sábado, 13 de janeiro de 2018

Muitas dúvidas e praticamente nenhuma certeza em Miami...





Tenho lido o que posso sobre o que os Dolphins pretendem fazer antes, durante e depois da Free Agency e no antes, durante e depois do Draft. E os sinais não tem sido nada animadores, se querem saber. Primeiro não avançaram em nada as negociações por Jarvis Landry. Segundo que as informações dão conta de que o plano é contar com Tannehill 100% saudável e só. Nada de plano alternativo, o que é um erro sem medida.

Adam Gase, não escondo de ninguém, deveria ter sido demitido. Bobagem de gente idiota que só a continuidade de um trabalho trará resultados. Dá-se continuidade ao que é bom, ao que dá certo. Mantivemos Tony Sparano e Joe Philbin além do necessário baseado nesta máxima e o resultado foram - somados - 4 anos perdidos ( 2 de cada um ). Manter Adam Gase depois de NADA dar certo em 2017 é um erro padrão Dolphins de qualidade. Ele trouxe um QB aposentado para o time, doou o melhor jogador de ataque para os Eagles, Draftou péssimos jogadores e o ataque, onde ele seria o "pica das galáxias" é um dos 5 piores da Liga.

Não obstante tudo isso, ano passado ele promoveu o Coach de LBs - seguramente o pior setor do elenco - para Coordenador Defensivo. E mesmo com a defesa de queijo suíço que temos, ele vai seguir no cargo. E para piorar, trouxemos 2 Coachs do ataque dos Bears foram contratados. Ou seja, perspectivas de melhoras inexistem. Não enquanto ele for o Head Coach.

Cada vez mais fica claro que ele foi contratado não para melhorar o time, mas sim um jogador. E temo muito pela Free Agency e pelo Draft, pois é bem provável que mais uma vez não façamos o melhor para o time e sim o que melhor seja para um QB meia-boca que está voltando de uma seríssima contusão e que jamais atuou em alto nível na NFL.

Por isso as fotos, que quase todas viraram memes... porque certeza, só temos uma: iremos passar vergonha em 2018.

Nenhum comentário: