sábado, 17 de novembro de 2012

40 anos do Undefeated Team - Os primeiros anos


Don Shula, na época em que chegou ao Dolphins...


Don Shula celebrando a vitória por 21x0 na AFC Championship de 1971 e vaga no Super Bowl VI, diante do Cowboys. Bateríamos na trave, mas no ano seguinte...


Com Bob Griese e George Mira ( QB reserva ), buscando alternativas para o overtime ( seriam duas nesta partida ) diante do Kansas City Chiefs, no Divisional Game de 1971, jogado no dia de Natal. Este é até hoje, o mais longo jogo na história da Liga, e vencemos por 27x24.

Quando Don Shula chegou em Miami na off-season de 1970, o Miami era uma equipe fraca, sem ida a post-season e que até ali ainda vivia sob a desconfiança dos donos de equipes, pois Joe Robbie era tudo menos um milionário. Nas quatro temporada de sua curta existência, sob o comando de George Wilson o time tinha 15-39-2,  o que nem de longe era algo decente. Joe Robbie queria um Coach jovem e vitorioso. Com esse perfil só um nome existia na NFL: Donaldo Francis "Don" Shula. E em 18 de janeiro de 1970 ele assinou contrato com o Dolphins. Tentando trazer para os dias atuais, seria como se Bill Belichik resolvesse trocar o Patriots pelo Cleveland Browns. Loucura total, disseram todos. O tempo mostraria que não. Aliás em pouco tempo, convém ressaltar.

Shula chegou dizendo que "não fazia milagres ( imagina se fizesse!! ) e nem tinha fórmulas mágicas, e que sua filosofia era trabalho, trabalho e mais trabalho". Como parte do acordo que o trouxe, ele recebeu o cargo ( que até hoje ocupa ) de Vice-Presidente, exigiu controle total na aquisição de jogadores e apenas o maior salário da liga. No Draft daquele ano fomos punidos por termos violado a regra da NFL que proíbe assédio a Head Coachs sob contrato e perdemos a pick de primeiro round. Mas no seu primeiro draft vieram nomes que todos conhecem, tais como Jim Mandich, Tom Foley e Jake Scott ( este MVP do Super Bowl VII ).

Em sua primeira temporada o Miami fez 10-4, o que era simplesmente estantoso diante do 3-10-1 de 1969!!! E pela primeira vez o Miami apareceu na post-season. Perdemos no Divional Game para o Raiders, mas isso era o que menos importava. O Mago Shula mostrava que era sim, milagreiro. O Miami iria mais longe ainda em 1971, mas isso fica pra amanhã...


Um comentário:

Luiz Paulo disse...

Coach Shula, após ler o livro do Dan Marino, e ver o dvd da historia do Dolphins, minha adimiração por esse homem só fez aumentar!!

Tomara que Philbin consiga fazer algo pelo menos parecido!!