sexta-feira, 1 de janeiro de 2016

Michael Jordan faz homenagem espetacular a Kobe Bryant


Sem comentários. É de arrepiar. Obrigado Kobe, obrigado Black Mamba.

quarta-feira, 30 de dezembro de 2015

Jarvis "the juice" Landry em momento extrarrestre








 Podem criticar o quanto quiserem mas Jarvis é o melhor jogador escolhido em Draft por este time desde a época de Zach Thomas, Jason Taylor, Sean Maddison e Patrick Surtain. Nada de Chris Chambers, Ronnie Brown, Jake Long ou qualquer outro grande ( e raro ) acerto de draft que o Miami tenha conseguido desde eles, Landry é - por muito - melhor do que qualquer outro. Ele simplesmente transcende os limites da lógica. Nada para ele parece impossível e ele vai lá e consegue mais, sempre mais. Pouco importa se é uma andorinha sozinha ou se o Quarterback está mais para um ameba do que para um jogador decente: ele vai e consegue fazer as jogadas.

As imagens acima mostram a monstruosa recepção que ele conseguiu domingo. O passe, para variar, foi péssimo. Se tivesse sido ótimo esta acrobacia não seria necessária, não é mesmo? Mas ele foi no último andar, com o corpo esticado e - sabe-se lá como - foi buscar a bola, com apenas uma das mãos. Isso já seria espetacular, mas ele foi além: conseguiu evitar que a bola tocasse no chão, sofrendo a pancada do marcado ( que fez o que pode ). Na último foto ( não consegui achar outras após essa ) parece impossível que ele vá conseguir completar a recepção, mas... estamos falando de um fora-de-série.

Landry conseguira superar a marca de OJ McDuffie de 90 recepções. Pois bem, ele agora superou a marca das 100 recepções, entrando num seleto grupo de jogadores que conseguiram isso em uma temporada. Mas tem mais: ele agora é o recordista da NFL em todos os tempos para recepções nos dois primeiros anos com 188. Sabem quem é o segundo? Um tal de Odell Beckham Jr. Eu não sei o que comem os Receivers de LSU, mas é bom ficarmos de olhos nos próximos...

Para completar ele rompeu a barreira das 1000 jardas e igualou a marca de Mark Clayton, como jogador segundo anista a chegar em tal marca. E a temporada ainda não acabou. O que será que ele tem reservado para domingo, diante dos Pats? Em tempo: Ryan Tannehill talvez nem jogue. E isso pode ser uma ótima notícia... 

Aqui o vídeo, em inglês, da recepção de outro planeta de "The Juice":


segunda-feira, 28 de dezembro de 2015

Week 16: Colts 18x12 Dolphins - Quem liga pro jogo, eu quero é o Top 3 do Draft

Esse cara ( e o OBJ ) são mesmo deste planeta?
Antes de qualquer coisa, quero me desculpar com todos vocês por não ter desejado um feliz natal. Meu notebook travou e tive que mandar ele pro conserto e o aplicativo do Blogger para Smartphones é uma ... bom, todos entenderam certo? Ok, espero que todos tenham tido um ótimo natal e que o espírito do menino Jesus tenha invadido a sua alma. Adiante...

Segundo que... bom, manter um blog é coisa séria. E de minha parte é, por isso este espaço está no ar desde 2007, apenas a pior temporada da história da franquia. Se eu pensei eu fechar ele ao fim ( ou logo no começo ) daquela temporada? Claro que sim, mas eu o mantive atualizado ( em algumas épocas mais do que em outras ), mas como eu costumo dizer eu nem sei mais quem depende de quem para viver... digo isso porque a "concorrência" parou no post anterior a partida contra o Chargers. Manter Blog é coisa séria pessoal... não pode parar porque o queridinho da turma confirmou-se ( para eles, é claro ) no fiasco que eu previra e já sabia que ele tinha se tornado. Avante, é preciso manter o ritmo, sobretudo nos piores momentos. Aliás, dizem que torcedor de verdade é aquele que aparece na DERROTA... porque comemorar Vitória é fácil demais... Fica a dica.

Sobre a partida de ontem... bom, o post do intervalo já dizia tudo e talvez eu nem precisasse postar um da partida inteira. Mas é aquela coisa, Blog é coisa séria... bom, no segundo tempo o Miami ameaçou - sim, ameaçou - uma reação. E, graças ao fato de TODOS os QBs do Colts terem se machucado, o time chegou a última posse com chances de vencer a partida. E... bom, é o Miami Dolphins gente e o QB é Ryan Tannehill... tudo bem que, num FG que o time teve que chutar antes, ele acertou o passe para DeVante Parker, mas... Jarvis Landry fez um bloqueio ilegal e foi marcada interferência no passe. Mas olhando para essa imagem, eu achei melhor que não tenha saído o TD:


O Miami está, atualmente, na sexta posição do Draft a qual manterá caso perca contra o Pats. Isso na pior da hipóteses, é claro, porque vitórias de Niners, Chargers e Cowboys podem nos colocar no Top 3. E pensar que uma inútil vitória contra o Titans nos impede neste momento de termos a First Overall Pick. Como vencemos o time de Nashville, estamos com 5-10 e os Titans, assim como o Browns, com 3-12. Nesta situação, uma derrota para o Titans nos deixaria com 4-11 e eles também, mas eles uma posiçao acima. Com uma vitória do Browns e uma derrota nossa... bom, deixa para lá, vencemos aquele partida inútil e estamos onde estamos. Agora é perder e torcer para alguém atrás de nós vença. E isso já nos deixará em quinto. É pouco, é pobre, é pensamento derrotista, mas é o que sobrou...

Ah, sim... tem outra coisa muito legal. Na verdade duas coisas, uma boa e uma péssima. A péssima é que com o Safety sofrido ontem nos tornamos no recordista isolado neste quesito em uma única temporada. É um feito e tanto, pois até para ser ruim é preciso ter qualidade, se é que vão entender a ironia. A boa é que Jarvis Landry é um All-Star nato. O cara é fera, joga demais e ontem entrou no seleto clube dos jogadores com 100 ( ou mais ) recepções em uma temporada. Um feito notável. E ele, para celebrar, fez a recepção da foto. Sinistra, espetacular, monstruosa, sensacional... qualquer adjetivo, creio eu, é insuficiente para descrever o que ele fez. Assim como ele fizera ano passado, o amigo de LSU Odell Beckham Jr o parabenizou pelo feito. 

Landry é a prova de que ATÉ o Miami Dolphins pode acertar no Draft. E é do que precisamos para 2016, 2017, 2018...

domingo, 27 de dezembro de 2015

Week 16: Colts 16x06 Dolphins - A lei do ex ataca novamente em Miami...

Vontae Davis castiga o time que o doou... 
Existe uma máxima na qual é que o ex-jogador vai lhe castigar quando jogar contra você. Essa é a primeira vez de Vontae Davis em Miami. E o que ele fez? Conseguiu a interceptação da foto acima. Eu sempre gostei dele e via que o mesmo era mal aproveitado em Miami. Em Indianópolis virou um Corner seguro e eficiente, como estava fadado a ser quando o draftamos em 2009. Ele não foi o primeiro e nem será o último talento a ser desperdiçado por nós.

No mais o time sofreu mais um Safety, tornando-se assim o recordista neste quesito numa temporada. E fora isso perdemos o primeiro tempo. Em suma tudo dentro da normalidade em Miami...

Week 16: Colts at Dolphins - E esse temporada que não acaba...

Complicado seguir acreditando neste time...
Neste Domingo o Miami recebe o Colts, que agora precisam desesperadamente vencer para manter as chances - pequenas - de classificação para a Post-Season. Acho que nem preciso mais falar que para nós perder é o mais indicado pensando em Draft. Perdendo as duas partidas restantes temos uma chance, real, de ficar no Top Five do próximo recrutamento.

O Colts, contudo, vem com problemas e está sem Andre Luck e o desespero do time poderia ser uma vantagem mas... só se o nosso time estivesse brigando por uma vaga na Post-Season. Como não estamos, para mim tanto faz. 

O jogo desta Semana 16 só serve para prolongar nosso sofrimento, nesta temporada que já temos certeza que será a pior desde 2011. E ao contrário de alguns times que voltam a temporada sofríveis após alguns anos, nós nem fomos a post-season. Nem tivemos o gostinho de vencer a divisão uma vez neste período.

Assim sendo a melhor coisa que nos pode acontecer neste domingo é perder a partida. E assim ficarmos melhor posicionados no Draft. Se bem que escolher errado é a máxima do nosso time, mas sempre fica uma esperança de que algo mude, de que um all-star apareça, um Marino, um Griese, um Taylor, um Thomas... 

Estranho, mas é o que restou. Fazer 5-11 e pensar em 2016... como fizemos em 2009, 2010, 2011, 2012, 2013, 2014...