quinta-feira, 20 de novembro de 2014

First Down: Titulares


Errata: Cometi um erro imperdoável, citei que Mike Pouncey perdeu jogos por causa de uma suspensão, o que claramente está errado. Ele perdeu as partidas porque fizera uma Cirurgia e o tempo de recuperação foi maior do que o inicialmente previsto. Os suspensos foram Reshad Jones ( SS ) e Dion Jordan ( DE ), sendo que este último foi suspenso outra vez. Errei, e está aqui corrigido. Obrigado ao Thiago Torres.

Vez por outra nos esquecemos que novos torcedores aparecem, pessoas que não estão afeitas às coisas mais básicas do esporte. Como por exemplo quem são os titulares, de onde vieram, quem são os seus reservas e etc... claro que é função deste Blog fazer isso, mas eu vinha sendo relapso neste assunto. Vou começar a me corrigir agora, atendendo um pedido do membro da Comunidade do Blog, Vinicius Garcia.

O ataque é, basicamente formado por 1 Quarterback, 1 Runningback, 1 Tight End, 2 Tackles, 2 Guards, 1 Center e 3 Wide Receivers. Existem formações de corrida que usam desde Full backs - coisa que atualmente o Miami não tem - até 3 RBs. A chamada shotgun coloca até 5 WR's, geralmente os mais rápidos. Mas no geral, o ataque tem a formação citada acima. Abaixo, os jogadores que aparecem na imagem acima, retirada do site do Miami:
  • Quarterbacks: Ryan Tannehill e Matt Moore. Todos sabem como o nosso starter veio para em Miami: pelo draft. Mas Moore veio como Free Agent um ano antes e foi Starter em quase toda a temporada de 2011, quando Chad Henne se machucou na terceira partida daquela temporada. Ele aliás, será outra vez Free Agent no ano que vem;
  • Runningbacks: Lamar Miller, Damien Williams, Daniel Thomas e LaMichael James. Os 3 primeiros vieram do Draft, com Miller sendo o atual Starter. Knowshom Moreno era o Starter, mas está fora da temporada. Williams sobreviveu ao corte da temporada, depois de integrar o elenco como UDFA ( Rookies não draftados ). Daniel Thomas foi adquirido no Draft de 2011, ao custo de perda de 3 picks para que o time subisse pro segundo round. Uma lástima de trade. Foi cortado e trazido de volta apenas por causa da contusão de Moreno. James foi adquirido este ano no mercado de Free Agents, já durante a temporada. É um veterano, por assim dizer;
  • Wide Receivers: Mike Wallace, Jarvis Landry, Brian Hartline, Brandon Gibson e Rishard Matthews. Os 3 primeiros são Starters, todos sabem, mas apenas Wallace não foi escolhido no Draft, o que é até estranho. Landry vem chamando a atenção e justificando a sua escolha. Ninguém - talvez nem mesmo os Coachs de Miami - esperavam tanto dele como Rookie. Hartline é veterano do draft de 2009, quando muitos nem mais estão nem na NFL ( Pat White e Patrick Turner são os mais conhecidos ), mas ele está tendo sua pior temporada com Miami até aqui na sua carreira. E Wallace... bom, Wallace é o WR mais bem pago da NFL para não produzir... muito porque sua maior característica ( velocidade ) não é aproveitada porque o QB não consegue acertar os passes. Os outros 2 do elenco temos um vindo do Draft ( Matthews ) e outro da FA ( Gibson ). Que vão sendo úteis, cada um a sua maneira, é claro;
  • Tight Ends: Charles Clay, Dion Sims, Harold Hoskins. 3 jogadores que vieram via draft. Temos outro, Arthur Lynch, que está fora da temporada. É o único setor do time com 100% de jogadores vindos do recrutamento. Algo tão raro que parece até mentira. Clay é o alvo preferido de Tannehill, mesmo que não esteja jogando tão bem em 2014 quanto fora em 2013, talvez porque deixou de ser surpresa. Já Sims vai se mantendo no elenco e tem ajudado demais nos bloqueios. Sua contribuição nos passes segue sendo quase inexistente, o que é uma pena, pois ele parece ter qualidades. Já Hoskins ( UDFA ) é apenas um complemento de elenco, entra para dar descanso aos outros dois e quando precisa-se de mais proteção;
  • Tackles: Ja"Wuan James, Dallas Thomas, Nate Garner e Jason Fox. Pela primeira vez na história dois Tackles da Universidade do Tennessee tem dois Starters no mesmo time. Se James está tendo uma temporada acima do que eu esperava, Thomas... bom, ele segue sendo uma decepção. Claro que temos que lembrar que Branden Albert era Starter inconteste, até se machucar contra o Lions e perder a temporada. Os reservas ( Garner e Fox ) obviamente são ruins, mas é o que temos. O primeiro veio via draft ( UDFA ) e o segundo chegou este ano, via Free Agency;
  • Guards: Daren Colledge, Mike Pouncey, Billy Turner e Shelley Smith. Não se assuste ao ver Pouncey ( um dos melhores jogadores da Liga como Center ): ele atuara como Guard pelos Gators também. E tem qualidade de sobra para jogar nas duas. Ficou de fora das primeiras partidas por ter usado substâncias proibidas ( drogas ) e quando voltou Satele estava muito bem atuando como Center e o time precisava de ajuda no Guards. Por isso ele está aqui. Ele foi a primeira escolha do Draft de 2011. E é, deste então, um dos melhores da Liga. Colledge foi adquirido este ano, após a suspensão de Pouncey, enquanto que Smith fora adquirido na abertura do mercado, em Março. Já Turner foi escolhido este ano no Draft. E até aqui, não mostrou nada que possa justificar a sua escolha, já que nem é Starter como Tackle e nem como Guard, e olha que temos contusões demais;
  • Center: Samson Satele. É duro de acreditar, mas Satele foi escolhido no segundo round de 2007, talvez o pior draft já feito em Miami. Apenas ele, Satele e Fields bem pro time. Satele ficou no time até 2009, quando foi trocado com o Raiders por Joe Berger. Quem? Pois é... melhor nem lembrar. Ficou em Oakland por um tempo, depois foi pro Colts proteger Andrew Luck em suas duas primeiras temporada. Foi cortado e com a suspensão de Pouncey, o Miami teve a brilhante ideia de contratá-lo, inicialmente para apenas as 4 primeiras partidas. Mas dada a suas boas atuações ( figura entre os 10 melhores da Liga em algumas listas ), o time decidiu mantê-lo, no que fez muito bem.
Esses são os, atuais, Starters do ataque. Na próxima edição da coluna, os homens da segunda melhor Defesa da Liga. E sem LBs de elite...

Um comentário:

Thiago Torres disse...

A informação sobre o Mike Pouncey esta incorreta, de uma olhada, pois ele perdeu jogos essa temporada por conta de uma cirurgia e não por suspensão.