sábado, 1 de novembro de 2008

Miami Dolphins at Denver Broncos


Jogo complicado fora de casa. Mas a defesa adversária é frágil tanto contra o passe como contra às corridas. Dia de Ronnie Brown e Ricky Williams??

O Miami irá ao Colorado para "meiar" a temporada e temos bons motivos para sonharmos com um 4-4, ou como se diz no linguajar popular da NFL, zerar a temporada. Para isso, teremos 4 principais Matchups:

  • Ronnie Brown e Ricky Williams x Broncos Front 7 - A defesa do time do Broncos é uma das piores de toda a Liga ( 30ª entre 32 times ), sendo melhor - ou menos ruim? - contra o passe do que é contra às corridas. Por isso a nossa dupla de RB que até aqui não fizeram grandes coisas quando a Wildcat Formation não funciona, terão boas condições para serem decisivos hoje e ajudar o Miami a vencer. Este é um embate que claramente nos favorece;
  • Joey Porter x Broncos OL - Porter é um dos grandes jogadores de defesa desta temporada e com certeza a "raposa" Mike Shanahan deve ter preparado a sua OL para tentar pará-lo. Isso é complexo, pois não é apenas Porter o único que é uma ameaça, os rookies Phillip Merling e Kendall Langford e os veteranos Vonnie Holliday e Jason Fergunson. Mas Porter é o que mais tem causado problemas aos QBs adversários. A OL do Denver não é uma peneira, mas também não é uma barreira intransponível. E este é um Matchup favorável ao Miami com certeza;
  • Brandon Marshall x Secundária do Miami - Não preciso nem explanar muito pra dizer que este é um Matchup onde perdemos. A combinação Jay Cutler/Brandon Marshall é explosiva e a nossa pobre secundária terá que mostrar que pode ao menos complicar. Depende deste embate as nossas chances de vitória. Se sofrermos como contra o Cards, derrota certa, mas se o desempenho foi igual - ou parecido ao menos - como contra Pats, Chargers e Bills. Curiosamente, três vitórias...
  • Tony Scheffler e Daniel Graham x Dolphins Linebackers e Defensive Backs - Caso a secundária pare o Marshall, ainda temos a ótima dupla de TEs do time do Denver. Aqui no entanto, a marcação principal cabe aos LBs, mas os membros da secundária são os responsáveis pela cobertura, por isso também tem de ficar de olho nos TEs. Aqui, pela qualidade dos TEs, penso que o Broncos leve vantagem. Pouca é verdade, mas leva...
Eu adaptei o texto, mas os Matchups foram feitos originalmente no Blog: www.thephinsider.com.

Que o Miami vença. Com ou sem grandes atuações individuais. Com ou sem TDs de WRs. Com ou sem a secundária ser queimada. Que vença...

Porter é eleito o jogador defensivo do mês de Outobro

O Linebacker Joey Porter - o jogador mais bem pago de todo o elenco do Miami - foi eleito o Jogador Defensivo do Mês de Outubro, após conseguir realmente bons números:

5.5 sacks
2 fumbles forçados
1 fumble recuperado.
Teve ainda um Safety, mas que entra como Sack mesmo... 

Parabéns Porter, você fez mesmo por merecer...Ele e seus companheiros da DL e do corpo de LB, que lhe ajudaram bastante pra este prêmio...

PS: o último membro do Miami a conseguir tal honraria acabou sendo DPOY. Alguém se arrisca a dizer quem foi??

sexta-feira, 31 de outubro de 2008

Semana 9 at Broncos

Vitória contra o rival de divisão Bufflalo Bills. Vencer sempre é bom, mas contra os rivais diretos, ainda mais...

O Denver Broncos, que está 4-3, e se vencermos - o que não é impossível - ficaríamos zerados na temporada. O jogo é fora de casa, no Colorado e no temível estádio Mile High. Mas o Miami tem um bom retrospecto lá. Portanto, confiança acima de tudo...

O Seatle Seahawks. Como o time deles vem de um longa sequência de contusões, poderá ser uma partida pra conseguirmos uma vitória. Mas assim o era contra o Texans, Ravens...

3-4. Esta campanha é melhor do que a de 2007 e 2006 na mesma época. O ambiente está melhor, mas queremos mais. Post-Season? Não, nem tanto... mas fazer 7-9 não me parece um sonho utópico...

quarta-feira, 29 de outubro de 2008

Próximos 3 jogos do Miami

Irei fazer uma análise das próximas três partidas do Miami.

Denver Broncos - O Time do Denver vive, digamos assim, um momento de limbo. Nem é mais o time do ataque impressionante e que parecia que atropelaria o Chargers na briga pela divisão mas, ainda assim, é um time perigoso. Jay Cutler é um dos QBs mais quentes da Liga inteira e seus WRs são um perigo por isso, como temos uma das 5 piores Defesas contra o passe... mas temos vantagens também, já que a defesa deles é umas das piores contra a corrida, justamente uma de nossas maiores virtudes.
É possível vencer? Sim. Após bater o Chargers, não é impossível vencer o Broncos. Mas teremos alguns "embates" cruciais: TGJ x Bailey, OL do Denver x Porter,  Cutley x Secundária do Miami, Ronnie Brown e cia x DL do Denver. O time que levar vantagem em mais duelos vence. Tomara que sejamos nós...

Seattle Seahawks - O time estava com quase 50% dos seus principais jogadores no estaleiro. Agora que eles estão voltando o time até venceu - tudo bem que foi contra o Niners - mas é uma equipe que eu sempre respeitei e que sempre foi - pra mim - muito Underrated. Confronto que pende - um pouco é verdade - para o Miami, dado o atual momento de ambos. 
É possível vencer? Sim, mas uma derrota não poderia ser vista como o fim do Mundo. Se Hasselbeck jogar e tiver WRs em campo, já é uma combinação explosiva para a nossa secundária. E claro que a defesa do Seattle é fortíssima...

Oakland Raiders - Ano passado perdemos pro Culpepper. Agora é a hora de vencermos o Raiders, que tem um Tom Cable uma alternativa de ligação com o seu passado grandioso.Tem na sua jovem dupla Russel/D-Mac a aposta para o futuro. Acredito que sejamos favoritos pra vencer este jogo, mas também o éramos ano passado. Por isso precaução com esta partida.
É possível vencer? O Raiders padece do mesmo mal que corrempeu o Miami ano passado: escolhas erradas no draft, erros da Gerência do time ( vide All Day ) e uma sequência de maus resultados. Vencê-los é uma questão importante caso realmente ainda cheguemos aqui com chances de Post-Season. Corridas e passes alternados e uma pressão permanente em Russell devem resolver.

domingo, 26 de outubro de 2008

Bills 16 x Dolphins 25 - Vitória incrível...

E assim é que é bom. Com TGJ sendo destaque - até aqui ele é o líder em jardas recebidas da rodada, com a secundária conseguindo Int e forçando fumbles, com o "monstro" Joey Porter fazendo o que sabemos que ele é capaz ( sacks, fumble forçado e fumble - na verdade tomado - recuperado ) e uma linda atuação do nosso QB Chad Pennington ( 314 jardas, 22/30 e um TD, além de muita - mas muita mesma - segurança ). Por isso o Miami venceu e estamos agora com 3-4. Se a secundária tivesse jogado assim contra  Jets, Texans e Ravens, daria para estar 6-1, mas ai já é querer demais... Vamos às fotos da vitória contra um odiado rival, para o qual tínhamos perdido às últimas 4 partidas. Tínhamos...

Sparano deu uma cara ao time: vencedora. Mesmo que o jogo corrido não esteja rendendo como o esperado e a secundária seja frágil, ele fez um trabalho espetacular, afinal, não é qualquer que conseguiria tanto em tão pouco tempo... e é claro: CC - 1/15 - TS - 3/4. Grande Sparano, grande Big Tuna...

Porter para DPOY? É bem capaz que ele acabe ganhando o prêmio. Ele é simplesmente o melhor jogador deste time de defesa. Sack, fumble forçado e tomado... tackles e bastante pressão em Edwards... Ele está valendo cada centavo investido nele até aqui...

QB sem braço? passes longos, um belíssimo pro TGJ. SE machuca almoçando? Recebeu várias pancacas e sacks e ainda está inteiro ao fim da partida 7... E com mais de 300 jardas. Não sei quanto aos seus anos em NY, mas ele é o melhor QB que vestiu a nossa camisa desde que Dan Marino se aposentou...

Edwards era um dos destaques da temporada? Contra o Miami ele ainda conseguiu se aproveitar da fragilidade de nossa secundária, mas sofreu com a DL e com os LBs... um jogo pra ele esquecer...

Será que temos uma grande dupla nascendo? Tomara que sim, pois Chad-P já está quente há tempos...

E TGJ apareceu hoje pra jogar. Se mantiver o nível da atuação de hoje em mais jogos...

A torcida sabe o que quer e o que o time precisa. Por isso, hoje não farei críticas à secundária, que embora não tenha jogado uma ótima partida...

Forçou o fumble recuperado pelo Crowder ( foto acima ), méritos para Yeremiah Bell e Will Allen...

Os mesmo que aparecem na foto acima, na Interceptação em Trent Edwards. Randy Starks chegou em Edwards e o passe saiu todo torto, facilitando o trabalho, mas é preciso estar ligado pra fazer a Int assim mesmo...

Jogo corrido não está andando sem a Wildcat formation, mas o Miami mesmo assim venceu. Ronnie Brown não marcou TD...

Mas Ricky Williams sim. E a festa é grande... alegres os torcedores?

Hoje ele foi o cara. Só faltou o TD. Fica para a próxima partida em casa, contra o Seahawks do Henrique Lisboa. Não sabem quem é ele? É um dos vários defensores do TGJ que encampou a campanha: TGJ pra MVP!!! Que ele, TGJ, tenha mesmo uma atuação de MVP para cima do time do Henrique...Assim como a de hoje, que é atuação "nível" de MVP. Pena que ele só tenha feito uma assim na sua carreira toda...

Bills at Dolphins


Nas duas últimas visitas do Bills ao Dolphins Stadium perdemos. Será hoje o dia da mudarmos esta escrita? Quem sabe de quebra, também seja hoje o dia do TGJ decidir uma partida...
Miami vem de duas derrotas seguidas e enfrenta um time melhor. Lembra o jogo contra o Pats? Pois é, naquela altura o Dolphins estava desacredito em si mesmo - meio como agora - e ia enfrentar um rival de divisão melhor do que ele. Será que a história se repete? Vamos ao que tem que dar certo para que possamos vencer o Buffalo:
  • Ataque se impôr à ( forte ) defesa do Buffalo - O Miami assombrou à Liga quando usou a Wildcat Formation contra o Patriots. Mas no jogo contra o Ravens o ataque terrestre empacou e ficamos a depender do passe. Não que Chad-P tenha exatamente decepcionado, pelo contrário até, mas é que depender sempre que os mesmos jogadores ( TEs e Camarillo ) sejam alvos de passes é entregar o ouro ao bandido. Variação no alvos e a corrida funcionar é crucial para à vitória;
  • Special Team funcionar - Até aqui o ST do Miami, que deveria ser o melhor setor do Miami, é um dos piores. Tudo bem que grande parte disso se deve ao fato de termos o pior Punter da Liga. Mas no Retornos de Kickoff também não estamos muito bem. Sempre, ou quase, começamos mal posicionados os drives. E não custa lembrar que, em tese, temos um dos melhores KR/PR da Liga;
  • Defesa parar o ataque do Bills - O Bills tem bons WRs, um ótimo RB e um QB perigoso. Combinação explosiva não? Pois se a DL/LB pressionarem o QB e pararem o jogo corrido, teremos uma chance. Pedir que a secundária jogue é demais até mesmo para o mais otimista dos torcedores do Miami...
Em tese, Miami tem uma chance de vencer: se o Bills jogar mal. Do contrário, deveremos perder novamente...