sábado, 10 de agosto de 2013

Pré-Temporada Jogo II: Dolphins 27 x 03 Jaguars

Vou lembrar mais uma vez: resultado em pré-temporada é o que menos importa...
O Miami se fosse da AFC Sul teria um time pra vencer surrando: Jacksonville Jaguars. Falando sério: este time do Jaguars é patético. Mas deixemos isso de lado e vamos focar no Miami: algumas boas movimentações, um passe pra TD, nenhuma interceptação, boa atuação da defesa... teve de tudo um pouco.

Só devemos nos animar ( ou o contrário ) na quarta partida, que é quando o time estará com cara de post-season. Por hora, estar 1-1 não quer dizer nada. Duvida? Dolphins em 2007 e Lions no ano seguinte fizeram 4-0 e foram 1-15 e 0-16 respectivamente. Portanto, calma...

Ex-Treinador, hoje comentarista, Dennis Green comentou sobre o Miami e suas perpectivas para 2013

Dennis Green soltou o verbo sobre o Miami e Ryan Tannehill...


O Miami Dolphins gastou muito nesta offseason, cercando Ryan Tannehill com novas armas ofensivas, e redesenhando a defesa. Com todo o movimento agressivo em torno da equipe,  logo surgiu a grande questão: poderia o Dolphins desafiar o New England Patriots pelo título da AFC Leste? O Dolphins seria uma equipe contender a uma vaga nos playoffs?

Muita gente acha que a resposta para ambas perguntas é sim. Essas mesmas pessoas acreditam baseando suas expectativas em um salto ( substancial ) no desenvolvimento de Tannehill. Até o site NFL.com recentemente nomeou Tannehill como o jogador que dará "o salto" nesta temporada. Coordenador ofensivo Mike Sherman disse que Tannehill será o melhor quarterback este ano entre os que saíram da turma de 2012. Em resumo muitas pessoas tem grande perspectivas para o quarterback Miami para a temporada 2013.

A menos que você fale com o ex-treinador Dennis Green. "Eu não acho que Tannehill venha a ser um grande quarterback", disse Green no programa da NFL Network "Inside Training Camp Live" nesta semana. "Então, a chave vai ser, como eles podem superar a perda de dois grandes jogadores".

Os dois grandes jogadores que Green fez referência são Reggie Bush e Jake Long, ambos que não tiveram contratos renovados e assinaram com Lions e Rams, respectivamente.

"Se você quer que o seu jovem quarterback tenha um bom segundo ano, você precisa manter os maiores talentos do seu ataque", falou Green. "E quando você não faz isso, você vai ter problemas”.

Green, contudo, elogiou a adição do Wide Receiver Mike Wallace. Mas acredita, claramente, que ele não será capaz de ajudar a equipe a ter sucesso em 2013. “Eu gosto de Mike Wallace. Ele está aqui para jogar e sabe fazer isso, mas Mike Wallace não é Reggie Bush", disse Green. "Mike Wallace é um cara com grande velocidade. Ele não é apenas um jogador com um truque só, mas Reggie Bush marcou um grande número de touchdowns. E Mike Wallace não é Jake Long, também”.

"Eu acho que você sempre tem que começar com a manutenção dos seus ótimos/melhores jogadores, criando um clima de continuidade, de tranquilidade. Só estou dizendo isso porque eu penso que eles vão ter que lutar muito, para conseguir uma nova química ofensiva".


Aparentemente, pelo menos de acordo com Green, o Dolphins  não são quem nós pensamos que eles são.

quinta-feira, 8 de agosto de 2013

Training Camps 2013 - Dia XIII

Tannehill e sua trupe tem que melhorar muito!!!


Dolphins teve mais um dia de treino ontem vamos aos fatos.


  • Ryan Tannehill depois de sofrer 3 interceptações ontem (terça-feira) se recuperou nessa quarta-feira e treinou bem, nada de especial mais mostrou que um treino mal não o afetou psicologicamente algo de positivo que ele tem, ele lançou alguns touchdonws na endzone e ainda conseguiu um touchdown de 40 yards para seu brinquedinho novo Mike Wallace que voltou de lesão, porém ele terminou o dia com uma interceptação do nosso CB Dimitri Patterson que vem treinando bem, não foi um grande dia mais também não foi horrível como terça-feira.
  • Nosso back-up Matt Moore teve um dia daqueles que nada da certo, Omar Kelly twittou dizendo que o braço de Moore parece cansado. Moore ainda terminou o treino com um passe de touchdown para nosso TE Michael Egnew que parece que resolveu aparecer no Dolphins depois de um rookie year apagado.
  • Wallace voltou a treinar depois de uma leve lesão na virilha, Wallace e Tannehill tiveram alguns bons lances durante o treino incluindo o passe de 40 yards como já falamos e Hartline também voltou a treinar assim pela primeira vez no training-camp os dois estiveram juntos em ação.
  • Tannehill e Miller ficaram treinando um pouco de handoffs para ver se aquilo que aconteceu domingo não se repita.
  • Jonas Gray continua treinando bem e ontem teve a chance de jogar como starter e Daniel Thomas também teve sua chance de starter quando Miller deixou o treino para ver algo em seu tornozelo.
  • Clemons terminou o dia com 2 interceptações enquanto Dimitri Patterson teve uma, fora isso foi um dia bem tranqüilo para defesa que ainda conseguiu 2 sacks mais nada de espetacular.
  • Caleb Sturgis teve um grande dia acertando chutes de 45, 46, 47 e 54 yards. De acordo com Palm Beach Post Hal Habib o chute de 45 yards passou muito forte e alto isso é um sinal bom força perna o nosso novato tem.

Departamento Médico:



  • Vários jogadores voltaram a treinar ontem incluindo, Mike Wallace, Jared Odrick e Pat Devlin.
  • Miller participou do treino, apesar de ter uma lesão no tornozelo, no final do treino Miller apareceu mancando com o tornozelo enfaixado.
  • Josh Samuda treinou ontem com uma compressa no joelho.
  • Jorvorskie Lane continua fora dos treinos.
  • Randy Starks foi ausente no treino de novo mesma coisa Kyle Miller que também não treino e deve ter ficando no departamento médico recebendo tratamento específico. 
  • Rishard Matthews, John Jerry e Jamar Taylor ficaram na linha lateral observando o treino.



Próximo jogo do Dolphins na pré-temporada será sexta-feira às 20:30 horário de Brasília contra nosso vizinho Jacksonville Jaguars.

quarta-feira, 7 de agosto de 2013

Training Camps 2013 - Dia XII


Ontem tivemos mais um dia de Training Camp, com os seguintes destaques:


  • Ryan Tannehill lançou 3 interceptações no treino de hoje. Ele participou de 80% dos snaps, assim aumentando as chances de tomar INT. Dia ruim para Tannehill. Vamos ver como ele processa o dia ruim.
  • Chad Bumphins segue treinando forte em busca de um lugar no roster. Muito provável que consiga.
  • Jeff Fuller e Brian Tyms treinaram bem, ambos pegando passes longos de Tannehill
  • Davis continua sendo o destaque defensivo nos treinos. Pegou 2 das 3 int que Tannehill lançou, além de estar em uma linda sequencia de 7 interceptações em 5 treinos
  • Dan Carpenter acertou um chute de 31 e outro de 35 jardas, mas errou um de 47. Vai mal hein...
Lesões:

  • Mike Wallace ainda não voltou aos treinos
  • B-Hart voltou, mas bem treinou pouco
  • Odrick também voltou aos treinos, mas Starks não
  • John Jerry, Rishard Matthews, Jamar Taylor, Julius Pruitt e Kyle Miller se juntaram a Wallace nos trabalhos de reabilitação na sideline
  • Josh Samuda aparentemente lesionou o joelho. Ele teve que sair, voltou, mas depois saiu de novo. Como diria Milton Leite: QUEE FAAAASEEE!!

Dolphins Wave - Análise Dolphins x Cowboys

Novidade no blog - primeira análise feita em vídeo, esperamos que gostem! (Vídeo feito pelo Dan Pereira)


segunda-feira, 5 de agosto de 2013

Pré-temporada: Cowboys 24 x 20 Dolphins

Problemas na OL resultam nisso!!!


Difícil falar de um jogo festivo que ninguém joga para valer, se pré-temporada já é complicado imagina um jogo antes da pré-temporada? É isso mesmo foi um jogo com ritmo de festa, para ter noção eu vi pela internet com transmissão da NBC passava mais entrevista dos jogadores que entraram no Hall of Fame do que o próprio jogo.



Vamos ao que interessa primeiro vou deixar minha opinião antes de falar os pontos positivos e negativos do jogo.



Pelo o que eu vi foi um jogo para tirar a poeira dos jogadores e mostrar onde precisamos melhorar não que seja preocupante mais que se continuar assim pode começar a ser um problema e tanto, vamos levar em consideração a falta de vontade de alguns, cuidado para não se machucar, jogo que não vale nada e entrosamento.



Pontos positivos:

  • Derrick Shelby e Dion Jordan: ambos mostraram vontade de sobra e que podem dar trabalho aos quarterbacks adversários, ambos chegaram fácil no quarterback mesmo jogando contra os reservas é algo a ficar de olho, imagina nosso grupo de defensive end, Wake, Vernon, Jordan e Shelby.

  • Chad Bumphis e Michael Egnew: isso mesmo você não está louco Egnew foi bem ontem pegando 4 passes para 52 yards e o rookie Chad Bumphis pegou 5 passes para 85 yards com a recepção mais longa de 45 yards lançada por Matt Moore, mesmo dropando um passe que resultou na interceptação Bumphis mostrou que pode brigar por uma vaga no roster e se Egnew continuar jogando assim também vai poder carimbar sua vaguinha.

  • Keenan Davis: entrou no finalzinho do jogo e pegou 3 passes para 48 yards e 1 touchdown lançado por Pat Devlin que vinha jogando bem até sofrer uma lesão na mão, o jogo era tão importante que a NBC nem falou da lesão dele e prestou mais atenção aos entrevistados durante a partida.

  • Jonas Gray: depois de voltar de uma lesão no joelho Gray foi o destaque entre os corredores do time, Gray conseguiu 7 corridas para 41 yards e 4 recepções para 35 yards outro que pode conseguir sua vaga no roster bom ficar de olho nele.

Pontos negativos:

  • Defesa contra o jogo corrido: sofremos para conseguir deter o jogo corrido do Cowboys, cedendo muitas yards e claro errando tackles fato que é de se preocupar porque errar tackle é coisa de college né.

  • Problemas na endzone: Sai ano e entra ano esse problema parece que gosta do Dolphins, ontem nosso ataque na endzone foi ridículo não conseguindo sequer andar para frente agora para trás era fácil fácil, Moore teve um desempenho muito baixo na endzone conseguindo apenas um touchdown de muita sorte.

  • Lamar Miller: Pelo simples fato, primeiro jogo como starter jogando contra os reservas do Cowboys o cara vai para o snap e comete um fumble ridículo parecia um ameba jogando como o Flávio fala, já que ele usa esse termo acho apropriado para essa cena que o Miller nos proporcionou ontem, eu tenho os dois pés atrás com o Miller se ele é tão bom assim porque não jogou mais ano passado quando o time precisava de jogo corrido? Até hoje ninguém me respondeu essa pergunta.

  • Ofensive Line: Esse é o setor que mais preocupa mais vamos dar tempo ao tempo mais que foi horrível foi.



Agora é esperar os próximos treinos e o próximo jogo da nossa tão queriada pré-temporada para ver se algo de bom surge porque se jogar como jogou ontem (Domingo) a coisa vai ficar feia.

domingo, 4 de agosto de 2013

E enfim teremos jogo...

Clássico de longa data que já decidiu até Super Bowl...
Hoje a noite, às 21:00hs com transmissão do Esporte Interativo, teremos o primeiro jogo da Pré-Temporada: o Hall of Fame Game, em Canton estado de Ohio. É uma partida festiva, realizada anualmente após a cerimônia de introdução da turma eleita para o Hall da Fama do Futebol Americano. A partida normalmente tem apenas um quarto com as estrelas em campo, mas Tony Romo ( ele é mesmo uma estrela? ) já está certo que não joga. Pelo nosso lado não irão atuar Mike Wallace, Brian Hartline, Rishard Matthews e John Jerry.

A saber a lista dos eleitos nesta classe foram:
  • Larry Allen - Guard/Tackle. Jogou 14 temporada, 12 delas pelos Cowboys entre 94 e 2005;
  • Chris Carter - Wide Receiver. Era o craque do Vikings quando um certo novato chegou por lá, um tal de Randy Moss. Passou pelo Miami em 2002;
  • Curley Culp - Defensive Tackle. Atuou por 14 temporadas entre Chiefs ( onde foi estrela ), Oilers e Lions. Era de assustar em mais de um sentido;
  • Jonathan Ogden - Tackle. Campeão do Super Bowl pelo Ravens no inicio do século, praticamente uma lenda;
  • Bill Parcells - Coach/General Manager. Bom, esqueçamos que ele escolheu Pat White... foi campeão do Super Bowl duas vezes com o Giants e na AFC Leste só nunca trabalhou com o Bills;
  • Dave Robinson - Linebacker. Uma lenda. Venceu os dois primeiros SBs da história e praticamente re-inventou a posição;
  • Warren Sapp - Defensive Tackle. Se os Buccs tem um Super Bowl, deve em grande parte ao líder da defesa.