domingo, 16 de junho de 2013

TE Dion Sims foi um dos grandes destaques da Minicamp


Sims tem chamado a atenção. E isso é excelente...

Muito parecido com seu ex-companheiro de equipe em Michigan State, Le'Veon Bell, Dion Sims foi draftado por um time da NFL que tinha necessidade imediata na sua posição.

O Dolphins - que escolheu Sims na quarta rodada - perdera os serviços Anthony Fasano para o Chiefs. Além de Sims, a equipe também assinou o ex-Jets Dustin Keller, que teve uma temporada prejudicada por contusões, mas espera um novo recomeço conosco.

Enquanto isso, após 3 dias de Minicamps a sensação é que Sims conseguiu bem mais do que apenas aparecer pros torcedores. Conseguiu isso sim mostrar que pode ir muito além do que um rookie promissor. E recebeu elogios de pessoas como o ex-receiver OJ McDuffie, que hoje é analista: "Nós ouvimos ontem que os golfinhos o têm colocado em 95% dos snaps ". "Para alguém na situação de Dion Sims, que está chegando agora, treinar com a primeira equipe é muito importante para entender tudo sobre o que é um ataque. Isso é apenas um grande sinal, da sua ética de trabalho, das suas habilidades. E eu acho que vai ser uma ótima opção para o Dolphins e seu ataque”.

"Quero dizer, que ele corre bem e bloqueia bem. Sim, ele me surpreendeu. Quando ele estava em Michigan State, você nunca pensaria em um cara como Dion Sims - com o tamanho dele - sendo um cara que pode executar rotas e pegar bem a bola. Mas ele é um bom atleta".

Sims foi mais modesto sobre sua adaptação do playbook, muitas vezes, o maior obstáculo entre os rookies e o jogo na NFL: "Está sendo rápido, é leva tempo," disse após o segundo dia de treinos na quarta-feira. "Tivemos um monte de repetições, temos um monte de novas peças. Nós corremos a bola e passamos com uma boa combinação de ambos. E ter um grande quarterback e uma grande linha ( ofensiva ) é algo ótimo”. "Não se preocupe, ele não é pequeno", Jesse Agler, analista do Finsider apontou. "Ele perdeu algum peso desde que saiu de Michigan State, mas ele não é um cara pequeno com certeza”, completou Agler. "Ele é um desses caras, que parece não ligar pro jogo, mas você olha para o nome tight end no dicionário, e surge a imagem dele. Enfim, ele parece ser o Tight End que o time tanto precisava. E isso é ótimo."

Ele teria sido draftado por ser um grande bloqueador, mas tem demonstrado que pode virar um route runner - incluindo uma que levou a uma recepção para touchdown de 20 jardas, em passe de Ryan Tannehill, durante o treino de scrimmage de quinta-feira. Isso parece ser o que mais impressionou a mídia durante a minicamp. Que assim seja.

Nenhum comentário: