quinta-feira, 28 de novembro de 2013

Um plano louco, mas que poderia dar certo... Parte 2

Reformulando o elenco, como ficaria o nosso QB?
No post anterior ( clique aqui para ler ) eu detalhei que eu faria caso fosse Stephen Ross, o dono do time. Uma vez re-estruturados o Front Office e o Coach Staff, vem a hora do que fazer com os jogadores atualmente no elenco. Alguns merecem ficar, outros nem deveriam estar e existe um pequeno grupo daqueles que não podem sair de jeito nenhum. Vamos ao passos a seres percorridos antes da Free Agency:
  • Quarterbacks: Matt Moore é um backup com nível parecido com Tannehill, mas que jamais vai ser Starter com esta equipe técnica. Ele está lá apenas como um seguro caso Ryan se machuque. Portanto, é inútil pro futuro do time, mas algum General Manager pode oferecer alguma pick por ele. E eu trocaria na hora. Ai fica a pergunta: e Ryan Tannehill? Bom, ele é segundo anista e embora não seja uma brastemp eu o manteria. Mas traria dois outros QBs pro elenco: um vindo do Draft ( talvez no meio dele ) e um no FA. Para deixar os 3 competindo;
  • Runningbacks: Daniel Thomas é bananeira que já deu coco... ou, se preferirem, ele já deu o que tinha que dar. Lamar Miller é um bom segundo RB, capaz de receber passes e conseguir boas jogadas... vindo do banco. Portanto este time precisa de um Power Back. Os outros, que eu nem falei, não servem pra nada;
  • Wide Receivers: Sem mudança. Seja porque os contratos são longos e/ou gordos ou porque os coadjuvantes fazem bem o seu papel. Tentaria, contudo, trazer um Recebedor alto, lá pela casa do 1,96 ou mais;
  • Tight Ends: Dustin Keller merece uma outra chance. Mesmo que porventura ele não possa render em alto nível. Clay é obrigatório receber uma extensão contratual. Já Michael Egnew... deixa pra lá. Dion Sims pode ainda fazer alguma coisa e ficaria;
  • Ofensive Line: Partindo do princípio de que Jonathan Martin e Ritchie Incognito são cartas fora do baralho, eu iria atrás do melhor Guard disponível, escolhendo um LT no Draft. E vamos pra temporada;
  • Defensive Line: Que duvida cruel renovar com Randy Starks ou com Paul Soliai? Apenas um deles cabem no Salary Cap. Pelo desempenho até agora eu ficaria com Soliai. Odrick segue jogando, Vernon tem potencial, Jordan parece ser o que dele se esperava. No mais, sem grandes mudanças;
  • Linebackers: praticamente nada a alterar. Até porque se formos demitir Wheeler iremos pagar caro, bem caro. Eu tentaria contratar um OLB pra backup ou que pudesse desafiar Misi ou o próprio Wheeler;
  • Cornerbacks: Renovar com Grimes é obrigatório. Carroll e Patterson passaram a serem úteis. E tem os que não jogam: Taylor e Davis. Poucas mudanças aqui, com certeza;
  • Safeties: Jones está de contrato renovado, mas Clemons não. Eu traria um FS na FA e tentaria melhorar o setor via draft;
  • Especialistas: Temos um Kicker sophomore e um Punter que é apenas o melhor jogador de ataque. Precisa de mais alguma coisa?

Nenhum comentário: