sábado, 27 de abril de 2013

Draft 2013 3º Round B: Will Davis CB Utah State

Sean Smith era de Utah. Que tal um substituto de uma Universidade do mesmo Estado?

O Miami acabara de trocar uma pick de terceiro round por duas de quarto num move pra lá de interessante. Ai viu uma oportunidade e trocou para voltar ao terceiro round e draftar outro CB, dessa William "Will" Davis, de Utah State. Sempre é bom ter qualidade e juventude, e no fim, o time ganhou uma pick de quarto round a mais. Bom negócio, sem dúvida.

Ao escolher Davis, o time deixa claro que gente vai sobrar na disputa, haja vista, que agora temos nada menos do que 8 CBs no elenco. Contando que Grimmes seja Starter e que Taylor bata Marshall e Patterson pelo posto de CB2, o que faria Davis? Na boa, eu o manteria pois é melhor tentar desenvolver um jogador e moldá-lo a um esquema do que manter um veterano, que ainda custa muito. Por isso eu não ficaria surpresa se Patterson fosse o escolhido para sair.

Vamos direto ao que esperar de bom ou rium de Will Davis:
  • Pontos Fortes: Um atleta extremamente fluido e coordenado, ele tem a capacidade de acabar com passes. Acompanha bem o jogo e pode colocar as mãos sobre o lance em profundidade. Ele usa as mãos através da rota, não tem medo de contato físico. Mostra boa capacidade de saltar e bom controle do corpo. Ele é tem um braço comprido e agressividade para um bom desempenho na NFL. Ele tem alguma capacidade de retorno natural. Um defensor downfield confiável, Davis tem um bom reconhecimento de suas responsabilidades de contenção contra a corrida e trabalha para canalizar a ação de cobertura em direção a seus companheiros.
  • Pontos Fracos: Experiência pode ser um problema já que ele tem apenas uma temporada como Starter por Utah. Precisará adicionar mais peso e força antes da temporada. Agressivo por natureza, Davis pode ser pego por diversas com faltas na NFL.Sua velocidade pode ser outro problema quando é batido inicialmente. Problemas ao enfrentar Receivers mais altos. Ele tem uma tendência a abaixar a cabeça. Definitivamente precisará de treinamentos duros para aprimorar sua técnica.
  • Notas: Ele jogou 13 jogos, anotando 64 tackles, 4,5 Tackle for loss, 17 passes deletidos e cinco interceptações ( incluindo um retornado para TD ). Ele foi nomeado para o first-team All-WAC.
  • Avaliação: B+. Existiam valores melhores e ele precisará de desenvolvimento adequado. Mas existe talento nato para ser trabalhado.
A secundária agora está coberta com talento, quantidade e juventude. O resto é com o nosso Coordenador de Defesa.

Um comentário:

Thiago Torres disse...

A escolha de Will Davis foi uma surpresa não pela posição e sim pelo jogador. Mas ele é um bom CB e vai nos ajudar muito. Nota B+ para a escolha.