sexta-feira, 5 de agosto de 2016

Analisando o resultado das Enquetes sobre o Ataque e a Defesa

Resultados interessantes, sem dúvida...

Logo após o ( para mim ) péssimo Draft feito por Miami, eu coloquei no ar duas enquetes diretas: como o amigo leitor avaliava o ataque e a defesa. O resultado está ai ( as enquetes foram fechadas dia 30 ).

Uma olhada rápida leva-nos a duas constatações:

  • Existe uma esperança no trabalho de Adam Gase ( 59% acreditam que houve melhoras ). Natural esse resultado, as pessoas tendem a crer que um Head Coach que era Coordenador Ofensivo melhore a draga que era o setor;
  • Tem gente maluca por ai, ao crer que nossa defesa não tenha piorado consideravelmente. 70% acreditam que não pioramos, e mais de um terço acham - sem qualquer fato real que aponte isso, que tenhamos é melhorado. Surreal, com certeza;
Não vou contaminar os resultados com minha percepção pessoal. Adam Gase nem precisa de muito esforço pessoal para que o ataque melhore ou fique na mesma. O estranho seria se ele piorasse, não é mesmo? Eu acho que a chance maior é ficar na mesma, talvez com uma pequena melhora mas nada que mude o patamar da equipe. Mas, concordo, com o resultado da pesquisa, tanto é que ninguém votou que piorou muito e apenas dois foram os votos que acham que tenha piorado. Já na defesa...

2 votos acham que a Defesa tenha piorado muito. Eu não sou um destes dois, votei na opção anterior, de que tenha piorado mas não muito. Esses são muito pessimistas ou apenas estão antevendo o que vai acontecer? Hummm... complicado falar isso, é preciso dar algum crédito ao novo Coordenador, que por escolha própria ou forçado ficou sem peças de qualidade para melhorar o setor. Em todo caso, recairá sobre ele qualquer piora no setor, uma vez que disse mais de uma vez que estava satisfeito com o que tinha a sua disposição. Enquetes servem para isso mesmo, sentir como pensam as pessoas sobre determinado assunto. 

Eu anunciei meu voto quanto a defesa, mas não o fiz quanto ao ataque... quem adivinha como eu votei?

Quem ganhou e quem perdeu espaço nessa primeira semana de Training Camp

Grant foi um dos destaques da primeira semana


A primeira semana de treinos chegou ao fim e com ela temos alguns vencedores e perdedores. Vamos a quem subiu e quem desceu com esses primeiros momentos da Training Camp:

VENCEDORES

Jakeem Grant - O novato pode ter tido a melhor primeira semana de qualquer jogador na equipe. Ele está fazendo as pessoas percebem o quão perigoso ele é com a bola em suas mãos e muito provavelmente cavou seu lugar como um Receiver importante para a temporada. Seu tamanho vai continuar a ser uma preocupação mas se Grant continuar a mover-se como ele fez na primeira semana, o time terá uma incrível arma em suas mãos. 

Linha defensiva - Não escondo de ninguém que a defesa é, com certeza, um dos calos para essa TC, mas na primeira semana temos motivos para ficarmos esperançosos, ao menos com a DL. O desempenho de Cameron Wake, Mario Williams, Ndamukong Suh, Chris McCain, Jason Jones, etc, foi consistente. McCain pode ser o maior vencedor do grupo, mas como um todo, a linha defensiva dominou a linha ofensiva ( o que, é claro, pode representar um outra grande problema ).

Arian Foster - Assinar com Foster não me deu grandes esperanças, mas ele fez bons treinos e se ( e esse sempre foi o grande problema ) se manter saudável... Ainda mais com a contusão de Jay Ajayi. Quando Ajayi voltar a treinar, a competição continuará entre os dois, mas Foster está em vantagem no momento.

Billy Turner - A linha ofensiva não teve uma grande primeira semana, mas Turner parece ter se colocado bem por uma vaga como Starter. O Guard impressionou bem os nossos Treinadores e isso tem seu peso para definir os titulares. Por outro lado, pode indicar que a qualidade não seja como muitos previam no setor. A conferir se ele ganha mas o time é quem sai perdendo.

PERDEDORES

Xavien Howard - Quando se é uma escolha pessoal do Coordenador de Defesa e tendo custado caro a sua aquisição, começar a primeira TC de sua carreira na Lista de Machucados é um péssimo cartão de visitas. Ele provavelmente vai estar de volta em uma semana ou duas, mas que é importante o tempo de prática, não podemos negar. Além disso, o time perde tempo tendo que treinar um reserva para ser titular, atrapalhando o planejamento de toda a temporada.

Dion Jordan - Preciso mesmo perder tempo citando porque? Acho que não... só dizer que quem perde de verdade é a Franquia.

Tony Lippett - O CB ( que era WR na NCAA só para lembrar ) deveria ser um ganhador, afinal temos um rookie ( Howard ) machucado, mas... não foi o que aconteceu e ele não foi bem e abriu espaço para que Chimdi Chekwa ( nome de primo de personagem de Star Wars ) como reserva imediato. Precisa dizer mais alguma coisa? Creio que não...

Marshall Koehn - Veio para desafiar Andrew Franks... e errou feio alguns chutes curtos. Acho Franks vai até pedir um aumento.

domingo, 31 de julho de 2016

Dion Jordan foi liberado pela NFL e... está machucado, ficando de fora por pelo menos 2 semanas

Ele voltou e... já está fora de novo, por lesão.

Dion Jordan. Uma escolha que nos perseguirá ano após ano, mesmo no dia em que ele for cortado. O jogador que poderia ter mudado nossa defesa de patamar e... bom, todos sabem o que temos nas mãos hoje: uma bomba. Temos problemas sérios no time, diversos buracos e mais uma escolha de primeira rodada ( que custou uma escolha de segundo round numa troca com o Raiders ), foi suspenso pela NFL em 2014, por 4 jogos acusado de usar substâncias proibidas. E no ano passado punido por tempo indeterminado devido a não ter passado no exames. Em suma: ele seguiu tomando drogas, mesmo depois de ter sido suspenso.

Jordan era leve demais para atuar com DE - onde Coyle ( o então Coordenador Defensivo ) queria usá-lo e não tinha aptidões adequadas para atuar como OLB. Assim sendo ele passou o primeiro ano sendo usado em situações específicas, enquanto aprendia melhor o esquema da NFL para defesas. A ideia parecia boa, mas... só que ao invés dele melhorar seu físico com treinos e suplementos, ele optou pelo caminho mais fácil. Apareceu acima do peso ideal em 2014 e perdeu 4 jogos. E quando voltou não conseguiu render sequer decentemente. 

Agora ele foi reintegrado pela NFL na sexta. Poderia ser a chance dele mostrar que poderia render bem, ainda mais com um esquema e treinadores novos. Mas o que aconteceu? ?Ele volta para a NFL com uma contusão. Sim, isso mesmo. Ele está machucado e terá que se submeter a um procedimento cirúrgico, ficando - pelo menos - 2 semanas de fora. Em suma: ele não estará apto para a primeira partida contra o Seahawks fora de casa. 

O time colocou ele na lista de machucados, o que impede o time de pagar a ele um bônus de quase US$ 2 milhões, a que Jordan teria direito. E assim segue a sina da primeira escolha do Draft de 2013 ( terceira geral ). Alguns analistas até acham que ele será cortado assim que voltar da contusão. E será merecido.