sexta-feira, 29 de abril de 2016

A arte de pensar fora da curva

Minha cara quando anunciaram Tunsil foi essa...
O Blog completará 9 anos ( nossa, nem eu acredito que nestes só fomos uma vez a post-season e eu ainda assim estou aqui ) no final de Julho. Os bravos leitores que acessam este espaço sabem bem o quanto gosto do Miami Dolphins. Mas, igualmente, sabem que eu nao sou o tipo de pessoa que pensa de acordo com o senso comum. Ou como está no título deste post eu me orgulho de, muitas vezes, "pensar fora da curva".

Um amigo perguntou-me dia desses se eu fazia isso de propósito, com o intuito de causar, provocar e assim conseguir acessos. Ledo engano dele, eu sou assim mesmo na minha vida extra-blog. Fiz amizades assim e claro muitas inimizades. Podem acusar-me de muitas coisas, mas jamais de não ter opinião. Quando o time escolheu Ryan Tannehill em 2012 eu fiquei praticamente sozinho ao apontar ( e acertar ) de que não daria certo e de que o time não melhoraria nada com ele. Passadas 4 temporadas, eis que nem mesmo vencer mais partidas do que perder o time ainda foi capaz de fazer. Mas a época uma penca ( muitos dos quais hoje meus desafetos ) de torcedores diziam que tinha-se que esperar 3 anos para enfim poder criticar. Pois bem, o pai desse teoria até agora não foi homem o suficiente para admitir que eu estava certo e ele errado. Acontece...

Eu não gostei da escolha de Ja'Wuan James e gostei da de Dion Jordan. Acertei na primeira e errei - admito - na segunda. Acontece que a primeira foi - obviamente - um erro grave sob todos os aspectos e o tempo provou quem tinha razão. A segunda mostrava um arrojo, uma tentativa de mudar o marasmo que marca o Miami em suas escolhas. Deu errado, claro, mas a ideia era boa. Acontece...

Eu sei que Laremy Tunsil é um talento nato. Eu sei que ele era um Top 3. Eu sei que ele, em tese, melhora o que o time tem como OT no elenco. Eu sei de tudo isso e sei mais: o time não muda uma virgula com ele no elenco. Continua sendo uma equipe 6-10 e ele não vai mudar isso. Além disso, para quem não souber, Maconha rende punição na NFL. E agora tem outra coisa: ele recebeu dinheiro de um treinador em sua vida de Ole Miss, e isso também rende punição. Aliás, ainda sobre a maconha e a foto postada em sua conta no Twitter, fizeram essa arte aqui:

Sensacional!!!

A minha crítica não é quanto a Tunsil, mas sim quanto ao plano. O time tem uma defesa que foi muito ruim em diversos pontos, mandou os medalhões embora e agora me aparece com um OT no Draft. Pode dar certo? Até pode, mas eu duvido. E eu nem ligo se isso vai contra o senso comum. Talvez até goste disso, mas eu nao faço isso - tenham certeza - por birra. Apenas gosto de pensar por mim mesmo.

Mais tarde eu classificarei a escolha. 

7 comentários:

Victor Hugo disse...

BPA apenas isso. O time mudou a filosofia nessa última temporada, escolha acertada dada a falta de talento nessa classe.

Flávio Vieira disse...

BPA errado... ´ja apareceu problema de saúde, tem questao de durabilidade, tem questao de carater... enfim, algo típico de Miami... sem falar que é a enésima pick feita para tentar melhorar a bosta de QB que nós temos.

enfim, é o Miami Draftando, nao o Packers. Por isso eles vencem a divisao e nós... bom, nós somos nós.

Victor Hugo disse...

Tunsil era o melhor jogador discutivelmente no draft, o melhor prospect de OL desde Orlando Pace. Sobre Tannehill, ele teve duas temporadas com mais de 4000 jardas em um esquema que segundo Armando Salgueiro, o Philbin negligenciava a proteção e não dava nenhum tipo de liberdade em mudar jogadas. Desculpa, mas se o técnico tenta sabotar o jogador e el produz numeros bons, ele no minimo não é tao pessimo.
Sobre o draft, Howard é o tipo de CB que Vance Joseph quer, Altos e fisicos, ele é conhecido por moldar esses tipos de jogadores e ele apesar de cru vai se encaixar. Talvez a equipe persiga Leon Hall. O RB Drake é uma cópia de Lamar miller, ele provavelmente vai ter uma carreira superior ao seu companheiro Henry e além disso, ele completa o Ajayi. Eu achei frustante pegar WR sim , mas vendo a tape de Carroo, ele se mostra explosivo demais, uma arma interessante tanto para retornos como em play actions, o jogador era alvo do Pats e aposto que se fosse para lá haveriam elogios.
Para concluir, é um draft com acara de Gase, ele está montando seu time é um rebuild , não me importo com resultados nessa temporada, apenas um bom desempenho do seu ataque que foi para isso que ele foi chamado, por sinal uma das maiores mentes ofensivas dos últimos tempos considerado por Manning. Só que para os torcedores de Miami sempre e merda.

Flávio Vieira disse...

mas é claro que é merda. ele me queima escolhas de 2017 para draftar um WR e vc quer eu que eu ache isso bom? Howard é uma aposta alta demais para um time com uma secundária horrível. o RB é, e isso é terrível, talvez a melhor pick de todo o draft e ele RESERVA na NCAA!!!

Enfim, um draft com cara de Miami: errado desde antes de começar, porque nao custa nada lembrar a merda que foi a troca com o Eagles.

Victor Hugo disse...

Se for por essa sua lógica o DeMarco Murray foi reserva do AP. Tem jogadores que tem carreiras melhores no Profissional do que no universitário
É um processo de rebuild,uma mudança de filosofia, como Tannebaum disse, o time não tá a um jogador de virar contender, então coletar talentos é sempre bom.
CBs crus com um DC para se desenvolver
2 WR que dao bastante dinamica ao ataque, algo que é o principal dessa temporada, ver como Gase vai desenvolver seu ataque
Vale lembrar que temos outros jogadores que mostraram flashes na última temporada Vigil, Hewitt, Lippett, Phillips, Ajayi, Parker.

Flávio Vieira disse...

coletar talentos? eu ri... fora Tunsil - de quem não precisávamos - qual foi o talento nato que o time catou mesmo?

um corner cheio de buracos e que foi - além de um reach assombroso - um desperdício de uma pick de quarto round?
um RB reserva, sendo que outros melhores sairam no quarto round?
um WR - de quem não precisavamos - que queimou picks do ano que vem e nem é melhor do que o que já temos no elenco?
um outro WR com menos de 1,70!!!!?
tem o Safetie, que vai jogar de CB que parece legal.
tem o QB, que rogo a DEUS que seja minamente melhor do que Tannehill...
e um TE pra fechar a conta.

Cade o talento que vc se refere ai? eu não vi nenhum fora - forçando a barra - o RB e o Safety.

Flávio Vieira disse...

sem falar que o WR do sexto round, por ser baixinho vai precisar de passes precisos...

quem é mesmo o QB que vai acertar esses passes numa janela minúscula? Tannehill?