quarta-feira, 24 de abril de 2013

Estrelas do Draft: Kenny Vaccaro

Entrega ao time: essa é, talvez, a melhor definição para Vaccaro. Resta alguma dúvida após a imagem acima? Creio eu que não...
 
A Secundária do Miami Dolphins esteve - para variar - entre as 10 piores da Liga pela sétima vez nas últimas nove. Este é um dado nada animador. E ainda perdemos o, em teoria, melhor jogador do setor que virou Free Agent ( Sean Smith ). Por isso todos os olhos estão voltados para a escolha de um Cornerback, escolha óbvia. Mas e se não tivermos um CB disponível?
 
Nesta situação eu ainda manteria primariamente a ideia de reforçar o setor, não necessariamente draftando um Corner. E se essa for a filosofia adotada um nome salta aos olhos: Kenny Vaccaro, Free Safety dos Texas Longhorns. Ele alia rara combinação de agilidade e senso de cobertura. Além disso ele é um jogador Sênior, ou seja, atuou os 4 anos na NCAA e com isso adquiriu experiência que será fundamental para a sua carreira.
 
Mas Free Safety Flávio não é exatamente uma prioridade. Ok, não é tanto assim, mas se lembrarmos que o atual Starter é Chris Clemons e que ele tem contrato por apenas uma temporada, acho que faria sentido draftarmos ele. Melhorariamos consideravelmente a posição e isso ajudaria na melhora do setor. Uma coisa leva a outra, já diz o velho ditado... Vamos ao melhor e pior em Vaccaro:
  • Pontos Fortes: Sua altura é considerada a ideal para a posição, onde fundamentalmente exige-se que ele marque WRs altos ou faça a cobertura para os CBs quando estes falharem. Tem uma leitura do jogo considerada acima da média entre os FS. Sua velocidade também é um fator determinante em seu jogo, algo que é excelente paa alguém da posição. Não posso deixar de destacar sua capacidade para realizar blitz e sua determinação em lutar o máximo possível para conter o avanço. Toda e qualquer jarda que conseguirem contra ele será com extremo esforço, pois ele irá doar-se 100% em cada jogada.
  • Pontos Fracos: Cofiante em sua leitura do jogo, por vezes ele pode perder precioso tempo para reagir tentando antever a jogada. Isso não é algo que conte tanto contra ele, mas é uma de suas poucas deficiências. Convém citar também que ele falha mais em coberturas por zona do que nas individuais, justamente por querer ler até o limite o que vai acontecer.
Secundária é muito mais do que Cornerbacks. Não se esqueçam que uma das nossas dragas em 2012 era justamente permitir-mos jardas extras, além da recepção. Para conter isso precisa-se, realmente de corners, mas também de um Free Safety acima da média. Algo que Clemons não é nunca será. Sendo assim - e não tendo um CB disponível merecedor da pick, a melhor saída seria escolher Vaccaro, caso queiramos mesmo melhorar a secundária. E seria uma escolha sensacional, se querem saber... 

Nenhum comentário: