sexta-feira, 15 de março de 2013

Dolphins contrata Brandon Gibson

Brandon Gibson é mais uma adição do Dolphins...
 
Não tem como deixar de pensar: este time agora tem um grupo muito forte de recebedores. Com as chegadas de Mike Wallace e do hoje contratado Brandon Gibson, o time do Miami fornece a Ryan Tannehill todas as armas necessárias para ele render bem. Se vai ou não, isso não terá mais os recebedores como desculpa.
 
Ainda não informado os valores do contrato, mas sabemos que Cap não é problema. Falando em Cap, o contrato de Keller foi realmente por uma temporada apenas e 4 milhões.

Miami contrata Dustin Keller

Já temos um novo Tight End: Dustin Keller.

Miami agiu rápido e logo pela manhã nos EUA confirmou a contratação de Justin Keller, ex-Jest. Dessa forma repomos a saída de Anthony Fasano pro Chiefs, mas voltamos a estar na estaca na qual nos encontravamos ao fim da temporada: precisando de um alvo a mais. Acho que esse ficará pro Draft. Mas é uma boa adição, sem dúvida. Ele tem 17 TDs na carreira, marca que nenhum jogador do time ( exceto obviamente Mike Wallace ) possui. E é mais jovem que Fasano. Os valores ainda não foram revelados.

quinta-feira, 14 de março de 2013

Detalhes do contrato de Mike Wallace

Como você reagiria se eu falasse que na prática o Dolphins assinou 2 contratos com ele?

Sempre que um grande contrato é assinado na Liga todos ficam de olho em alguns detalhes imporantes, tais como quanto é de grana garantida e como foi estruturado o peso ano a ano. Sendo assim, vamos a detalhes bem particulares do contrato de Mike Wallace:
  • O valor total do contrato é de 60 milhões, com 27 milhões garantidos, ao invés dos 30 que foram divulgados;
  • Em 2013 ele irá receber, acreditem, apenas 3,2 milhões. Não você não leu errado, o valor está certíssimo, De salário mesmo, só 1 milhão. Os outros 2,2 milhões vem do prêmio de assinatura, a ser rateado durante os 5 anos;
  • Em 2014 o valor sobe bem, indo para 17,2 milhões ( 15mi de salário, mais os 2,2 do prêmio de assinatura );
  • Em 2015 temos uma situação diferente: o time pode cortá-lo até o dia 5 da temporada ( a contar depois de aberta a Free Agency ), pagando apenas mais 6 milhões. Se optar por não cortar, ele passa a ter garantido receber 12,05;
  • Ai passamos a dois valores fixos em 2016 e 2017: 11,45 milhões, com os 2,2 milhões, totalizando 13,65 milhões;
Na prática o Miami assinou um contrato de 2 anos pelo valor de 27 milhões, todo garantido e uma opção de um outro contrato por 3 anos no valor de 33 milhões. Essa engenharia matemática feita por Jeff Ireland merece elogios. Se Wallace chegar e não render, perdemos 27mi e mandamos ele pastar depois da temporada de 2014. Se ele chegar e render em alto nível, ficamos com ele por mais 3 anos. 
 
Agora, como eu já disse antes, é com Philbin, Sherman e Tannehill.

Outros alvos nesta Free Agency

 Talvez a nossa maior necessidade agora...

O Miami Dolphins dominou as notícias da NFL ontem quando assinaram 3 agentes livres: receiver Mike Wallace e os linebackers Philip Wheeler e Dannell Ellerbe, bem como re-assinadou com Chris Clemons. Apesar do dinheiro "sobrando em Davie, o Dolphins ainda precisa de preencher outros buracos. Por isso vamos dar uma olhada em alguns outros alvos que poderiam aparecer em Miami nessa Free Agency:
  • Jake Long -Tackle: Sim, Long. Ele está testando o mercado e até agora não assinou com ninguém, tendo visitado e feito testes físicos no Rams. Se o valor que ele acredite merecer for recusado, ele poderia voltar e assinar pelo valor que o Dolphins lhe ofereceu. Parece longe ou loucura? Não, faz sentido, ainda mais se ele não achar um time que lhe pague o valor de Tackle de elite;
  • Eric Winston - Tackle: Se Long assinar com o Rams, poderemos tentar contratar Winston. Seria mais barato e, teoricamente, menos talentoso. Porém, em tese, deve poder jogar em um bom nível o ano inteiro;
  • Sean Smith - Cornerback: Vale aqui o mesmo que para Jake Long. Simples assim;
  • Kevin Smith - Running Back: Mesmo que Lamar Miller venha a render em alto nível, o que todos esperamos, ele irá precisar de ajuda. Smith poderia dar esse reforço.
  • Dustin Keller - Tight End: Com a saída de Fasano é mais do que claro que precisaremos de reforço na posição. Keller seria essa adição. 

quarta-feira, 13 de março de 2013

Crônicas do dia seguinte...

Phillip Wheeler é uma adição e tanto ao corpo de LBs do time...

Devo admitir que fiquei surpreso com o dia de ontem. Tirante a óbiva e decantada aquisição de Mike Wallace, as outras 5 movimentações que o time fez foram surpreendentes. Nem tanto se olharmos os cortes de Karlos Dansby e Kevin Burnett, mas pela chegadas de dois jogadores que sequer foram cogitados por qualquer insider: Dannell Ellerbe, ex-Ravens e Phillip Wheeler, ex-Raiders. Para finalizar, ele renovou com Chris Clemons.

Jeff Ireland resolveu sair da sua zona de conforto e adicionar jogadores de qualidade via a Free Agency. Antes do dia de ontem, seu grande movimento ocorrera em 2010 ao trazer Brandon Marshall por duas picks de segundo round do Broncos. Igualmente o jogador, dois anos depois, esteve envolvido no pior movimento de Ireland na Free Agency, ao ser mandado pro Bears por duas picks de terceiro round.

Seja como for, Ireland teve até aqui sua mais movimentada ( e comentada ) off-season a frente do Dolphins. Não foram lances simples, mas ao que parece foram bem executados. Todos sabiam de antemão que Wallace queria o Dolphins e este implorava pela sua vinda. Todos igualmente sabiam que seria caro. E foi caro, mas só assim pra atrair um jogador deste quilate. Agora temos um WR Top que pode meter medo por si só nas secundárias adversárias, facilitando a vida não só de Tannehill, mas do RBs que estão na equipe atualmente. Se vai dar certo, agora depende de Ryan, Philbin e Sherman. Sem crítica alguma a Ryan, que fique claro.

Mas foram as aquisições de dois LBs que merecem mais destaque do que a de Wallace. Primeiro porque ninguém ficou sabendo e a todos os insiders foram pegos de surpresa, imagine nós, os fãs. Segundo porque era realmente um setor que carecia de upgrade, mas que eu achava que este seria feito pelo Draft. E terceiro porque o contrato dos dois que chegam são menores e contam menos contra o Cap do que o contrato dos dois que saem, ou seja, trouxemos jogadores mais jovens ( e aparentemente melhores ) por valores mais vantajosos pro time, sem diminuir o montate do Cap ( e incluso o óbvio Dead Money ).

Está Ireland de parabéns? Se os LBs melhorarem o nível de atuação do setor, sim. Pela contratação de Wallace, creio eu, qualquer um de nós faríamos ela, pois só o Miami dispunha de Cap e de carência total de um WR Top. Não quero com isso desmerecer o trabalho de Ireland, mas que na contratação de Mike eu a vejo mais fácil. Agora trazer dois bons e jovens LBs sem que ninguém fique sabendo, isso é mérito dele.

Lamento, contudo, a saída de Fasano, mas eu a entendo. Afinal ele está agora 5 anos mais velho e, infelizmentem, descartável. Convém dizer que precisaremos de reposição imediata por Michael Egnew não parece ser o substituto e os outros do elenco são, aparentemente, apenas backups. Renovar com Clemons evitar o trauma de perder 2 Starters na Secundária. E claro, com a saída de Smith, tudo aponta para que a pick 12 nossa no Draft seja usada em um Corner. 

Agora é esperar ver se aparece algum outro FA ( um TE e um CB não seria nada mal ) e pensar no Draft. Essa off-season de 2013 ficou mais animadora. E isso, em se tratando de Miami, não é pouca coisa não...

terça-feira, 12 de março de 2013

Surpresa: Dolphins assina com ILB Dannell Ellerbe e cortam Dansby

Um movimento totalmente inesperado, mas é verdade: um dos destaque da defesa do Ravens agora é do Dolphins...

Numa movimentação surpreendente, o Miami contratou o ILB Dannell Ellerbe, ex-Ravens. Detalhes ainda não revelados, mas foi uma excelente notícia, pois o jogador tem qualidade e reforçamos bem nosso grupo de Linebackers.

Resta, como sempre, uma questão: o Ravens atua em 3-4 ( com dois insiders ) e o Miami joga atualmente no 4-3 ( com apenas um insider, que vira Middle ). Agora é aguardar detalhes do contrato.

Update I: o contrato é de 5 anos no valor de 35mi, sem sabermos o valor garantido deste contrato.

Update II: Karlos Dansby acaba de ser cortado.

Fasano assina com o Chiefs

Fasano assinou contrato com o Kansas City Chiefs, sendo assim a nossa primeira baixa...

Anthony Fasano assinou contrato com o Chiefs, sendo assim o primeiro a deixar o elenco do Dolphins, mas não será o único. Reggie Bush vai visitar Lions e Rams, Sean Smith interessa a 4 times e, por fim, Jake Long negocia com duas equipes também. Resta ver pra onde eles irão e quais serão as peças que porventura virão pra substituir...

Agora é Oficial ( e caro, muito caro ): Mike Wallace é um Dolphins Player

Oficial e caro, bem caro: Mike Wallace é do Dolphins...

Mike Wallace e o Miami Dolphins confirmaram o casamento, após longo namoro. O salário que se sabia de antemão que seria caro, saiu além da conta: 65mi por cinco anos de contrato, com espantosos 40mi garantidos. Absurdamente caro. Se vai valer a pena ou não, agora depende de Ryan Tannehill. Ou não...  

Update: Ao que parece, são 30mi garantidos e não 40mi. Nada que mude tanto assim, mas fica menos "alto". 

Carências do Miami nessa Free Agency

Será mesmo que ele irá vestir nosso Uniforme? Temos que aguardar até às 17:00hs...

Começa pra valer a temporada da NFL. Claro que é apenas a abertura do Mercado de Jogadores, mas na prática a temporada começa ( e para alguns termina ) no dia de hoje. Por isso irei listar, em ordem de preferências as necessidades do elenco do Dolphins. Vamos a elas:
  1. Wide Receiver: Apesar de re-assinar Brian Hartline, o Dolphins ainda precisa resolver a posição de wide receiver. Ao que consta, hoje às 16:00hs o Miami irá adicionar Mike Wallace e melhorar substancialmente o setor. Mas é sempre prudente não contar com isso 100% certo. Sendo assim, se Wallace não assinar o time teria outras opções, tais como: Greg Jennings, Wes welker ou Danny Amendola. Se não reforçar o setor via a Free Agency, pode-se sempre voltar-se pro Draft, mas é claro que rookies são rookies;
  2. Defensive End: O Dolphins precisa adicionar um pass-rusher no oposto a Cameron Wake. Isso, é claro, pode ser coberto via Draft, ainda mais após a Tag aplicada em Rand Starks. Eu sei que falei que Olivier Vernon está ai e pode evoluir bem nesta temporada, após se sair bem como rookie, mas talento - acreditem - nunca é demais. Adicionando alguém que vem  mais barato e é um "especialista em pass-rusher" pode acontecer, com  possíveis alvos sendo: Osi Umenyiora, John Abraham e Robert Geathers;
  3. Cornerback: Provavelmente, Sean Smith vai assinar em outro lugar nesta agência livre, ou seja, o Dolphins realmente terá que contratar um cornerback este ano. Mesmo com Smith, a equipe era provavelmente iria draftar um cornerback. Um agente livre pode estar nos planos se Smith sair. Sendo assim os alvos mais prováveis seriam: Chris Houston, Antoine Cason, Mike Jenkins e Marcus Trufant;
  4. Tight End:. Assim como a posição de recebedor, o Miami poderiam estar olhando para atualizar a posição de TE nesta offseason, além do que Anthony Fasano ( líder em TDs do time desde 2008 ) é um agente livre, mas, a menos que algo de surpreendnete aconteça nos próximos dias, espero que ele volte. O Dolphins pode também pode olhar para adicionar alguém via FA, olhando para esses nomes: Jared Cook, Martellus Bennett, Dennis Pitta ( RFA ), Delanie Walker e Dustin Keller;
  5. Ofensive Tackle: Jake Long é agora um provável ex-Dolphins, no entanto, isso não é 100% certo. E o time muito provavelmente está à procura de um RT, mas também pode mover John Jerry de RG para RT, onde tem bom desempo anterior, e assinar um RG, entre estes possíveis alvos: Eric Winston, Andy Levitre e Deceu Lutui;
  6. Running Back: É uma necessidade aparentemente menor, mas com Reggie Bush deixando o time, os rumores da equipe visando reforçar a posição, estão começando a ganhar corpo como uma necessidade. A equipe parece feliz com Lamar Miller, mas poderiam estar olhando para uma atualização sobre o terceiro anista Daniel Thomas. A equipe não vai gastar um monte de dinheiro da posição, mas não se pode descartar a assinatura de algum desses possíveis alvos:. Rashard Mendenall, Michaek Turner, Jonathan Dwyer, Kevin Smith, Ronnie Brown ( lembram dele?? ) ou Lex Hilliard ( outro velho conhecido ).

segunda-feira, 11 de março de 2013

Segundo diversas fontes, Mike Wallace já acertou com o Dolphins

Ao que parece, agora é apenas esperar o tempo passar...

Muitos jornalistas tratam como fato consumado o acordo entre Mike Wallace e Miami Dolphins, ficando agora apenas esperar chegar o prazo legal para a assinatura do contrato. Se eu acho isso uma boa? Eu acho excelente. Ele era o preferido por diversos motivos: rapidez ( e por conseguinte a possibilidade de abrir o campo com isso ), o fato de ser jovem ( tem apenas 26 anos ) e pode, de fato, ser aquele jogador que mude o estilo de jogo do Miami, facilitando assim a evolução de Tannehill. 
 
O que temos agora é esperar e ver de quanto vai ser o acerto. Algumas fontes sugerem 60mi por 5 anos de contrato, outras falam em 55 e outras ainda em 50mi por 4 temporadas. Eu estou aguardando é para saber quanto do contrato será na forma de garantido, pois isso determina o tipo de comprometimento de tempo do atleta com o time.
 
Aguardemos. 

domingo, 10 de março de 2013

Boatos da Free Agency: Brandon Gibson - WR

Recepção linda, não? Pois segundo os boatos do momento, ele estaria mais perto de Miami do que Mike Wallace...

Boato é boato até que seja desmentido ou confirmado. Diversos estão sendo disparados e no post anterior eu citei o sobre Rahard Mendenhall, RB do Steelers. Agora temos outro: Brandon Gibson. Ano passado ele fez essa catch maravilhosa diante da gente ( nós, acreditem, vencemos ) e teve os seguintes números na temporada 2012: 691 jardas, 5 touchdowns e 13,5 jardas por catch.

Ai vem outra coisa: se ele viesse o time não traria mais outro Recebedor, vide Mike Wallace. Ai fica complexo querer que um outro WR parecido com Brian Hartline possa melhorar o nível de atuações do nosso querido Ryan Tannehill. Nada contra Gibson, mas acontece que eu não vejo o time melhorado com ele, enquanto eu vejo o time muito melhor com Wallace/Jennings.  

Dolphins interessado em Mendenhall. Mas porque?

Ele não é exatamente um jogador ruim, mas no que ele iria melhorar o time?
 
Boatos e mais boatos varrem a NFL desde ontem, quando começou o prazo pros time conversarem com jogadores antes da terca-feira, quando começa pra valer a Free Agency. A mais quente sobre o Miami é de o Front Office está em conversações com Rahard Mendenhall, RB ex-Steelers.

Boatos aparecem e vão, mas Mendenhall não deverá sair tão mais barato do que Reggie Bush, que - pra mim - é melhor RB do que o ex-Steelers. E não creio que ele viriar a ser melhor do que Lamar Miller. Mas, como todos sabem, todos podem esperar o pior do Front Office do Dolphins...