segunda-feira, 14 de setembro de 2015

Week 1 - Dolphins 17x10 Redskins: o importante é vencer...

Hoje, ele salvou com este retorno. Mas e quando isso nao acontecer?
O Blog esteve parado porque a OI me deixou sem Net por 4 dias e depois porque estive doente. Contudo, mesmo ainda debilitado, assisti a partida de hoje. Sabem como é, perder partida do Dolphins não dá.

Assim como em qualquer esporte, na NFL a estreia também é carregada de tensao. E ela esteve presente hoje na partida. Nosso QB, ao contrário do que possam sugerir os números, nao foi bem. Esteve inseguro, namorou com interceptações ao menos 3 vezes, cometeu um fumble hilário e perdeu duas chances dentro da Red Zone: uma após uma interceptação feita por Brent Grimes ( um monstro na partida ) quando o time saiu sem pontos após uma quarta descida e na segunda ficou apenas com um FG após ter uma primeira pro Goal na marca de 2 jardas. Assim não se chegará a lugar algum. Mas alguns ainda dirao que ele foi super bem...

Serve de atenuante que o time correu mal com a bola ( Miller mal passou das 50 jardas ) e a Linha Ofensiva também mostrou seus problemas, já esperados diga-se de passagem. Mas a defesa... bom, a defesa fez seu papel, exceto contra a corrida. Alfred Morris fez uma partida de 121 jardas, sem Touchdown. Mas poderia ter causado algum problema maior. É um problema sério a ser corrigido pra as próximas partidas, até porque a Linha Ofensiva do Redskins não é uma das 10 melhores. No mais, foi uma atuação boa. Cousins foi interceptado 2 vezes, foi pressionado durante boa parte da partida e o time do Washington pontuou apenas no primeiro tempo. Mas é o Redskins, certo? O time da capital nao é um dos 20 melhores times da NFL é bom lembrarmos.

O diferencial da partida ( que estava 10x10 ) foi o TD de retorno de punt de Jarvis Landry de 63 jardas. Foi esse lance quem permitiu ao Miami vencer a primeira partida da temporada. Foi, e deve um dos 10 melhores da semana 1, lance lindo, com bloqueios precisos e cortes ótimos. Um fato lamentável: Ndamukong Suh pisou a cabeça de Alfred Morris... sorte que foi de leve e nem o próprio Morris reclamou. Mas é um problema para o futuro, pois ele pode ser excluido de uma partida importante e/ou suspenso da temporada.

Para não deixar passar batido, Tannehill conduziu o drive final do segundo quarto com maestria e acertou o passe final para Rishard Mathews. Além disso, 7 jogadores receberam passes. Mas converter apenas 5 de 12 terceiras descidas está longe de ser uma boa marca ( 41% ). Semana que vem é contra o Jaguars e o time tem uma chance de largar bem na temporada. Mas quando os times mais fortes aparecerem pelo caminho, é prudente jogar MUITO melhor do que hoje...

Até porque nao será todo dia que algo como um retorno de Punt vai acontecer...

Nenhum comentário: