lugar. A batalha nessa posição será a mais difícil.
  • Quarterbacks: Enquanto Tannehill não assina e não treina, a batalha para starter está correndo. Moore começou como starter, mas houve uma rotação com Garrard durante o treino. No geral, nossos QBs tiveram 3 fumbles no snap (dois de Moore, um de Garrard), 4 passes dropados, 2 interceptações. Mas foi apenas o primeiro TC, vamos esperar que os erros sejam corrigidos conforme o tempo.
  • Running Backs: Reggie Bush e Daniel Thomas começaram no primeiro time, mas Slaton também treinou bem. Aqui o nosso coach terá uma ótima dor de cabeça. Já foi citado aqui que esse talvez seja o ponto forte do nosso time, temos bons corredores.
  • Outros jogadores de ataque que começaram no primeiro time: Naanee, Bess, Artis Hicks, Johnathan Martin. Hartline, apesar de ter sofrido muito com lesões na offseason, segue correndo como 4º WR, e ainda sim participou bastante de snaps com o 1º time.
  • Defesa: Nossa DL teve no primeiro time: Starks, Soliai, Wake e Odrick. Misi iniciou como Will Linebacker, embora tenha treinado também no segundo time, conseguindo inclusive uma interceptação em Moore (interceptação fácil, erro do Moore). Clemons treinou como SS e Burnett como Sam Linebacker. 
Não prolongarei muito aqui, mas no geral, a batalha está interessante entre os Running Backs, e poderá também ser boa com os Wide Receivers. Garrard deve iniciar amanhã e ficar boa parte do tempo treinando entre os starters. Ficaremos no aguardo de boas atuações. É o que todos esperam, embora o otimismo não estejá lá aquelas coisas. 

sexta-feira, 27 de julho de 2012

Já vi esse filme antes...

Ryan Tannehill não assinou contrato e começa a perder treinos, o que poderá ser terrível para ambos os lados. Existe até caso bem parecido...
 
Hoje teve início das Training Camps do Miami Dolphins. Muita coisa aconteceu, mas todos só repararam em uma única coisa: a ausência de Ryan Tannehill. Ele não assinou contrato e por isso não pode treinar. O que me levou a lembrar de um caso de uma equipe que desejava ter um FQB e se deu mal, muito mal. O time? San Diego Chargers. O Quarterback? Ryan Leaf?
 
Corria o ano de 1998. Duas grandes estrelas chamavam a atenção dos olheiros: Ryan Leaf que era de Washington State e um tal de Peyton Manning que jogava em Tennessee State. Caberia ao Colts definir quem jogaria por qual time, pois os dois com certeza seriam escolhidos pelas duas equipes. O Colts, como todos sabemos, escolheu Manning pelo fato de descender de uma família ligada ao FA ( Artie o pai fora QB de destaque e o avô fora Coach conceituado ) do que por ser melhor tarimbado com relação à Leaf. A decisão fora meio na base do cara ou coroa.
 
Leaf foi pro Chargers. E lá emperrou logo no contrato, que ele queria que fosse maior que o de Manning. Depois que assinou passou a recusar sistematicamente dicas dos Coachs. Resumindo: ele venceu apenas 4 partidas na NFL e sua carreira na NFL terminou em 2002. A de Manning ainda está ai...
 
O que isso tem a ver com Tannehill? Bom, além de os dois serem Ryan, Tannehill começa a perder importantes treinos. Tendo em vista de que ele não seria Starter mesmo e que é pouco provável ocorrer um rodízio durante a temporada, esses treinos talves sejam as únicas opções de Ryan dar seguimento no seu aprendizado na carreira. Ou seja, essa ausência é ruim para todos. Principalmente para o próprio Ryan. Que a coincidência com o seu xará fique só no nome... 

Hoje tem testes físicos...

Desde ontem que a movimentaçãoem Davie, cidade da grande Miami, teve início. Hoje segue com testes físicos e médicos. Treinos pra valer começam amanhã. Fique ligado no undefeat, porque iremos cobrir todas as ações.

quinta-feira, 26 de julho de 2012

Dolphins assina com Guard Eric Steinbach

Num movimento surpreendente, o nosso Front Office assinou um contrato pelos valores mínimos com o experiente Guard Eric Steinbach, que esteve ano passado no Ravens, após passar toda sua carreira no Browns. Vem de uma série de temporadas com problemas de contusão, motivo pelo qual estava disponível no mercado, é claro. Mas a sua contratação reforçar uma sensação: John Jerry deverá ser cortado por deficiência técnica. O que é uma pena, é claro, mas seria mais um bust em nosso histórico de drafts...

Training Camps: Posição por posição - Linha de Defesa


 É na DL que começa uma super defesa. De nada adianta ter super DBs e LBs, se os homens da linha não conseguirem colocar pressão nos QBs ou impedir que os RBs passem. Acima temos primeiro os DEs ( Cameron Wake, Jared Odrick, Olivier Vernon e Ryan Baker ) e depois os DTs ( Paul Soliai, Randy Starks, Tony McDaniel e Kheeston Randall ).

Nossa DL estará nova para esta temporada, pois o sistema usado desde 2008 era o 3-4. E no meio dessa mudança, quem mais vai mudar é Cameron Wake, que deixa de ser OLB para ser DE. Além dele teremos outras sensíveis mudanças, dentre as quais eu destaco a saída de Kendall Langford que foi um dos melhores achados em drafts de nossa história recente. Mas a DL agora terá 4 homens e os starters devem ser, salvo alguma grande surpresa ( ou uma contusão ), nessa ordem: Cameron Wake, Randy Starks, Paul Soliai e Jared Odrick. 

A única dúvida que existe é se Odrick conseguirá ficar a frente de Olivier Vernon nessa briga pelo oposto a Wake. Aparentemente Vernon tem mostrado qualidades suficientes para bater o terceiro anista. O que seria simplesmente desastroso, é claro. Pois seria a prova de que - quanta novidade - erramos feio em um primeiro round. Mas em se tratando de Dolphins, alguém ainda fica surpreso com isso?


quarta-feira, 25 de julho de 2012

Miami assina com Michael Egnew e Olivier Vernon

Agora só falta Ryan Tannehill para assinar contrato. Hoje assinaram o TE Michael Egnew e o DE/OLB Olivier Vernon. O valor do contrato de Vernon foi de 2,8mi por uma duração de 04 anos, levando um bônus de 630k.

O valor do contrato de Egnew, e a sua duração, não foi divulgado. Agora é ver quanto tempo mais irá demorar para que Ryan assine. O problema está em quanto será garantido, os ogadores de Top Ten querem o contrato 100% garantido, mesmo que sejam trocados ou cortados, eles recebem o valor integral do contrato. E é isso o que está pegando no caso de Tannehill. E a TC começa no sábado, ou seja, o tempo está curtíssimo.

terça-feira, 24 de julho de 2012

Rapinhidas

Primeiro informar que a vida está puxada - acho que seja assim pra todos, mas a minha ficou ainda mais - e por isso o tempo para postar ficou ainda mais apertado. A cobertura da TC será como for possível fazer e aceito toda e qualquer ajuda que for disponibilizada ( quem quiser ajudar, mande e-mail para flaviojvieira@yahoo.com.br ).

Segundo que Chad OChocinco agora é - novamente - Chad Johnson, de forma oficial. Porque ele muda tanto de nome?

Terceiro que eu disse anteriormente que não era nada preocupante a demora em assinarmos com Ryan Tannehill. Certo e não era, desde que - a menos de uma semana do começo da TC - ele já estivesse assinado. Mas agora eu começo a me preocupar. Além dele ainda não assinaram Olivier Vernon e Michal Egnew.