quarta-feira, 18 de novembro de 2015

Domingo tem Cowboys em Miami? Eu só consigo me lembrar de Jason Taylor fazendo isso aqui...


domingo, 15 de novembro de 2015

Week 10: Dolphins 20 x 19 Eagles - Chances como as de hoje serão raras...

E o MVP atacou de novo.... salvando o time da derrota
Existe dois modos de falar sobre a partida de hoje e eles são bem distintos: a) O Miami não queria vencer e fez uma partida bem abaixo da crítica; b) o Eagles quis menos a vitória após fazer 16x0 no primeiro quarto. Em ambos os casos o Miami nao deverá ter outras chances assim na temporada para vencer, onde o adversário praticamente entregue a vitória para nós.

O Eagles teve a chance da vitória mesmo quando permitiu 17 pontos seguidos do Miami. Estava com a bola para um Field Goal certo quando Mark Shances ( que substituíra o lesionado Sam Bradford ) resolveu forçar um passe na End Zone. O resultado? A imagem que ilustra este post e a interceptação de Reshad Jones, a quem eu elegi como MVP da meia-temporada. Estava 20x19 e o Eagles poderia passar a frente e teríamos que contar com o nosso ataque(??) para vencer a partida.

A jogada que, enfim, deu a liderança ao Miami foi a prova de que o ataque é o problema deste time: em uma primeira para o TD na marca de 4 jardas Tannehill deu um passe horroroso que foi desviado e... Jarvis Landry, o MVP do ataque, conseguiu salvar o que poderia ser uma interceptação e marcou o TD que seria o da vitória.

O time de especialistas protagonizou o lance bizarro da partida: Damien Williams deixou de ajoelhar dentro da End Zone para ser tackleado na linha de 1 jarda!!! No lance seguinte Ryan Tannehill ( sem culpa desta vez ) sofreu o Safety, tornando o Miami na primeira equipe desde 1980(!!) a sofre Safeties em tres partidas seguidas, quando o Seahawks - que na época jogava na AFC Oeste - conseguir a mesma marca.

Vencemos. Agora estamos com 4-5 e o Top Ten do Draft fica mais distante. Sabe-se lá como estamos também perto da zona de classificação do Wild Card. Contudo, e eu sigo dizendo que estamos fora de qualquer chance, o time leva uma séria desvantagem: um dos critérios de desempate é o número de vitórias dentro da Conferencia ( quando a equipe com que estiver empatada não for da mesma divisão ) e de nossas parcas 4 vitórias até aqui, 2 foram contra times da NFC. Além disso, estamos 0-4 dentro da divisao e dois dos rivais na briga pelo Wild Card sao Bills e Jets, que correm sérios riscos de fazerem 3-3.

Em todo caso foi bem vencer, mas que ninguém se iluda: este time segue horroroso. Apenas hoje encarou um adversário que quis mais do que nós perder a partida. E chances assim sao raras.

Week 10: Eagles vs Dolphins - O que esperar de um time sem perspectivas?

Vencer? Para que? 
Eu não escondo de ninguém: a hora de vencer já passou. A partir de agora vitórias são, acreditem, inúteis. Atualmente o time tem a 10ª escolha ( falei disso durante a semana ) e podemos até ficar com a 7ª dependendo dos resultados. Mas, eu sei, times jogam para vencer e claramente os jogadores tentarão de tudo para vencer. Primeiro porque muitos serão Free Agents em 2016, segundo porque números fazem diferença na hora de alguns conseguirem lugar no Hall da Fama.

É possível vencer? Em tese sim, mas o forte dos Eagles é jogo corrido, nosso maior defeito na defesa. Sendo assim é bom colocar as barbas de molho. Restou claro que o "oba-oba" de Dan Campbell funcionou como uma melhora da morte, típica de pacientes terminais que melhoram para logo depois perecerem. Só bobos realmente acreditaram que aquilo poderia dar-nos uma vaga na post-season. E nem preciso dizer quem é o maior entrave para isso, nao é mesmo?

Hoje a partida será transmitida. Tomara que nao seja um massacre como nas últimas vezes em que tivemos partidas com TV. Palpite: 20x10. Pros Eagles, é claro.