terça-feira, 10 de março de 2015

Respondendo ao leitor

Com todo respeito, mas não consigo te entender cara, Miami pegou o melhor free agent em décadas,um cara que vai fazer a defesa jogar melhor por pressionar o qb adversário, que vai fazer Wake e Vernon muitas vezes ficar mano a mano, lógico que o valor é muito alto, mas é o que se paga na free agency. com Suh, miami so precisa achar um CB e FS, o resto da pra pegar no draft que tem muitos valores interessantes. No mais vc precisa ter mais otimismo, parece que os dolphins são um Raiders da vida

 O comentário acima é do Vitor Hugo, que ainda está cadastrado para escrever no Blog. Vou pontuar algumas partes antes de responder em si:

a) Claro que Ndakomung Suh é all-star. Todo mundo sabe disso, eu incluso;
b) O Valor é fora da realidade. Um JJ Watt vale isso. E no máximo outros 2. E olhe lá;
c) Wake e Vernon precisam sim de ajuda, mas o sistema atual é adequado?
d) Você está apostando no Draft? Não se esqueça como somos bons nisso;
e) Todo ano tem valores interessantes e nós pegamos jogadores comuns ou quando muito que não precisamos naquele momento. Lembra de alguém?
f) Eu não me permito mais ser otimista. Não dá, cansei faz tempo. Serei realista até o time me provar o contrário;
g) Bom, a gente só consegue surrar o Raiders. Deve ter algum motivo...

Indo mais além na resposta, além do post que fiz antes de ver seu comentário, o que dizer além de que o time não passa confiança. A única coisa que o Miami Dolphins não consegue falhar é em nos decepcionar. Todas as vezes nestes anos todos pós-Marino que eu achei que o time iria mandar bem na temporada, o time decepcionou, fora 2000 e 2001. Nos outros, eu sempre comecei temporada pensando: este é o ano. E sempre acontecia algo, alguma ( ou várias ) porcaria vinham pelo Draft e tudo desmoronava. Em 2007 os analistas colocaram o Miami entre os times com mais chances de chegar ao Super Bowl... e eu embarquei nessa. Bom, nem preciso dizer mais nada...

Em 2008 foi a única temporada em que entrei com medo. O time fizera 1-15 na anterior e não parecia nada animadora a off-season. Mas o time foi lá, aproveitou-se do fato do Pats estarem sem Brady e venceu. Depois, bom, você sabe bem...

Este ano, tenha certeza disso, Ryan Tannehill terá suas 5 ou 6 partidas no seu melhor ( ou seria correto dizer pior? ) estilo: entregando os jogos. Depois, vai fazer 3 ou 4 em bom ( uma delas em alto ) nível, o time vai fazer 7-9, outro 8-8 ou - com sorte - 9-7 e todos os que o defendem dirão: esse é o QB. Ai o time vai empacar 120 milhões nele e... bom, nem preciso dizer o que isso vai resultar...

Suh poderá até ser Jogador de Defesa atuando em Miami. Mas não é a primeira, nem a segunda necessidade do time. A primeira, nesta off-season seria um CB ou um OLB. A segunda - primeira em termos de pensamentos futuros - é a mesma desde a off-season de 2000: um QB de elite. Além disso, times vitoriosos são montados no Draft. Mas eita, Draft e Miami Dolphins são como água e vinho: não se misturam.

Mas é claro, eu estou entre os poucos que pensam assim. Enquanto isso, a cada ano ficamos - sim - mais parecidos com o Raiders. E eu odeio isso...

6 comentários:

Victor Hugo disse...

Não sabia que poderia escrever aqui,se vc deixar gostaria de dar minha visão, vc critica com muita força o time, entendo suas razões.
Eu sei que o valor dado ao Suh é inflacionado, mas apesar disso é um cara que melhora a defesa toda , faz uma secundária comum virar boa. No caso do Draft eu analiso os que eu acompanhei que foi do Draft de tannehill pra cá, nele vc tem bust como Martin , vc tem achados como Clay , Jenkins , Sims os dois ultimos nao sendo da classe de tanny. Dion Jordan no momento que foi draftado todos aplaudiram , jamar taylor na epoca grande prospecto e a quem eu ainda acho que da pra jogar no nickel pelo menos, muito desses caras perderam tempo com lesões e suspensões.Para terminar eu realment acho que da pra ir aos playoffs adicionando um top WR que tem no Draft aos montes um CB no oposto de Grimes e um fs na free agency, complementando com guards e ilb no draft.

Victor Hugo disse...

Sobre Tannehill ele teve um ano de carrer high ,perdeu jogos contra green bay, detroit e broncos onde o culpado nao foi ele, foram chamadas erradas do técnico a defesa top 5 desaparecendo no fim da temporada o que acarretou em mais um desastre desse ano. Um do maiores defeitos do nosso qb era a deep, mas no jogo em New England ele conectou varios passes longos e acertou e alguns foram dropados nao por culpa dele, eu ainda acredito que ele é um bom qb e vai se desenvolver mais.

Flávio Vieira disse...

fique a vontade.

Flávio Vieira disse...

sobre Tannehill: sempre a culpa é de alguém, nunca é dele... ele some, erra passes fáceis, lança ints tipo debiloide e cia...

eu só posso concordar com vc na derrota pro Broncos e olhe lá... mas na hora de decidir, ele foi lá e fez o que? Lançou uma int.

não consigo ver nada nele além de um QB mediano. nada além disso.

Flávio Vieira disse...

A deep ball dele é horrível. Ele foi um dos 5 piores da Liga neste quesito.

Flávio Vieira disse...

no começo eu dizia que ele seria, no máximo um Tony Romo... agora nem isso eu acredito mais.