quarta-feira, 7 de setembro de 2016

Vai começar a temporada da NFL... e o Dolphins?

Hard Rock Stadium. Belíssimo, é inegável. Mas e o time?
Amanhã começa a temporada da NFL. De quinta até segunda, 32 times começam em patamar de igualdade, todos sonhando em serem campeões em Fevereiro, numa frase repetida todos os anos. Mas a realidade, na verdade, é outra: para mais de 20 franquias isso é apenas uma frase de efeito, para tentar motivar seus torcedores. Times como Browns, Raiders, Jaguars, Buccs, Lions, Bills, Titans sabem que já estão fora antes mesmo da temporada começar. Aliás, a pergunta é: estamos nesta categoria pela 12ª vez em 13 temporadas?

Para os otimistas, não. Para os realistas, sim. E para mim, com certeza. A realidade é dura, mas é verdade: NADA nos aponta no sentido de uma temporada de sucesso. Tem os que acreditam que Adam Gase seja um mago, mas isso ele não é, com certeza. Fosse ele teria virado Técnico no Broncos, não é mesmo? Fosse, o Bears o teria contratado, não é mesmo? Acreditem ele não é um gênio do ataque como alguns querem acreditar. Ele é um cara com ideias normais, com uma mentalidade normal. Portanto, não esperem por milagres.

Vou começar com o mais óbvio motivo para não termos sucesso em 2016: a defesa. A inexplicável falta de reforços de peso para o setor é, com certeza, o maior erro desta nova Administração. Perdemos valores no setor e não repomos. Sim, eu sei o quanto nosso ataque é fraco, mas ali precisa de um Quarterback. A defesa não, é necessário mais qualidade. Nossos LBs já formavam um dos piores setores de toda a NFL e o que conseguimos foi um questionável Kiko Alonso. Nossos Cornebacks não estavam entre os melhores da NFL e o que conseguimos? Dois CBs para lá de questionáveis, um pelo Draft e outro numa troca insana. Isso sem falar na perda de um dos melhores jogadores da defesa, Olivier Vernon. Nossa defesa, por tudo isso, tem tudo para ser uma das 10 piores da temporada. Sabem quantos times chegaram aos Playoffs estando nesta lista nos últimos 10 anos? Acho que a resposta é bem óbvia...

E o ataque? Bom, comecemos pela pior parte dele: o jogo corrido. Perdemos um RB promissor, com números excelentes ( tanto que foi para outro time ) e o repomos com... bom um ex-atleta em atividade e o terceiro RB de Alabama ( sendo que os dois primeiros estavam disponíveis no Draft!!! ). Ah, tem o Ajay... que se machuca tomando água. Não me parece animador, mas o que o amigo leitor acha? Depois temos o nossos TEs, que pouco produzem. A culpa, segundo muitos, não é do QB. Aliás, porque haveria de ser? Se ele nunca tem culpa de nada? Depois temos a OL, que eu não sei porque muitos dizem que vai mudar da água para o vinho só por causa de Tunsil... não custa nada lembrar que é o setor que mais consumiu picks de Draft desde 2012. Temos os recebedores, é claro, que são os melhores do time atualmente. Mas quem vai lançar mesmo? Ah, tem isso né?

Falando antes ( lembra que análise é prévia? ) é preciso pontuar que temos um calendário duríssimo, com um time cheio de buracos e sem um QB confiável. O que esperar? Para mim, que analiso expectativas, vejo que teremos uma temporada com mais derrotas do que vitórias, algo com 6-10 ou menos. Li numa análise que o pior do que não ter QB é ter um meia boca, que não o deixa ficar com a pior campanha, mas também não o leva à post-season, Parece com a descrição de Tannehill?

Posso estar errado? Adoraria, mas eu não acredito estar. Depende de muitos "se" para dar certo. E isso não costuma acontecer com o Dolphins desde... bom, desde o Draft de 1984.

Um comentário:

Yan R77 disse...

estou começando a torcer pelos Dolphins agora e já percebi que não vou ter vida fácil