sexta-feira, 8 de fevereiro de 2013

Pensando na Free Agency: Tight Ends

Jared Cook é um TE muito bom e poderá estar dispinível nesta Free Agency...

Anthony Fasano tem sido o nosso melhor TE desde 2008. Ele veio do Cowboys ( um dos diversos jogadores que vieram do Dallas, mas é o único que sobreviveu ) ao custa de uma pick de quarto round. Nunca uma pick foi tão bem usada, devo admitir ( talvez só as que nos custaram Ricky Williams em 2002 ).[

Mas vamos combinar que podemos e precisamos de alguém melhor do que ele, mesmo que Fasano lidere o time em TDs recebidos no período ( 26 ). Ele agora é FA e não temos certeza se o time irá re-assinar com ele.

Ai é hora de se virar pro Mercado e verificar quem é o melhor disponível. Claro que neste momento não é uma certeza quem irá ou não para o mercado, pois os times ainda podem assinar com seus atletas. Mas entre os que podem virar Agentes Livres o melhor é Jared Cook do Tennessee Titans.

Ele tem tudo o que se espera de um bom Tight End e eu gosto dele. Seria um alvo decente pra Tannehill e não sairia tão caro assim. E o time dispõe de Cap para trazermos ele e ainda ficarmos com Fasano, dando assim uma verdadeira melhorada no elenco.

Por enquanto é apenas um sonho, ainda distante, mas se ele vier teremos um jogador com qualidade na posição. É aguardar pra ver... 

terça-feira, 5 de fevereiro de 2013

Randy Starks deve estar de saída. E a solução já está no elenco...


Randy Starks o nosso camisa 94 deve estar de saída do Dolphins. A diferença entre o que ele quer pra renovar e o que o time está oferecendo é de quase 2,5mi ao ano. Sendo assim ele deverá ir testar seu valor na Free Agency. Foi muito útil nestes anos de Miami e, claro, será lembrado por muito tempo. Mas é a vida e que ele seja feliz para onde for, mas...


O substituto já pode estar no elenco, deixando de ser um problema. Ele é Jared Odrick, o camisa 98, que era DT em Penn State e no Dolphins vem atuando como DE no oposto a Cameron Wake. Com isso quem deve acabar virando Starter em seu lugar é Olivier Vernon, rookie que foi muito bem demonstrando talento e vitalidade na posição. 

Muito bom quando um jogador vai embora e a solução pode já estar no elenco, certo? É para isso que existe o Draft. Pena que perdemos tantas picks nestes 10 anos. Quando eu vejo alguém como Ray Lewis se aposentar pela mesma equipe pela qual foi draftado, eu não sei se fico com raiva ou alegre. Por Lewis, é claro.