sábado, 12 de maio de 2018

Estamos melhores ou piores do que um ano atrás??

Para alguns, o ataque está bem melhor... estamos?

Um debate deu-se na Net: alguns, sabe-se lá porque, acreditam que estamos melhores do que no ano passado. Sinceramente, eu não sei como. Antes de falarmos sobre porque eu considero que não estamos melhores, um ponto fundamental: a comparação não é como terminamos a temporada e sim como estávamos exatamente um ano atrás, no pós-draft. Porque de forma até desonesta, eu tive que ouvir: se com Cutler o time venceu 6 partidas... Pois é, isso é deturpar a situação para validar a sua "opinião". Dividirei em duas análises por tópicos, ataque e defesa. Vamos aos argumentos:

ATAQUE:
  • Quarterback - Exatamente um ano atrás existia um debate interessante: Tannehill voltaria jogando no seu melhor nível depois da contusão sofrida contra os Cardinals? Passado um ano, a indefinição é maior, porque agora ele está voltando de uma cirurgia, onde raríssimos jogadores voltaram jogando melhor, sendo que poucos voltaram jogando o mesmo de antes. E como o antes de Tannehill não já não servia para os Dolphins. Imagina, se acontecer com ele o que acontece com a imensa maioria, que volta é jogando pior?
  • Runningback - Aqui eu sou seco: estamos piores. O Ajayi de um ano atrás era aquele que conseguira uma ótima temporada, sem o qual jamais teríamos ido a post-season. Agora não o temos e por mais que Drake venha a ser melhor, não tem como estarmos melhor es do que antes. Ao menos temos um rookie em quem depositar maiores esperanças. Mas não é o suficiente.
  • Tight Ends - Único ponto onde acredito que possamos ter avançado em relação ao ano passado. Não que eu esteja jogando no colo de 2 rookies transformar o setor, até porque por melhor que eles sejam eles ainda são apenas o que são: rookies. E depende do QB. Mas, não posso negar que exista uma perspectiva de melhora.
  • Wide Receivers - Acho que só o fato da saída de um All-Star encerre o assunto. Ou algum doido ai é capaz de falar que não pioramos de maneira drástica com a saída do melhor recebedor de Slot da NFL?? A saída de Jarvis Landry, talvez NUNCA seja reparada. 
  • Linha Ofensiva - Comecemos pelo óbvio: contratar via trade um Center caro e que jogava em uma das piores OLs da NFL não repõe a saída de um All-Star, como Mike Pouncey. Mesmo ele tendo convivido com problemas de contusão. Se somarmos o fato de que o RT seguirá Ja'Wuan James ( péssimo ), que o LT Laremy Tunsil ficou devendo ano passado e que os Guards não inspiram super confiança, podemos dizer que, no máximo, a expectativa é a mesma. No máximo.
DEFESA
  • Linha Defensiva - Perder um All-Star vai cobrar seu preço. Trazer um DT dos Lions porque tem "relações" com o atual Coach também. É apostar nos jovens do setor, que são bons, mas talvez não o bastante. Se fosse só isso... o time draftou Charles Harris e um ano atrás ele era a apostar elevar o nível do setor, mas ele quase nem jogou. Lindo, não? Pois, o time assumiu o possível erro e contratou via trade Robert Quinn, dos Rams ( que por sinal assinou com Suh ). Não me parece uma boa receita, mas enfim serve para que possamos entender que se não melhorou, ao menos a perca deve ser pequena. Sem falar que Cameron Wake não é eterno, infelizmente.
  • Linebackers - Ah, o setor... era um dos piores do ano passado e assim segue. Ano passado o time tinha seus problemas e eles não melhoraram muito. E um detalhe: não pode-se apontar o "rookie" Raekwon McMillan, pois ele estava no elenco ano passado. O único reforço do setor é Jerome Baker, que passa longe de ser uma brastemp. Ano passado o time também apostava na contratação de Lawrence Timmons, que não deu certo. Então, estamos piores.
  • Secundária - Talvez tenhamos trocado o All-Star da DL por um Safety. Talvez, porque é um rookie, que pode ser all-star, pode demorar 2 ou 3 anos para render em alto ou ainda ser um bust. E só esta expectativa coloca o setor em viés positivo. Reshad Jones será usado de forma melhor e terá descanso salutar este ano, o que pode estender sua carreira. Entre os CBs, Howard e Tankersly não são os jogadores dos meus sonhos, mas podem melhorar este ano e formar uma boa dupla. O setor está sim mais forte, mas não nos esqueçamos que é uma expectativa focada em um rookie.
Façam as contas e decidam se estamos melhores ou não com relação a 365 dias atrás... para mim, resta provado que não.

Nenhum comentário: