domingo, 27 de setembro de 2015

Week 3: Bills 41x14 Dolphins - Pensando em 2018...

Este é o melhor setor do time, nunca desaponta a torcida...
que eu tenho que parabenizar quem conseguiu ficar no estádio até o fim...
2018. Guardem este ano. Possivelmente só nele é que poderemos sonhar com algo melhor do que a porcaria que esteve em campo hoje. Com os mega contratos dados a Branden Albert, Ndamukong Suh e Ryan Tannehill ( ano que vem só 50 milhões do Cap de 150 milhões ) nenhum Head Coach conseguirá fazer nada de decente pelo Miami Dolphins. Já tinha dito isso antes e vou repetir: 2016 já está perdido e 2017 muito comprometido.

O que se viu em campo hoje não pode ser, sequer, considerado time da NFL. O que o Miami Dolphins apresentou(??) é indigno de uma liga profissional. Se existisse rebaixamento no NFL, o time já estaria rebaixado. Como nao existe, seguiremos na Liga, mas outros fiascos - infelizmente - virao. É triste ver isso semana após semana, ano após ano e até mesmo década após década. Já disse antes, mas é bom relembrar: mesmo nos anos finais de Dan Marino a coisa já era feia, mas ele com seu imenso talento conseguia salvar - ao menos - a honra do time. 

O time que entrou em campo parecia em ritmo de pré-temporada, enquanto que o Bills pareciam em ritmo de playoffs. Triste, lamentável... enfim, isto é Miami Dolphins...

Falar de alguém? Creio que nao, nem de bom e nem de mal. Todos sabem muito bem quais sao os problemas deste time. Eu nao preciso lembrar quais sejam... Semana que vem é em Londres, contra o Jets... e o time perde pro Jets em casa e o mando é nosso. 1-3 a vista? Bem provável, o que é improvável é vermos este time na post-season antes de 2018. E isso nem é algo certo, infelizmente...

6 comentários:

Ruy Pimentel disse...

Cara vi o jogo, e você não consegue nem ter a chance de se entusiasmar, porque já começa o jogo e já toma touchdown, nem conseguir um first down o time consegue, o cara lança, corre, faz o que quer, parece que o time ficou em casa ao invés de treinar para a competição. A saída do técnico tinha que ser para ontem, e procurar alguém para já ir começando a se preparar para 2016. Porque com isto que temos será só perda de tempo e chacota na TV.

Thiago Vieira Da Silva disse...

O triste é ver que para ganhar teremos que trocar todo o time, nada funciona no Miami.

Flávio Vieira disse...

realmente é lamentável. eu só fiz post e seguirei escrevendo em respeito a vcs... porque o time ( toda a organizaçao Dolphins, nao só os jogadores ) merece.

para mim, o jogo decidiu-se ao time ficar no 3 and out no primeiro drive. Lamar Miller conseguiu uma boa corrida ( 5 jardas ) e depois Ryan Tannehill errou 2 passes... se a primeira corrida do dia, foi de 5 jardas porque dar 2 passes na sequencia? Tenta outra corrida, se avançar 2 ou 3 jardas, tenta a terceira descida com uma outra corrida ( porque ai a defesa iria atrás do passe ).

Mas enfim... ah, lá na Tannehillandia ainda acharam um meio de defender ele... eu nao defendo ninguém ontem... ou melhor, até dá para defender um: o Punter. Que eu critiquei, mas que segue sendo o melhor atleta do ataque...

Flávio Vieira disse...

em tempo, corrigindo: "eu só fiz post e seguirei escrevendo em respeito a vcs... porque o time ( toda a organização Dolphins, não só os jogadores ) NÃO merece"

Thiago Vieira Da Silva disse...

Acho que esse ano ainda vai ser pior que o ano passado.
vamos fechar com 4-12

Inove Contabilidade disse...

Se fechar 4-12, meu coração já pula de alegria, que seja capaz de ao menos 2 vitórias nesta temporada. Sou torcedor desde os anos 80 e passar por isso, arrebenta minha alma. Ao menos demitam TODA COMISSÃO TÉCNICA, QB LIXÃO e comecem do ZERO.