sexta-feira, 8 de janeiro de 2016

Uma informação importante sobre Cap e o Contrato de Ryan Tannehill

Ele não é uma brastemp, mas tem seu valor...
Ontem, ao comentar uma postagem de um outro blog numa página do Facebook, um "bajulador" de Ryan Tannehill veio tirar onda quando eu disse que devemos ao insano contrato dado ao nosso QB a nossa péssima situação no Cap. A resposta dele foi: "alguém avisa o Flávio que o Salário do Tannehill em 2016 será o mesmo de 2015". Eu claro mostrei a ele o quanto ele estava enganado com dados objetivos. Os quais eu trago agora para vocês, direto do Site Over the Cap:

Essa imagem explica tudo e não deixa espaço para contestação...
Comecemos pela informação contida ao lado de Contract Details: 10º QB mais bem pago da NFL. Pois é, o absurdo começa por aqui e só isso já deveria impedir pessoas de falarem a besteira que ousam dizer. Mas tem mais, infelizmente: notem que em 2015 Tannehill recebeu 4,83 milhões. Este era o seu último ano de contrato de rookie, como todos sabemos, contudo o mesmo tinha uma clausula de um quinto ano caso o time quisesse e que poderia ser exercida até antes da abertura do mercado de 2016. Mas o time fez isso em 2015, talvez querendo dar tranquilidade para o QB. Bom, mas o que importa de fato é que em 2016 Tannehill vai receber mais de 11,5 milhões, quase 3 vezes mais. Mas mesmo assim, tem "bajulador" que não sabe disso.

E depois disso ela vai receber sempre perto dos 20 milhões. Sendo que ele JAMAIS será um Quarterback que mereça isso. Contudo, é preciso pontuar, que não é só o contrato dele que é insano, vejam esta imagem aqui:


O quadro mostra os 10 maiores salários do Miami e o seu peso no Cap em 2016. Notem que os 3 primeiros ( Ndamukong Suh, Ryan Tannehill e Branden Albert ) consomem mais de 50 milhões. E nenhum dos 3 vai jogar o suficiente para merecer tanta grana. Nem que Suh consiga 25 sacks ( o que seria mais de 1 milhão por sack ). É muita grana para apenas 3 jogadores. Fosse Tannehill um All-Star e Albert um Tackle sólido e que jogasse sempre, eu até entenderia. Mas nao... Ainda iremos ter quase 3 milhões de Dead Money do contrato de Phillip Wheeler. Errar nunca é o bastante em Miami, como todos estamos cansados de saber.

A situação basicamente é tenebrosa em termos de Cap, o que é o oposto de quando um time entra em rebuild, porque normalmente o time é ruim mas tem grana livre para contratar e contratar... Passados 4 anos desde a off-season de 2011, o Miami está no mesmo lugar ( outro 6-10 e a oitava pick no Draft ) mas com os bolsos vazios... Em suma, andamos para trás em 4 anos. E isso é de matar de raiva. Mas sempre tem um mané para dizer que está tudo bem... aqui não, eu sempre falarei a realidade. Como tenho feito nestes quase 9 anos.

Nenhum comentário: