sábado, 29 de abril de 2017

Perfil do Escolhido: Raekwon McMillan, LB - Ohio State

Uma escolha complicada de achar ruim...
E se a primeira escolha não cobriu uma necessidade real do time, isso não aconteceu com a escolha do LB Raekwon McMillan de Ohio State. Ele chega para ser Starter como ILB, uma carência clara do time. Tem qualidades destacadas, mas seus defeitos também são destacados. Um deles, em especial é desanimador. Vamos ao perfil dele:


VISÃO GERAL

McMillan não conseguiu ser um atleta fora de série durante seus três anos em Columbus, conquistou os scouts da NFL. Obteve foi eleito para o segundo time da Big Ten, liderando os Buckeyes com 119 tackles. 

ANÁLISE
  • Pontos Positivos - Seu movimento após o snap é ótimo, achando os ângulos corretos. Exige dos Guards esforço máximo para evitar seu ataque ao QB. Consegue antecipar as rotas do RBs, usando sua boa capacidade de cobertura em zona. Lê os olhos do quarterback e re-organizando os companheiros. Ganhou massa corporal durante a carreira, algo que será vital na NFL.
  • Pontos Fracos - Por vezes fica preso no lado errado do bloqueio. Lento para se livrar dos bloqueios e para escolher outro movimento. Falta-lhe velocidade e reação na mudança de direção para conter RB mais ágeis. Tem limitações na cobertura mano-a-mano. É muito produtivo em seus números, mas o sistema de Ohio State é montado fortalecendo o papel do ILB. Precisa melhorar o uso dos pés.
  • Comparável na NFL: Mason Foster
  • Resumo: McMillan tem muitas questões no uso dos de pés. Ele pode ter se beneficiado se jogar ao lado de uma grande quantidade de talentos NFL. Ele é ativo e joga com bons instintos. Ele tem o potencial de se tornar um titular médio na liga.
  • Nota da Escolha: Ele é um valor bom para o segundo round e cobre uma necessidade. Tem problemas, mas Harris também o tem. Eu classifico a escolha como A-, pelas deficiências serem bem latentes, mas não tem como fechar os olhos para suas qualidades que serão muito importantes na defesa queijo suíço do Miami Dolphins.

Nenhum comentário: