sexta-feira, 6 de maio de 2016

Dion Jordan de volta? Tenho um pensamento a respeito...

Eu me sinto assim quando penso em você Dion...
1º Round - Dion Jordan DE Oregon. High risk, high reward. Como sempre dizem os analistas dos EUA é assim que podemos classificar a escolha de Dion Jordan. Ele não tem físico para bater os Tackles da NFL, mas tem velocidade e agilidade de sobra. O problema será manter suas duas ( e para alguns únicas ) qualidades ao ganhar massa corporal. Se ganhar em excesso, poderá ficar lento e ai não terá como ser o atleta que foi na NCAA. Sobre a movimentação que o time fez para draftá-lo, eu gostei. Abrir mão de uma escolha de segundo round para subir 9 posições é quase nada.
Nota: A- por causa do risco envolvido.

Poucas vezes eu estive tão errado quanto a uma escolha de Draft. Deveria servir, e não serve, como consolo que praticamente todos os analistas também erraram. Enfim, parecia algo bom demais e que infelizmente deu errado. A parte grafada acima é de doer e eu sei muito bem disso. Acontece que eu quis acreditar que após errar feio com Tannehill no ano anterior o time iria começar a acertar. E eu caí nessa, mas foi a última vez. Desde que ficou claro que Jordan for um puta erro, meu lema tem sido: desconfie de TODAS as escolhas e se alguma lhe surpreender ( alguém ai pensou em Jarvis Landry? ), diga que o time acertou depois de errar trocentas vezes.

Todos sabem que em 2013 ele mal entrou em campo. Em 2014 foi punido nas 4 primeiras partidas da temporada e depois praticamente nada fez ( dado que era uma escolha Top 3 ). E ano passado foi punido por reincidência na violação das regras da Liga quanto a substancias proibidas. Em suma: até aqui não fez nada para justificar sua escolha. Ele andava meio sumido ( não tem contas em rede sociais ) até que seu agente disse que ele manteve-se treinando forte e que ele está pronto para "assombrar" a NFL nesta temporada. Afirmando até que Jordan planeja conquistar o prêmio de Comeback Player of the Year ( algo como a maior reviravolta da temporada ).

Sabe o que penso a respeito? Ceticismo. Até que ele consiga fazer algo em campo, eu não irei esperar NADA dele. E recomendo aos amigos ( e até desafetos ) que façam o mesmo. Se ele for o mesmo de antes não iremos sofrer desnecessariamente. Se ele surpreender, só teremos a ganhar não é mesmo?

Nenhum comentário: