sábado, 31 de agosto de 2019

Rosen será reserva no começo da temporada

Rosen começa a temporada no banco...
Eu não tenho postado muito, como vocês com certeza perceberam. E isso deve-se ao fato do jogador acima ter sido adquirido no segundo dia do Draft deste ano. Fiquei muito desapontado e terminei apenas as postagens sobre o Draft e só. Não mencionei nem os 12 anos do Blog no fim de Julho e nem postei nada sobre a Training Camp, porque estava ( ainda estou ) irritado com tamanha falta de noção no movimento feito.

Eis que o time estreará em casa no domingo que vem contra os Ravens em casa e o QB será... Ryan Fitzpatrick, não Josh Rosen. E isso, se querem saber, eu já antecipara. E nem era tão complicado assim. Mas porque Brian Flores e Chris Grier queimaram picks para pegar Rosen e ele ficar no banco? Eu tenho uma teoria, mas antes, leiam o que eu postei no dia: Miami faz forca para ser criticado.

Quando se pega um QB como Rosen, é de se esperar que no mínimo ele seja o Starter. E não é como se ele tivesse perdido o posto de titular para um Veterano com carreira sólida na Liga, com prêmios individuais e respeito da Liga. O cara que será o signal caller será Ryan FitzPatrick que nunca, repito NUNCA, foi isso na NFL. Ou seja, não é um jogador que se sonhasse sendo Starter do seu time. Isso é um fato inquestionável. Ele agora só falta jogar pelos Pats, porque nos outros 3 times da AFC Leste ele já foi titular.

E Rosen, ficará no banco a temporada inteira? Brian Flores disse que Fitzpatrick será o Starter nas 4 primeiras partidas e fez elogios a Rosen, falando que ele evoluirá durante a temporada. Mas o que pesa é que ele está na reserva. E ele não poderia sê-lo. O jogador que o Miami adquiriu segundo muitos é alguém com extremo potencial. Mas como assim o cara tem potencial alto de crescimento e ele fica no banco para um QB de 36 que nunca foi nada na NFL?

Para protegê-lo, dizem alguns. Proteger do quê? Alguns dizem que você muda de Fitz para Rosen e não o contrário, dando a entender que Rosen é a opção para Starter, mas que o contrário não daria certo. Não vejo assim, Starter precisa ser o melhor. E é por isso que Rosen não ser o Stater comprova minha críticas ao negócio feito. Sou praticamente o único a fazer isso entre os torcedores.

E para piorar, a trade feita hoje por Tunsil torna a presença de Rosen ainda mais sem sentido. Afinal, trocamos o nosso único OL bom. E agora temos uma OL formada só por Zé das Couves, inclusive com 2 adquiridos ontem. Se a ideia era melhorar a OL para proteção dos QBs, porque trocar o OL com potencial para Top 5? E se a ideia é jogar sem OL forte, porque trocar por um QB jovem? E não custa nada lembrar que a OL não é só para o QB, serve também aos RBs. Quem abrirá espaços para as corridas de Ballage, Drake e cia? Os Zé das Couves contratados ontem? Duvido...

Rosen foi um erro. Que ficou claro com ele na reserva. E que ficou ainda pior com a trade de Tunsil para os Texans. E isso, meus leitores, é triste. 

Miami troca Laremy Tunsil e Kenny Stills com os Texans

Eles agora jogam pelos Texans...

Miami é uma franquia, no geral, ainda vencedora. Tem penado desde 2002, mas de uma coisa jamais poderemos reclamar: sempre tem surpresa durante toda a temporada. Na maioria das vezes péssimas, desastrosas e/ou vexaminosas. Mas vez por outra, muito raramente, temos boas surpresas. Hoje foi um destes raríssimos dias.

Depois de tentar por vários adquirir dos Texans o DE Jadeveon Clowney, quando o time Texano queria o OT Laremy Tunsil no negócio, eis que de fato o time de Houston conseguiu. E levou ainda o WR Kenny Stills, que possivelmente seria cortado, e uma escolha de quarta rodada. Em troca disso tudo, Texans nos enviará duas escolhas de primeira rodada ( sim, isso mesmo que você leu ) e uma escolha de segunda rodada de 2021. E ainda recebemos 2 jogadores: o Tackle Julien Davenport e o CB Johnson Bademosi.

O valor é altíssimo pelos 2 jogadores e isso é facilmente provado: os Bears pagaram menos para ter Kalil Mack, que é um jogador consolidado como All-Star na Liga. Tunsil é um jogador jovem com potencial para isso, mas Stills é um WR comum e nada mais do que isso. Texans estão dando um all-in e não me parece que sairão vencedores, porque Chiefs e Pats seguem bem a frente deles.

Agora uma informação e uma constatação: a temporada passa a ser de Tank real e a trade por Josh Rosen ficou ainda mais sem sentido. Porque se você pega um QB num comércio sem sentido e troca seu único OL que prestava qual o sentido? Ontem o Miami ainda fez duas trades ontem por Guards, que agora perderam totalmente o sentido.