segunda-feira, 22 de setembro de 2014

Pílulas do dia seguinte: Tannehil questionado... eu faço isso desde 2011!!!

O camisa 17 até que tenta, mas falta talento... e isso não tem treinamento que conserte.
O que eu vou escrever me deixa muito triste: Ryan Tannehill fracassou. Antes que comecem a ligar para Psiquiatras, eu explico: eu jamais desejei estar certo quanto a isso, adoraria ser o atual campeão do Super Bowl ( como o Seahawks de Russell Wilson o é ) e ter queimado a língua. Mas não foi o que aconteceu. E isso não me deixa feliz, acreditem. 

O time está 1-2 e vai ter partidas pesadas. Só para ficar com saldo positivo, o time terá que fazer 8-5. E uma olhada mais detalhada da tabela deixa claro que, jogando como nas duas últimas partidas, teremos sérios problemas para vencer sequer os Raiders domingo em Londres... Não é pessimismo, é a realidade. A dura realidade...

O dia seguinte em Miami foi terrível. A reação dos fans por lá foi péssima. Não apontam só para Tannehill, mas ele é o mais citado. Joe Philbin foi bombardeado com diversas perguntas sobre se Tannehill será o QB contra o Raiders. As perguntas derivam de boatos que a Comissão Técnica teria discutido por mais de duas horas sobre o assunto. Sabem o que nosso Coach respondeu? "Estamos buscando encontrar os melhores 46 jogadores para vencermos os Raiders". E assim foi com todas as questões que envolvessem o QB da equipe. Se a mesma pergunta fosse feito depois da partida contra o Patriots  o autor sairia debaixo de porradas...

O fato é que Tannehill não é mais o dono da posição, ao menos não mais sem contestação. Só o fato de Philbin não cravar que nada mudaria confirma isso. Acontece que Philbin pode ter percebido que se não de descolar de seu QB, vai perder o emprego antes do fim da temporada. E eu no lugar dele, começaria a me mexer também. Como ele deve se arrepender de tantas péssimas decisões que tomou por causa dele:, com a doação de Marshall pro Bears como a principal.

Isso quer dizer que Tannehill não será o QB contra o Raiders? Não, isso não foi decidido ainda, mas que ele não é mais o QB 100% confiável da comissão técnica. E isso já diz muito do caso. Se sendo 100% apoiado ele já é instável, imagina sem a certeza de que será o starter na próxima partida? A conferir...

Tudo estaria perdido para o Miami? Sim e não. Sim se nada acontecer.  O time tomou penalidades bobas ontem, como uma de 15 jardas por comemorar um TD, outras em retorno, outras em situações que mataram o ataque ou que deixaram o Chiefs avançarem. Além disso tivemos os drops e até sacks começam a incomodar ( são 9 no todo ). E não, tudo não estará perdido se algo for feito. A defesa tem feito a parte dela... forçou 3 fumbles e tem um Safety. Poucas defesas possuem isso na temporada, a nossa tem. Se Lazor tiver uma fórmula escondida para o ataque andar... Se... Se... acho que já sabem o que penso, não é mesmo?

O que se sabe é que não seremos favoritos no Domingo em Wembley. E quando jogamos lá em 2007... perdemos. E foi em... 2007!!!

Sinceramente, talvez uma certa comparação esteja certa: o Miami Dolphins é o Palmeiras do futebol brasileiro. Talvez quem fez saiba mais do que todos em Miami...

Nenhum comentário: