sábado, 28 de fevereiro de 2009

Hora Phinática por The War: Análisando o calendário de 2009, pt1

Bom gente, nessa edição da Hora Phinática irei analisar o calendário em 2009, irei dividir em duas partes, dessa vez irei falar sobre os jogos em casa, na outra irei falar sobre os fora de casa. Como ainda não saiu o schedule, os jogos não serão nessa ordem.
  • Buffalo Bills: Esse é um jogo em que temos obrigação de vencer o nosso rival, pois nossa equipe é mais forte, e jogaremos em casa.
  • New England Patriots: Será um jogo complicado, pois a equipe deles provavelmente terá Tom Brady, mas é um jogo que temos chances reais de vencer.
  • New York Jets: Mais um jogo em que é necessário vencer, pois temos equipe mais forte, e o jogo aereo deles não é lá essas coisas, jogo em que devemos se cuidar com Thomas Jones.
  • Houston Texans: Será que pela primeira vez na história conseguiremos vencer o Texans? espero que sim, pois ao contrário da maioria dos jogos contra eles, jogaremos em casa, mas é um time que devemos ter muito cuidado.
  • Indianapolis Colts: Um dos jogos mais dificeis em casa provavelmente, temos chances de vencer, mas para isso a nossa defesa terá que parar Peyton Manning.
  • Pittsburgh Steelers: Jogo contra o campeão do Super Bowl, provavelmente será o jogo mais dificil em casa, mas não é impossível vencer, para isso teremos que cansar a defesa deles e parar Big Ben e companhia.
  • New Orleans Saints: Não será o jogo mais dificil em casa, mas não será fácil, nesse jogo deveremos nos aproveitar da fragil defesa deles, e pressionar Brees.
  • Tampa Bay Buccaneers: Nesse jogo basta uma coisa: vencer a batalha de turnovers, já que o ataque deles não é grande coisa, mas a defesa é ótima, devemos, assim como contra o Steelers, vencer a batalha de turnovers.
Por hoje, é só, mas no próximo Sábado estarei de volta, analisando os jogos contra Patriots, Bills, Jets, Jaguars, Titans, Chargers, Panthers e Falcons, que serão os jogos que iremos jogar fora de casa.

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009

Dolphins renova com Yeremiah Bell

Eu gostei da notícia. Favre eu tenho dúvidas...

No seguimento do primeiro dia do Free Agency Period, o Miami re-assinou com o Safety Yeremiah Bell, que chegou a ser cortado ano passado nesse mesmo período, um contrato de 4 anos por 20mi, sendo 10mi garantidos. Um ótima notícia, pois ele e Gibril Wilson são bons e agora teremos mais qualidade na Secundária, embora os dois sejam mais run sttoper do que fortes em coverage, mas só o fato de termos dois bons nomes já é um alento e tanto.

Agora deveremos Jason Allen definitivamente como CB onde, pra variar, ele não é nenhuma Brastemp. Até aqui, um FA bastante produtivo: mantivemos Crowder e Bell ( dois dos pilares da defesa em 2008 ) e conseguimos um bom nome de secundária em Wilson. O Center Jason Brown, ex-Ravens, pode aportar em Miami logo, logo...

Miami contrata Safety Gibril Wilson

Agora teremos uma sencundária de respeito...

O Miami assinou por cinco temporadas com o Safety Gibril Wilson, recém cortado do Oakland Raiders, mas que fez fama na Liga jogando no New York Giants. Os valores - ainda não confirmados pelo Dolphins - são de 27mi por 5 anos de contrato, com 8mi garantidos. Uma grande aquisição, que mostra que o nosso Front-Office está atento às nossas deficiências, e a maior delas na defesa era a Secundária, a 7ª pior de 2008, em contraste contra o jogo corrido, onde fomos a 10ª melhor.

E ele tem uma grande vantagem, como a foto acima mostra...

Bomba!! Dolphins renova com Crowder

Renovação necessária, ele é um dos pilares da nossa defesa

O Miami Dolphins acabou de confirmar a renovação do excelente LB Channing Crowder por mais três anos, os valores do contrato não foram revelados.

Achei um excelente negócio, pois agora podemos nos focar em renovar com Bell e Goodman pois os nossos outros FA's são dispensáveis.

Nota: Existem rumores do que o Dolphins estaria interessado no C do Ravens Jason Brown, o que eu não acharia uma boa aquisição, pois ele sairia muito caro, e caso a gente quiser um C pode pegar no draft, que tem uma das melhores classes de C dos últimos anos.

terça-feira, 24 de fevereiro de 2009

2009 Undefeat Team Mock Draft 1.0

Bom gente, hoje no chat eu, o Flávio, e o Rafael(torcedor do Chargers) resolvemos fazer um mock para o blog, e ele está aqui:

1. Detroit Lions: Matt Stafford, QB, Georgia - Novos tempos, novo comandante. Pode não ser o QBs dos Sonhos, mas é o melhor QB da turma. E em todo caso, o time ainda voltará ao primeiro round, onde pode providenciar o OT pra proteger Stafford.

2. Saint Louis Rams: Jason Smith, OT, Baylor - O time do Rams precisa reforçar as suas linhas, mas os melhores talentos encontram-se na Ofensiva. Por isso Jason Smith é a escolha. Embora pareça um reach, me parece ser - após o Combine - a melhor aposta pro Rams.

3. KC Chiefs: Aaron Curry, LB, Wake Forest - A defesa do Chiefs precisa de reforços e Curry é a aposta certa.

4. Seatlle Seahawks: Michael Crabtree, WR, Texas Tech - Hasselback conseguirá jogar em 2009? Se sim e for bem, ele agradecerá a escolha do melhor WR do Draft. Os torcedores, idem.

5. Cleveland Browns: Malcolm Jenkins, CB, Ohio State - Com problemas para conter passes, e ainda por cima tendo que enfrentar duas vezes H. Ward e S. Holmes, o melhor CB da turma é a melhor pedida. Um LB também não séra surpresa.

6. Cincinatti Bengals: Eugene Monroe, OT, Virginia - Carson Palmer grita: "protejam-me, protejam-me"... e o GM do time, enfim, atende.

7. Oakland Raiders: Michael Oher, OT, Ole Miss - Um pick arriscado. Não do Raiders, mas de nós mesmo. Nem Al Davis sabe com Al Davis pensa na hora de escolher um jogador no Draft. Quem foi mais rápido do Combine mesmo?? Mas se usar a lógica ( ele tem isso?? ), irá proteger seu QB e ajudar as corridas do RB, últimas duas escolhas do time. Porque eram rápidos...

8. Jacksonville Jaguars: Everette Brown, DE, Florida State - Alguém poderá dizer que a OL do Jaguars precisa de reforços, após o pífio desempenho do time em 2008. Mas a OL é boa demais, só que incrivelmente quase todos os Starters foram para a enfermaria. Por isso, um DE é uma escolha mais precisa, para quem tem que enfrentar Peyton Manning duas vezes por ano. E Schaub também...

9. Green Bay Packers: Brian Orakpo, DE, Texas - As linhas do Packers parecem queijos suiços. Piada sem graça?? Perguntem para os cabeças-de-queijo. Como os melhores OTs já saíram nas escolhas anteriores, é prudente escolher um DE de grande qualidade. E esse é Orakpo.

10. San Francisco 49ers: Andre Smith, OT, Alabama - Singletary já disse que não irá de QB, embora Mark Sanches esteja disponível, ele irá apostar em A. Smith e S. Hill. Portanto, eles precisarão de proteção. André Smith é o nome para isso. Cogitou-se Cushing e Maualuga. Eu mesmo tenho medo de uma dupla Maualuga e Willis. Ainda bem que o Miami é da AFC...

11. Buffallo Bills: Clint Sintim, LB, Virginia - Quando Schobel se machocu, o time do Bills começou a cair. Tudo bem que a contusão de Edwards ajudou, mas a adição de um novo LB pode ajudar nosso rival do Canadá, quer dizer, de Buffalo...

12. Denver Broncos: BJ Raji, DT, Boston College - Uma peneira contra as corridas precisa de quê?? De melhorar a sua DL. E nome para isso é BJ Raji.

13.Washington Redskins: Peria Jerry, DT, Ole Miss - Os DEs são bons, mas se machuram ainda no início das TCs, por isso o time vai atrás do miolo da DL. E não vejo nome melhora para isso do que Peria Jerry.

14. New Orleans Saints: Vontae Davis, CB, Illinois - O time faz quase 400 jardas aéreas por jogo e perde-os mesmo assim. Porquê?? Falta de um CB confiável. Se escolherem Davis, poderá não mais faltar...

15. Houston Texans: Tyson Jackson, DE, LSU - Super Mário é dominante, mas as OL estão colocando seus melhores homens na tentativa de anulá-lo. Seria o caso de arrumar mais problemas para Colts, Jaguars e Titans com a adição de Jackson? Me parece que sim...

16. San Diego Chargers: Rey Maualuga, LB, USC - Segundo o próprio Rafael, que ajudou ( e muito ) a fazer o mock: "Maualuga é um ILB para ajudar a defesa contra corridas além de ser o cara ideal para o esquema 3-4. Sua contusão no Combine não deve atrapalhá-lo.". Assino embaixo...

17. New York Jets: James Laurinaitis, LB, Ohio State - A defesa ficou escondida por trás do momento mágico do ataque ( quando Favre acertou a mão ) e deixou o time na mão, quando o veterano QB parou de acertar as bombas, ao menos nas mãos dos seus WRs. Sendo assim, um reforço na defesa é necessário. E jamais Rex Ryan deixaria passar Laurinaitis, um LB típico de 3-4.

18. Chicago Bears: Michael Johnson, DE, Georgia Tech - A defesa do Bears carece de agressividade, um absurdo!!!. Por isso, Johnson é a pedida certa. Embora o time precise de WRs, pode conseguir um bom ( ou mais ou menos ) no segundo round ou até no terceiro.

19. Tampa Bay Buccaneers: Chris Wells, RB, Ohio State - Cadillac Williams está um ano mais velho. Por isso, o Buccs resolvem dar um upgrade no jogo corrido com o melhor RB do ano. Pode dar certo. E não se esqueçam: o SB XLIII foi na casa do Buccs. Vai que acontece o mesmo que aconteceu com o Cards??

20. Detroit Lions: William Beatty, OT, Connectitcut - Voltando a escolher, o time vai atrás do melhor OT disponível, para proteger seu novo QB Matt Stafford. E este é "Bill" Beatty.

21. Philadelphia Eagles: Knowshon Moreno, RB, Georgia - Brian Westbrook é provavelmente o melhor RB da NFL. Ao menos, ele corre como poucos e recebe passes como menos RBs ainda. Mas tem ficado na enfermaria e o tempo passa. Por isso o Eagles vai de Moreno. Que complementaria o trabalho do veterano e seria uma bela opção na ausência deste.

22. Minnesota Vikings: Mark Sanchez, QB, USC - Bom, uma escolha arriscada. Tanto para nós, que fizemos o mock, como para o Vikings. Childress já disse que confia em Tavarão, mas já o dissera ano passado. Frerrote é uma piada, talvez até maior. Mas Sanchez poderia ser a terceira piada entre os QBs do time. Mas pode não ser...

23. New England Patriots: DJ Moore, CB, Vanderbilt - Aqui, o local onde tivemos mais discordância. A secundária do Pats, precisa de fato de um upgrade desde a saída de Asante Samuel, mas os LBs estão ficando velhos e só o Mayo não irá resolver isso, no longo prazo. Ficamos entre Moore e Maybin, um pick com a cara do Bill Belichik. Mas acabou prevalecendo a falta de DBs, e por isso Moore é a escolha. Maybin pode ser o escolhido. Ou não...

24. Atlanta Falcons: Brandon Pettigrew, TE, Oklahoma State - O TE Starter do Falcons só recebeu 3 passes, por isso o Falcons escolhe um alvo adicional para Matt Ryan. Precisa de mais explicação a escolha do Pettigrew?? Se liga, que o "Portter" irá cruzar o seu caminho Pett... :))

25. MIAMI DOLPHINS: Aaron Maybin, DE Penn State - Aqui uma explicação maior. Primeiro, a nossa carência mais urgente é a defesa. Seja por um DB ou um LB, e em menor escala, por um DT/NT. Segundo porque as opções não são as mais atraentes ( quem mandou jogar bem demais e vencer a divisão!!! ). Mas temos que: os melhores CBs já sairam, os ILB idem, sobrando então DEs e LBs que podem ser aproveitados no esquema 3-4, mas que em tese, são homens de 4-3. Ficamos entre Cushing ( meu preferido ) e o Maybin ( a escolha com cara de BB ). E acabou prevalencendo o Maybin, que por acaso é um Tweneer ( aquele jogador que pode ser duas posições ou nenhuma ). Ele é DE, mas na transição para a NFL deverá acabar sendo LB ( pois é frágil demais para a primeira posição e talvez seja lento demais para segunda ). Mas uma coisa que conta a seu favor é: fez um bom combine, mesmo não sendo espetacular. Seria uma adição ao pass-rush do Miami, por jogar no Strong Side do Miami, em substituição a Matt Roth, formando coo Joey Porter uma dupla e tanto. No entanto, não temos boas lembranças do último tweneer draftado ( Jason Allen CB/S ).

26. Baltimore Ravens: Jeremy Maclin, WR, Missouri - Flacco carece de alvos para poder fazer o ataque do Ravens existir de verdade, e Maclin me parece ser o "alvo". Só digo uma coisa: se o Cam Cameron disser: "esse WR será a cara da franquia", apostem em Bust...

27. Indianapolis Colts: Brian Cushing, LB, USC - Segundo o Daniel Pereira, torcedor do Colts: "Brian é um LB que ajudará muito a parar o jogo corrido adversário (ponto fraco da defesa), devido a um bom e forte tackle e também consegue fazer muito bem a cobertura. Ele é rapido e ágil. Ideal para o Cover2 do Colts. Além disso ele consegue produzir um bom pass rush jogando de DE, o que pode ajudar muito quando Freeney e Mathis estão descansando.". Sem dúvida, seria uma escolha ( inesperada ) e tanto para o Colts ter Cushing em sua escolha, mas vai que acontece...

28. Philadelphia Eagles: Eben Britton, OT, Arizona - Segundo time a escolher duas vezes no Draft, repete também a aposta do Lions: um OT. E este será Britton. McNabb, Moreno e Westbrook agradecem...

29. New York Giants: Percy Harvin, WR, Florida - Com um WR fora por dar um tiro no pé, vocês não querem que o time dê um também?? Por isso, Harvin é nome. E ao que parece, não é dado a ter surtos psicóticos. Ainda bem. E vem de uma Universidade com tradição de bons WRs...

30. Tennessee Titans: Darrius Heyward–Bey, WR, Maryland - O Titans com outro WR?? Pois é, qualidade na defesa o time tem, jogo corrido idem, mas o ataque aéreo pode melhorar mais e isso poderá ser conseguido com o Heyward-Bey. No entanto, esta escolha depende do que fará Albert Haynesworth. Ou não.

31. Arizona Cardinals: LeSean McCoy, RB, Pittsburgh - Uma coisa neste draft, pra mim é batata: Cardinals com um RB. A menos que outros times antes dele, queimem as melhores opções. Mas se McCoy estiver disponível, tenham certeza, ele irá jogar no vice-campeão do Super Bowl.

32. Pittsburgh Steelers: Alex Mack, C, California - Se escolherem algo fora da OL, Big Ben fará um Hold-out. Acreditem, eu não estou brincando... ele não irá querer apanhar novamente, como no dia em que levou 8 ( isso mesmo, 8!! ) sacks. Mack, é o cara para dar-lhe paz. E quem sabe, garantir o Hepta?? Lembrando que desde o Broncos de Elway, nenhum time bisou um SB...

Comentado por Flávio Vieira

domingo, 22 de fevereiro de 2009

Draft History: Os acertos...

Como o Draft se aproxima - sempre é no último final de semana de Abril ( neste ano, 25 e 26 ), irei fazer em duas partes um apanhado dos últimos 10 Drafts do Miami Dolphins ( 1999-2008 ). Inicialmente os acertos, aqueles jogadores que vingaram na NFL, mesmo que tenha sido longe da Flórida:
  • Classe de 1999 - Neste ano, não tivemos escolhas de primeiro round, fruto de uma troca com o Carolina Panthers - que no ano anterior tinha nos trazido o ótimo DB Patrick Surtain - sendo assim, nosso Draft começa apenas no segundo round. E era melhor não ter nem começado, pois dos draftados o mais "famoso" é o FB de terceiro Round Rob Konrad, que jogou conosco por seis temporada, no entanto, com números ruins;
  • Classe de 2000 - Em 2000, novamente não tivemos escolhas de primeiro round, ainda em virtude da trade com Carolina. Outra turma fraca, cujos destaques são: Arturo Freeman, Safety de 5° round que jogou 5 temporadas no Miami com expressivas 5 ints e  Todd Wade, Tackle de 2° round que até hoje está na ativa, estando ligado ao Jaguars, e que jogou 4 temporada conosco;
  • Classe de 2001 - Após 3 longos anos sem First Picks, o Miami enfim tem uma. Talvez tivesse sido melhor trocá-la, pois o time escolhe Jamar Fletcher. Mas enfim, um grande acerto, pois no segundo round draftamos aquele que viria a ser o melhor WR da década: Chris Chambers. Nas outras escolhas, ninguém que mereça destaque. Não nessa parte da análise;
  • Classe de 2002 - Voltando ao costume de ficar sem picks, o time troca duas de 1° round com o Saints para ter o RB Ricky Williams, o que vem a ser um acerto e tanto. Só que o time fica também se escolha de segundo round e só vai escolher alguém no 3°, onde o time escolhe Seth Mckinney. Mas é a escolha a seguir, que salva esta curta turma do ostracismo: o TE Randy McMichael. Um acerto e tanto...;
  • Classe de 2003 - Sem picks de primeiro round, o Miami segue sua tradição de escolhas horríveis. Apenas um nome salva essa classe: Yeremiah Bell, Safety do time de 2008, que sempre jogou em Miami e detalhe importante, foi escolhido no 7° Round!!! Um achado, rarísimo em termos de Dolphins e Draft;
  • Classe de 2004 - Voltando a escolher na primeira rodada o time faz um acerto raro: Vernon Carey, o nosso RT atual. E foi só;
  • Classe de 2005 - Com os problemas de Ricky Williams, Nick Saban resolve que era necessário catar o melhor RB do Draft. E assim recebemos Ronnie Brown, injure prone a parte, foi uma grande escolha. Mas o mais estranho vem a seguir: os LBs Starters do time de 2008 Matt Roth Channing Crowder são escolhidos no segundo e terceiros rounds. Três Starter vindo do Draft?? Pois é, isso aconteceu, acreditem se puderem;
  • Classe de 2006 - O ótimo draft de 2005, nos deu esperanças de que tínhamos acertado a mão. Lêdo engano. O time deixa passar Anthony Cromartie e escolhe Jason Allen, que apesar do pesares, é Starter. E só...;
  • Classe de 2007 - Um draft para se esquecer, quase que complementamente. Só Samson Satele C do segundo round é Starter. Melhor esquecer e deixar pros erros na próxima coluna;
  • Classe de 2008 - Novos tempos e grandes acertos. Com todo o sofrimento de 2007, tivemos a "honra" de escolher o jogador que quisessemos, e fizemos isso escolhendo o LT Jake Long, um acerto quase sem precedentes. Mas tivemos mais: um back-up decente em Chad Henne e um Starter em Phillip Merling no segundo round e o Starter sólido para a DL no Defensive End Kendall Langford, para muitos o "novo" Jason Taylor, pelo menos a pick foi a mesma. Além destes, menções honrosas para os Guard Donald Thomas ( 6° round ) e Shawn Murphy ( 4° round ).
Dá para se perceber que acertos em Drafts foram poucos e casuais. Em 2008 temos 3 Starter, assim como 2005. Que em 2009 arrumemos mais uns 3, ao menos...