sábado, 21 de dezembro de 2013

Tannehill seria o Mr. December?

3 dos seus 5 melhores jogos no ano foram em Dezembro...
Ryan Tannehil é o tipo de jogador que não consegue gerar meio termo no seu entorno: ou você o ama ou o odeia. E cá pra nós ser o QB Starter do Miami Dolphins é uma parada indigesta. Mas, também cá entre nós, ele tem sido frio ao extremo nas 3 últimas partidas. Agora é hora de mostrar que ele pode fazer o diferente, o algo a mais que caracteriza os grandes QBs dos comuns. Ele fará isso? Ai eu não sei. Mas que dezembro tem sido o mês dele, isso é negável. Os erros ainda existem, falta a deep ball e uma melhor presença de pocket, mas em suma ele está passando mais confiança. Abaixo segue texto do Miami Dolphins.com adaptado e ligeiramente alterado por mim. Espero que gostem...

Existem algumas razões pelas quais os Dolphins ganharam seus três primeiros jogos em dezembro e colocar-se na posição em que eles controlam seu destino quando se trata dos playoffs, e o jogo do quarterback Ryan Tannehill  é um dos principais motivos. Tannehill tem jogado o seu melhor neste mês, com 73 passes completados em 113 tentativas para 843 jardas, com oito touchdowns e apenas duas interceptações e um rating de 103,2, de longe o melhor para qualquer mês desta temporada. Como comparação, em Setembro o rating foi de 85.3, em Outubro caiu para 76.4 e 85.0 em Novembro. Três dos cinco melhores jogos de Tannehill nesta temporada em termos de classificação aconteceram em dezembro, com destaque especial para os 120.6 no domingo passado.

Os oito passes para touchdown já é a maior marca para qualquer mês em sua carreira. O recorde anterior eram os seis TDs em quatro jogos, conseguidos em outubro deste ano. Oito TDs Tannehill é a terceira marca entre os QBs da NFL, a trás apenas de Peyton Manning ( 11 ) e Alex Smith ( 9, sendo 5 na partida anterior ). Os 843 jardas o colocam em sexto lugar, a apenas 1 jarda atrás de Nick Foles.  E ele é um dos 7 QBs a ter um ratinga acima de 100 ( Alex Smith, Peyton Manning, Nick Foles, Philip Rivers, Ben Roethlisberger, Russell Wilson e Carson Palmer ). Forte presença de Tannehill até agora não é apenas um dos melhores da Liga, é um dos melhores nós já tivemos. Apenas um tal de Dan Marino teve Dezembros melhores: 12 em 1984, 11 em 1985 e 1986, e 10 em 1991. Claro que a longevidade de Bob Griese e Dan Marino e a baixíssima qualidade dos QBs pós Marino não ajudam, mas é um feito e tanto. E ainda teremos outras duas partidas em Dezembro. Detalhe a favor de Marino: em 84 foram 4 jogos apenas.

As 843 jardas de Tannehill também representa o segundo maior total para os três primeiros jogos de dezembro nos últimos 15 anos. A única marca maior aconteceu em 2009, quando Chad Henne passou para 904. Com base no rating, Tannehill está a caminho de ter o segundo melhor dezembro para um quarterback dos Dolphins, atrás apenas dos tremenda corrida de Chad Pennington em 2008. Mas deve-se salientar que Pennington não teve tantas jardas, foram apenas 772 jardas nos quatro jogos em dezembro naquela temporada.

Os principais ratings dos QBS do Dolphins para o mês de Dezembro:

  1. Chad Pennington (2008) 112,6
  2. Don Strock (1983) 106,5
  3. Dan Marino (1984) 105,2
  4. Dan Marino (1991) 104,1
  5. Dan Marino (1086) 103,6
  6. Ryan Tannehill (2013) 103,2
  7. Dan Marino (1985) 97,9
  8. Matt Moore (2011) 93,9
  9. Sage Rosenfels (2005) 91,3
  10. Bob Griese (1968) 90,0

Tannehill também contribui – ao contrário dos outros da lista - com jardas corridas, tanto que as 48 jardas em Pittsburgh é um novo recorde da Franquia. E é dele o recorde jardas para o mês de dezembro, com 148 em 2012. Ele tem 77 até agora, ou seja, ele precisa de 72 jardas nos dois jogos finais para bater a sua própria marca. Mas o bom é que o momento é ótimo.  A este respeito, Tannehill tem três performances para mais de  300 jardas nos últimos quatro jogos e cinco na temporada. Esse último número já igualou maior total da equipe desde 1989. O desafio para Tannehill agora é terminar o que começou como um dezembro para se lembrar.

Nenhum comentário: