domingo, 17 de janeiro de 2016

Já temos nossos Coordenadores de Ataque e de Defesa... e eu nao gostei de nenhum dos dois

Clyde Christensen: época de ouro foi ao lado de todos os tempos...
Vance Joseph: o seu antecessor também era Coach de CBs do Bengals...

A contratação de Adam Gase como Head Coach desagradou a quase todos, eu incluso. Era o mais inexperiente da lista e o com maior risco implícito. Ele, na sua entrevista de apresentação, disse que ele é que irá chamar as jogadas de ataque, ficando o Coordenador Ofensivo dedicado a outras funções, como cuidar do treinamento dos setores. Isso ficará a cargo de Clyde Christensen, que atualmente é o Coach de Quarterbacks do Colts. 

Christensen está na NFL a 20 anos, tendo começado no Buccs como Coach de Tight Ends. Estava no Colts desde 2002 ( levado por Tony Dungy que assumira o Colts ). Entre 2002 e 2007 foi Coach de Wide Receivers, tendo contado com uma das melhores duplas de Receivers da história: Marvin Harrison e Reggie Wayne. Em 2009 virou Coordenador Ofensivo, justamente quando Manning conseguiu a mais espetacular temporada para um QB. Contudo, quando Chuck Pagano assumiu o time, ele foi deslocado para Coach de Quarterbacks, onde - é claro - treinou Andrew Luck. Ele, com certeza, nao é o meu preferido para a posiçao e acho pouco provável que venha a ser o que precisamos. Em suma, tudo dentro do normal em Miami...

Do outro lado do time, teremos um outro Coach de Cornerbacks vindo do Bengals. Kevin Coyle treinara o setor e foi um tremendo fracasso, mesmo que a defesa tenha sido melhor do que o ataque nestes 4 anos. Ele, Joseph, poderá falhar como Coyle? Sim, é claro. Até porque é mais inexperiente do que o seu antecessor. Ele, em 10 anos na Liga, só foi até hoje Coach de Cornerbacks. Assim como Gase ele é jovem e tem passagens por algumas equipes, mas é imberbe demais aos 43 anos. Alguém pode argumentar que ter 60 anos não é garantia de nada ( e Christensen tem 59 e nem por isso me agrada ), mas se ele tivesse sido Coordenado de Defesa ao menos no College eu já poderia me animar, mas... nem isso ele foi.

Podem dar certo? É claro que sim. Mas, assim como para Gase, eu vou ficar com as barbas de molho. E se, por um acaso, eles forem bem ai sim ficar um pouco animado. A impressão de agora é que o trio não vai nos levar a lugar algum que preste. Espero, mais uma vez, estar errado, mas como das outras vezes tenho a sensação de que não estou...

Nenhum comentário: