quinta-feira, 8 de janeiro de 2015

Dolphins contrata um ex-Jets para ser o Vice-Presidente de Operações

Sabem que o cara na foto? Foi ele quem draftou Mark Sanchez...
Muita coisa está no Miami Dolphins. Se formos bem criteriosos podemos mudar a marca de quando perdemos o rumo de 2002 para 1993. Pouco importa saber quando começou, precisamos saber é quando vai parar. Eu estou entre os poucos que acredita que os tempos ruins não estão perto do fim, porque seguimos cometendo erros atrás de erros. Desde manter um Técnico que não tem mais o que dar de bom, seja pela doação feita ao Bears em 2012 ( Brandon Marshall, Top 10 receiver da Liga, por duas escolhas de terceiro round ), seja por ter um QB que não serve... enfim, podemos ficar aqui listando uma série de motivos para o fracasso atual. E que, acreditem, vai continuar...

Essa semana o Miami Dolphins voltou a preencher o posto de Vice-Presidente de Operações, vago desde que Bill Parcells saiu durante a temporada de 2009. Podemos pensar que é um passo no sentido de melhorar a franquia.. mas o escolhido foi Mike Tannenbaum. Não sabe quem é ele? Eu respondo: ele era General Manager do NY Jets até o fim desta temporada. Sim, você leu direito: o Dolphins contratou para ser o seu Vice-Presidente de Operações de Futebol o cara que draftou Mike Sanchez e cia. Realmente, agora vai... ficar pior, é claro.

O time tinha o Tannehill e agora tem o Tannenbaum. Pode ficar pior? Eu não deveria ter perguntado isso...

Um comentário:

Abdul Jaba disse...

Claro que pode ficar pior, a prova disso é a OL que temos hoje em dia e a gerência inoperante dos Dolphins. Do jeito que está prefiro o "Bret Favre" para nos levar a Pós Season, do que uma eterna promessa como QB. Sinceramente tenho sofrido imensamente com este time e acho que o poço está cada vez mais fundo.