domingo, 1 de abril de 2018

Estamos em Abril, mês do Draft...

Ele sempre chega... normalmente para nosso desgosto

Invariavelmente ele chega. Ano após ano ficamos ansiosos pelo Draft e invariavelmente saímos insatisfeitos, decepcionados. Tudo porque nossa péssima capacidade escolher jogadores no Draft é proporcional á capacidade de perder partidas durante a temporada. Uma coisa, aliás, está ligada a outra, infelizmente.

Neste ano, mais uma vez, devido a inúteis vitórias contra Falcons, Chargers e - sobretudo - Patriots, ficamos fora do Top Ten. E nessa condição, ficamos mais longe de obter um talento que possa mudar o nível desta franquia, um JJ Watt por exemplo. Assim sendo, temos que tecer cenários complicados, porque a cada pick que se distancia do Top Five, mais complexo é antecipar o que posso acontecer. E nunca é demais lembrar, que estamos falando dos Dolphins, onde errar é uma arte. Sinistra, mas ainda assim uma arte.

Desde que o ano começou nosso time perdeu 3 dos raríssimos All-Stars que tinha: Jarvis Landry ( doado para os Browns ), Mike Pouncey e Ndamukong Suh, ambos cortados. Assim sendo a lista que eu fizera citando as posições que necessitavam de reforços foi atualizada, com as de WR, DT e C precisando de urgentes reposições. E eu não considero que Albert Wilson e Danny Amendola sejam reforços para a posição de WR ( o primeiro é um Zé Goiaba qualquer e o segundo não fica saudável ) e nem o Center que trouxemos do Niners seja solução. E para o lugar de Suh não trouxemos foi ninguém.

Assim sendo, já se fala que o time posso escolher um DT no primeiro round, o que seria desastroso em todos os sentidos. Não tem Center que possa escolhido na 11ª pick, mas estamos falando do time que em 2014 escolheu Ja'Wuan James antes de Derek Carr. E os recebedores não se destacam nesta classe. 

Durante o mês trarei postagens sobre os mais cotados. Alguns parecem bem óbvios como Baker Mayfield, outros nem tanto. Mas eu sei de uma coisa: é preciso acertar em alguém que possa chegar e mudar o patamar do time. Escolher apenas mais um não nos levará a lugar algum, Como até agora não nos levou. E eu nem tenho esperanças que saíamos desta mediocridade tão cedo... mas temos que seguir tentando acreditar que um dia isso tenha fim. O mais rápido possível...

Nenhum comentário: