quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

First Down - Departamento Médico

__________Todd Bowles observando o treino sem Jake Long e Moore

Nessa quarta feira, o Miami Dolphins treinou sem seu principal Tackle Jake Long, 3 vezes selecionado para o pro-bowl. Quem entrou no seu lugar foi John Jerry. Quem também não treinou foi o Quarterback Matt Moore que saiu com uma contusão no pescoço depois de um sack contra o Eagles no domingo. Tood Bowles deu sua primeira entrevista como HC interino do Dolphins se quiser dar uma olhada só clicar no link: http://www.thephinsider.com

Lista do Departamento Médico:

Não participaram do Treino:

LT: Jake Long (Costas)
QB: Matt Moore (Cabeça/Pescoço)
OLB: Koa Misi (Ombro)

Participação Limitada:

SS: Yeremiah Bell (Pé)
G: Vernon Carey (Tornozelo)
TE: Anthony Fasano (Costelas)

Participação Total:

CB: Vontae Davis (Pescoço)

terça-feira, 13 de dezembro de 2011

Fim de uma era. E agora José?

Tony Sparano não é mais o nosso Head Coach. Aliás, ele o era quando começou o ano?

A menos que você more em Marte, deve ter ficado sabando que em Janeiro o dono do Miami Dolphins, Stephen Ross cruzou todo o território dos EUA para ir a San Francisco contratar o atual técnico do Niners, Jim Harbaugh. Pois bem, ele fez isso e não contratou o cidadão que agora tem apenas a segunda melhor campanha da NFL!!. E o que isso tem a ver com Tony Sparano, agora ex-treinador do Dolphins? Tudo, ora bolas. Afinal Sparano não havia sido demitido ainda ( e a previsão é que seria logo ) e o dono do time cruzara o país de costa a costa atrás do melhor Coach da NCAA que queria ir para NFL ( o melhor, custo dizer isso, é Nick Saban de Arkansas, que não deverá nunca mais voltar a NFL ). Quem em sã consciência ficaria satisfeito com isso? E como é que se faz isso e no dia seguinte convoca a imprensa para, ao lado de um claramente constrangido Sparano, dizer que tem total confiança no Coach?

Não custa nada lembrar que Ricky Williams ( que tem feito falta ) abriu a boca e desancou Sparano para a imprensa, crendo ( como todos ) que Sparano jamais permaneceria no cargo. E ficamos com Sparano e sem Williams. Mas tem mais: a fala de Williams seria a sensação de todos no vestiário. E outra: porque demitir agora quando ele venceu 4 em 6 e não quando o time perder sete seguidas, tendo entregado feio diante do Broncos? Porque manter ele por mais 6 partidas? Só para agora mandá-lo embora? Mas porquê? Será que pensaram mesmo que daria para vencer 9 jogos e ir para a post-season? Espero que não.

Stephen Ross corrije agora, com uma temporada terrível de prejuízo, um erro cometido em Janeiro. E que pode ter-nos custado 4 ou 5 anos a mais longe do Super Bowl. Mas porque isso? Ora, nenhum técnico conseguirá chegar aqui e nos levar ao Super Bowl no ano que vem. Tivemos uma chance de ter um que poderia ter conseguido, mas Ross ( sabe-se lá porque ) não o contratou.

Sparano fez o seu melhor? Acho que sim. Chegou em um ponto e de lá não passou. E nem pode-se usar em sua defesa que não teve poder, porque ele próprio disse que foi a favor de Pat White. Enfim, termina uma era. Que ao contrário das duas anteriores, ao menos nos levou a post-season. Mas que, na média, foi insuficiente para o que queremos para o nosso time. E detalhe: quando ele assumiu em 2008, o time não tinha um QB. Ele agora sai, e o time continua sem ter um...

Quem será o novo Coach? Muitos deverão discordar, mas por mim o correto seria efetivar Mike Nolan. Tem o comando da defesa e conhece a organização por dentro. Não seria ( mais uma ) traumática a reconstrução e com o OC certo, este ataque pode tornar-se letal. Enfim é esperar.

First Down - Tony Sparano fora


Jay Glazer
Dolphins have just fired Tony Sparano has their head coach. Todd Haley not the only one today

Essa foi a frase que deixou todos torcedores do Dolphins felizes da vida, acaba aqui a Era Sparano no Dolphins e seus Field Goals, porém 3 nomes estão sendo especulados: Cowher, Gruden e Fisher. Ross quer um nome de peso para ser o HC do Dolphins, mas tem gente falando que Cowher e Gruden não aceitariam Ireland como GM e Carl Petersen como predisente eles querem mais poder dentro da franquia sendo assim o nome de Jeff Fisher passa ser o mais forte no momento ao que parece Ross está querendo fazer o Dolphins virar uma franquia forte e não está afim de poupar dinheiro para isso basta aguardar

domingo, 11 de dezembro de 2011

Week 14: Eagles 26 x 10 Dolphins

Em uma partida com muitas contusões de nosso lado ( Matt Moore, Jake Long e Vernon Carey ), o Miami Dolphins fez um segundo quarto tenebroso ( 24x0 pro Eagles ) e perdeu mais uma na temporada. Derrota que, sob certo aspecto, pode ter sua serventia no futuro: o Eagles agora está a nossa frente na temporada, e escolheria depois no Draft. Não gosto de perder, mas essa é uma daquelas que não me deixam nem um pouco triste. Só temos que acompanhar o desenrolar da contusão de Jake Long, pois parece ser algo bem grave, tomara que não seja nada demais e que nem o prejudique na continuação de sua - até aqui - excelente carreira.

 Não sei exatamente porque, mas acho que Nmandi Asomugha não deve guardar boas lembranças do Miami. Ano passado sofreu com o camisa 15 Davone Bess. Agora tomou esse queimada na End Zone de B19. Foi lindo demais o lance e parecia, apenas parecia que o time iria vencer outra.

 Bush e Marshall dão mostras que podem formar uma grande dupla. Um correndo e o outro recebendo. Se irão ou não, depende de quem será o nosso QB em 2012. Se for alguém como Moore, as chances são pequenas. Mas se vier um QB com talento ao menos decente, ai as chances aumentam consideravelmente.

 E por falar em Matt Moore, o mesmo saiu de campo machucado, por tem apanhado para burro, após as saídas de Vernon Carey e sobretudo Jake Long. Ainda não se tem informações concretas sobre a sua contusão, mas eu espero que ele possa jogar no domingo, pois ele não é uma Brastemp mas é muito melhor do que J. P Losman.

 Convém citar que Reggie Bush, sem OL, conseguiu fazer o seu terceiro jogo da temporada com 100 jardas ou mais ( o quarto na carreira ). Até aqui é promissor a sua estada em Miami...

 Para os críticos, ai está Jason Taylor dando mais um sack. Não custa nada lembrar que ele é o líder do time no quesito e o líder da NFL entre os jogadores em atividade. Nada mal para um dançarino, não?

 E foram 2 hoje. E adivinhem quem agora é líder em sacks do time na temporada? Por isso eu adoro Jason Taylor.

 E depois puxou a fila para orar pelos jogadores machucados. Na foto diversos jogadores, mas salta aos olhos Michael Vick. Que teve uma atuação interessante hoje.

Week 14: Eagles x Dolphins

Hoje temos uma partida em que alguns poderão ter sentimentos estranhos: torcer por mais uma vitória ou pensar em posicionamento no Draft de 2012?

O Miami recebe hoje o Philadelphia Eagles, que era cotado para ir ao Super Bowl, tendo montado o que foi chamado de Dream Team e hoje estão empatados conosco na temporada, sendo que ficamos a frente pela dificuldade de calendário.

Eu particularmente irei torcer por uma vitória. E porque Wake está no post? Simples, ele foi multado em US$ 15mil por dado uma porrada "desnecessária" em Carson Palmer no domingo passado. E claro que se ele tiver outra boa atuação como teve no domingo, nossas chances de vitória aumentam bastante.