segunda-feira, 12 de dezembro de 2016

Week 14: Dolphins 26x23 Cardinals - Se formos a post-season será sem Tannehill

o épico chute para vitória...
finalizando a excelente recepção de Kenny Stills
Wake e Branch fizeram das suas na partida...
E o lance que ninguém gostaria que tivesse acontecido...
A partida de ontem teve de tudo: emoção, cheiro de massacre, cheiro de derrota, extase espetacular no final, muito drama e chuva também. Mas teve um resultado que não será esquecido tão cedo: uma vitória da superação de um time ferido, com a saída de seu Quarterback. Pode-se gostar ou não dele ( eu mesmo não gosto ) mas Ryan Tanhnehill vinha atuando melhor nas últimas semanas, mesmo que tenha dado um passe tenebroso ontem e lançado uma interceptação ao seu melhor estilo, mas conseguira passar para 3 TDs. E como demonstrado na foto logo acima, foi vítima de um tackle maldoso e ilegal. Quarterbacks não podem ser acertados dessa maneira, porque quase sempre se machucam.

Ryan Tannehill está fora da temporada graças a essa ação, reforço, maldosa e agora teremos que chegar na post-season sem ele. Pelo o que mostrou ontem, Matt Moore parece capaz de conseguir isso, ao aproveitar-se de um excelente retorno de Jarvis Landry, para conseguir acertar dois passes e deixar o time em condições de vencer a partida. Tudo o mais que aconteceu na partida fica em segundo plano, até mesmo a vitória diante do drama vivido por todos nós. Não foi nada fácil ver Tannehill chorando na sideline, quando voltou do vestiário. Ele voltou para dar forças aos companheiros, mas o baque foi grande para todos. E o Cardinals quase se aproveitava do momento para vencer. 

Mas a raça deste time provou-se maior do que isso. Venceram por Tannehill e pelos torcedores. E que agora precisamos de todos para que possamos vencer Bills e Jets fora de casa e assim chegarmos - ao menos - até a última semana comandando nosso próprio destino. Bater os Pats sempre é algo mais no sentido do sonho do que da realidade, mas a vontade demonstrada ontem pode resultar em vitórias. 

Por fim, deixo a imagem que eu - admito - jamais irei esquecer quando pensar no dia 11 de Dezembro e que demonstra o quanto este time é unido:

Moore dava entrevista e recebe um abraço mais do que fraternal de Tannehill...

2 comentários:

Ruy Pimentel disse...

Vitória suada e quando parece que as peças se encaixam no ano que Tanehill parece não comprometer fazendo o simples acontece uma jogada suja dessa que nem falta foi dada. Por falar ontem o juiz parecia jogar contra pois o fumble na linha de 2 jardas tinha claramente sido recuperado por ajaya e o juiz deu pros cardinals, mas vencemos. E temos conseguido vencer dessa forma, espero que continue assim.

Igor S. disse...

http://www.thephinsider.com/2016/12/12/13922162/ryan-tannehill-injury-update-miami-dolphins-no-tear-surgery-not-needed

Até então um update bem favorável... Adam Gase disse que não será necessária cirurgia e que os exames não indicam rompimento de ligamentos, vamos torcer para que seja boa a recuperação durante essa semana.