domingo, 16 de agosto de 2015

Pontos sobre a primeira partida da Pré-Temporada

É apenas pré-temporada, mas a partida teve bons indícios...
Nunca canso de dizer que resultados em pré-temporada pouco importam. Todos os que acompanham este Blog durante os seus 8 anos de existência sabem disso, pois eu sempre repito isso todo ano. Por isso que o placar de 27-10 para os Bears nem me importa. Caso fosse temporada regular eu ficaria bem chateado, mas em pré-temporada tanto faz... Sendo assim vamos ao pontos ( bons e ruins ) desta partida:

Lesões - Os Linebackers Jordan Tripp e Chris McCain deixaram o jogo com lesões no tornozelo. Tripp passou o resto da noite usando uma bota e com muletas. Esperemos que ambos os jogadores sejam capazes de retornar rapidamente e a bota ( bem como a muleta ) seja simplesmente precaução. Porque se for algo mais, arrumamos um grande problema.

Faltas demais, mesmo para uma partida de pré-temporada - O jogo teve um total de 27 penalidades, somando 163 jardas. Não é incomum equipes terem um número alto de bandeiras amarelas no início da pré-temporada ( Dolphins e Falcons combinaram para 19 penalidades e 160 jardas no primeiro jogo da pré-temporada no ano passado ), mas ainda assim é algo que precisa tratado com cuidado. Porque as faltas já custaram vitórias ano passado.

Tannehill e Miller Afiados? - Quando os reservas entraram ficou, digamos assim, evidente o quanto nossos reservas não são bons. Mas a primeira equipe portou-se bem e o ataque se - e apenas se, jogar assim poderá ser bom em 2015. Ryan Tannehill tentou 7 passes e acertou 6, conseguindo 56 jardas e um Touchdown, ficando com 139,6 de QB Rating. Mesmo em pré-temporada é um dado interessante. Logo depois ele saiu, por motivos bem óbvios. Já o nosso RB Starter Lamar Miller teve a bola apenas três vezes durante o jogo, mas ele esteve bem. Um bom corte e uma corrida longa para um ganho de 27 jardas deixou claro que ele está bem. O Bears contudo não é conhecido por ter uma super defesa, mas como eu disse antes o importante era ver se o setor fluía. E fluiu bem. E isso é bom, animador.

A presença de Ndamukong Suh traz benefícios para Cameron Wake - Quando formos analisar a produçao de Suh em campo, nao deveremos olhar apenas para números e sim como ele manteve ocupados jogadores da OL adversários. Foi o caso na quinta. Como a OL tem que dar atençao total a ele, um tal de Cameron Wake fica no mano a mano com um bloqueador. E ai, Wake é monstro, todos sabemos bem disso. A amostra foi muito boa, contudo a OL dos Bears nao é exatamente uma das melhores da Liga...

Quarterbacks reservas foram mal, muito mal - Se Tannehill foi bem ( mesmo que só tenha - acertadamente - participado de um drive ) foi bem, já os reservas... Matt Moore foi meia-boca ( 4-9 e 43 jardas ) com com McLeod Bethel-Thompson foi terrível ( 5-12 e 71 jardas com 2 interceptações ) e por fim  Josh Freeman horroroso ( 5-16 e 76 jardas com uma interceptação ). Que Tannehill fique saudável o ano inteiro, porque ruim com ele, muito pior sem ele.

Jones impressionante. Secundária pareceu sólida - Até que enfim: parece que o Reshad Jones de 2012 está de volta. Ele esteve em toda parte, quando ele estava no jogo. O resto da secundária foi bem sólida durante todo o jogo, sem erros horríveis. Jamar Taylor foi bem como Starter, enquanto Brice McCain jogou de níquel. Bobby McCain saiu-se bem na cobertura, mas cometeu faltas bobas ( espero que coisa de rookie ). Will Davis também esteve em boa conta, enquanto Zack Bowman teve um bom passe desviado na endzone. Cedric Thompson conseguiu alguns tackles. De um modo geral, animador. 

A batalha dos Kickers - Caleb Sturgis jogou o primeiro tempo e conseguiu um field goal de 31 jardas, bem como um XP de 33 jardas. Ele tinha um kickoff que saltou fora de campo, mas no geral foi uma boa atuação dele. Andrew Franls entrou no segundo tempo, mas tudo o que ele fez foi chutar a bola pro começo do segundo tempo. Ou seja, pela partida de quinta nao dá para saber de nada. Mas se nada mudar, Sturgis fica no elenco.

Linha ofensiva... até que nem foi tao mal assim - Dallas Thomas e Billy Turner começaram como Starter e após o jogo, há sinais de que a linha pode ser capaz de ser sólida, evitando assim que o time tenha que gastar muito dinheiro com Evan Mathis. Turner e Dallas conseguiram abrir espaços para as corridas e os Tannehill teve tempo até inesperado para lançar. Se isso vai se repetir na temporada, é outro papo, mas a primeira amostra foi boa. Contudo, é prudente esperarmos mais um pouco. Na temporada os defensores darao a vida em cada Snap, o que nao acontece nos jogos de pré-temporada. Contudo os reservas quando entraram o nível caiu demais. Afinal se nossos Staters são contestados, como poderiam os reservas serem sólidos? Nada que surpreenda, mas mostra o quanto ruim tem sido nossos recrutamentos. Algo que, com certeza, não espanta ninguém. Ou não deveria...

Um comentário:

Victor Lima disse...

Bom dia meu camarada td bem? Acompanho seu blog do Dolphins e estou sentindo falta de seus comentários dos pontos do jogo contra o Panthers e de ontem contra o Falcons. To levemente preocupado com essa lesão do nosso melhor jogador.
Abraços e parabéns pelo trabalho