quarta-feira, 18 de março de 2020

Acreditem ou não, mas Chris Grier segue me surpreendendo

Howard não é uma brastemp, mas é um bom reforço...
O espaço ficou muito largado depois da temporada 2018. Natural, porque Adam Gase ferrou com tudo. E eu, mais uma vez, me impus um distanciamento do oba-oba comum dos torcedores mais jovens ( faço 46 no sábado ). Então, para me surpreender é preciso que um General Manager faça algo perto do perfeito. Pois bem, pra mim Chris Grier está de parabéns até aqui. Tipo: a nota é 8,5 e para o 10 falta o Draft. Pois é, ainda tem Draft e 14 picks para melhorar o time. 

Até lá, temos alguns bons reforços para aguardar vê-los em campo. Além dos contratados na quarta ( veja lista aqui ), temos outros reforços. Vamos a eles:
  • Emmanuel Ogbah, DE/OLB. Mais um reforço para a DL e este tem capacidade para ter impacto imediato. Contrato de 2 anos por 15 milhões. Nossa DL muda de nível com ele. Adição cirúrgica de Grier;
  • Jordan Howard, RB. Rumores davam conta de que estavamos atrás de Melvin Gordon. Ele sairia caro e, ao pé da letra, não temos OL para extrair o máximo dele. Ai Grier trouxe Howard, porque ele pode render bem ( não no nível de Gordon, é claro ), mas com uma OL melhorada ele pode conseguir bons números sem custar 50mi. O contrato dele é de 2 anos e 10 milhões. Algo surreal, não?
  • Ted Karras, C. Ele foi o Starter da OL dos Patriots ano passado, jogando 15 partidas. Foi um sucesso e por isso testou o mercado. O contrato por uma temporada e por 4 milhões dão indícios que o Miami quer testar ele ou colocá-lo para ser uma garantia para um Center draftado. Em todo caso, excelente adição e por um valor muito, mas muito, baixo;
  • Elandon Roberts, LB. Outro ex-Patriots nesta leva e isso às vezes incomoda. Ainda mais quando é alguém para os Special Teams, que já tem gente de qualidade. Em todo caso, pode render e nos dar bons resultados. Mas poderia ser de outro time... na boa. Valores e tempo de contrato ainda não foram divulgados.
Miami ainda estaria atrás de outros jogadores, mas por enquanto não tenho do que reclamar das contratações. Que siga assim no Draft.

terça-feira, 17 de março de 2020

E não é que a Free Agency começou muito animadora?

Lawson e Wilkins estão juntos novamente...
Eu não nego pra ninguém: minhas expectativas eram baixas para esta nova reconstrução. Não é algo recente, vem de anos já. Mas é muito complexo não ficar - pelo menos - animado com o que foi feito hoje. Miami foi ao mercado e conseguiu 4 jogadores que chegam com Status de titulares. Claro e evidente que não existe plug and play na NFL e os recém chegados podem ter seus problemas, mas eles chegam como donos de suas posições. 

Vamos a um primeiro olhar das 4 grandes aquisições nesta Free Agency:
  • Shaq Lawson - DE. Pressionar os QBs adversários era um grave problema da defesa "mediana" em 2019. Agora, não mais. Com Lawson reunimos a dupla de Clemson de 2015, que tocou terror na NCAA, pois Christian Wilkins era um novato e Lawson já naquela que seria sua última temporada. Uma grande aquisição, porque oferece um reforço no lugar que mais eramos carentes. O contrato é de 30 milhões por 3 anos, com 21 milhões garantidos. Existe ainda a possibilidade de um extra de 6 milhões como forma de bônus;
  • Byron Jones - CB. O ex-Cowboys recebeu um mega contrato, mas que foi bem estruturado: serão 82,5 milhões, com 57 milhões garantidos, mas com 40 milhões destes nos 2 primeiros anos de contrato ( são 5 no total ). Dito isso, temos agora uma das melhores duplas de CBs da Liga, pois Xavien Howard já é um All-Star. Não será nada fácil para os QBs que joguem contra Miami a partir de agora;
  • Kyle Van Noy, LB. Sempre disse que nosso grupo de LBs não é nada além de mediano. Agora mudamos isso de patamar: e temos um grupo qualificado. Van Noy conhece o esquema de Flores e chega para ser o líder do setor. Ganhou um contrato de 51 milhões por 4 temporadas, ainda sem informação de valores garantidos. Outra grande aquisição nesta free agency;
  • Ereck Flowers, OT/OG. Uma grande necessidade do time, talvez a maior delas. Não era o melhor OL disponível, mas os outros receberam Tags ou assinaram extensões. Flowers não vem de uma boa temporada e rendeu mais como Guard do que como Tackle. Contrato de 30 milhões por 3 temporadas também não é o fim do mundo. Precisamos de mais talento no Draft e ele certamente virá. Mas Flowers já é um avanço diante da OL que não tivemos em 2019;
  • Clayton Fejedelem, S. Chega para ser reserva, mas pode surpreender. Dados do contrato não divulgados.
De um modo geral Chris Grier abriu a carteira e trouxe 4 Starters e um bom reserva. E o melhor de tudo: ainda temos mais de 46 milhões de Salary Cap. Eu não me empolgarei somente com isso, mas se o Draft for neste nível e vier um QB que comande o time em alto nível... ai quem sabe???

Por hora aproveitemos os acertos. Coisa rara de se ver, pois até mesmo a contratação menos acertada pode ser considerada boa. O que não é algo que vê todo ano em Miami.

segunda-feira, 16 de março de 2020

Free Agency começa hoje, mas tivemos um corte sentido...

Fim de uma era...
Reshad Jones era um ponto fora da curva: alguém que viera do Draft e era - apenas - um All-Star em campo. Era, não é mais. Escolhido numa quinta rodada em 2010, ele atuou sempre com muita garra e dedicação exemplar. Deu sempre tudo de si em campo. Mas a idade e as lesões chegaram e é entendível o corte. Deixo meu agradecimento a ele por uma década sublime. Que seja feliz em outro lugar. Infelizmente é assim a vida.

Amanhã abre a Free Agency, que para alguns, será a da redenção. Eu não nutro tal sentimento, depois de ver uma após a outra erros e mais erros. Por hora, aguardemos. Existem alguns acertos com jogadores:
  • Shaq Lawson - DE, ex-Bills. Contrato de 30mi por 3 anos. Uma necessidade do time, em tese ótimo negócio;
  • Ereck Flowers - OT, ex-Redskins. Contrato de 30mi por 3 anos ( 19,95mi garantidos ). Uma necessidade, mas um jogador que chega em baixa. Sua melhor atuação foi como Guard;
  • Melvin Gordon - RB, ex-Chargers. É considerado um alvo crucial. Ainda não fechado;
  • Kyle Van Noy - LB, ex-Patriots. Também é considerado um alvo em potencial, teria a aprovação de Flores.
Por hora é só. Mais tarde eu avalio os jogadores com quem de fato assinarmos.