sábado, 20 de setembro de 2008

Miami Dolphins x New England Patriots


É fora de casa, contra o melhor time da divisão ( mesmo sem eles terem Brady ), nós estamos   0-2 e eles 2-0, etc, etc...  Não sei exatamente porque, mas algo me diz que este jogo será especial...

Como fazer para não sermos surrados, mais uma vez? E pra vencer, o que tem de acontecer? Além de um milagre, precisamos:
  • Pressionar Cassel desde o início - Ele pode ter jogador bem, mas não enfretou uma DL agressiva, como a nossa tem-se mostrado até aqui. Por isso Merling, Langford e Fergunson terão que pressionar o "inexperiente" Cassel, obrigando-o a se expôr e a cometer erros, nem que seja passar para fora. Se isso acontecer, nossa ataque terá como tentar vencer o jogo;
  • Correr, correr e correr desde o começo - Se existe um momento apropriado para que o Jogo Corrido mostre o seu valor é amanhã. Se conseguirmos estabelecer corridas e tivermos auxilio da DL, poderemos controlar o jogo, mantendo o "temível" ataque do NE no banco. É difícil? Sim, mas impossível não é;
  • Defletir passes e evitar "queimadas" - Aqui, pra mim, é a parte mais improvável de acontecer. Não veja qualidade alguma nessa secundária(??) - que a quase a mesma de 2007 - e que até aqui é, e por muito, a pior da toda a Liga. Será que amanhã os jogadores do Setor(??) irão calar a minha boca? Reitero o que disse antes: impossível de fato não é, mas que é bastante improvável isso eu garanto;
  • De um jogo sem erros de nosso QB - Se os três fatores acima derem certo - o que já seria incrível - será necessário ainda que Chad-P consiga achar os alvos ( TEs ) para que possamos sonhar com a vitória. E para que ele consiga isso, é necessários que os WRs apareçam pra jogar. Afinal eu não conheço na história do Esporte uma equipe que viva apenas dos TEs receberem bolas.
  • Que a OL segure a onda - Além de garantir proteção à Chad-P, será necessário garantir que o jogo corrido funcione. A primeira parte deve ser mais complicada do que a segunda, dada a qualidade da DL do Patriots contra o passe. Mas quem sabe não seja amanhã o dia de Jake Long ( já apelidado por alguns como "Joke Long" ) e cia fazerem o trabalho que deles se esperam?
Caso tudo isso aconteça, dessa mesma maneira, o Miami terá uma chance razoável para vencer. Se isso irá acontecer é que eu acho bastante complicado, sobretudo a parter da Secundária(??) e dos Wide Receivers(??). Mas vai que eu estou errado... só nos resta torcer, como aliás, sempre fizemos e sempre faremos.

Go Dolphins, Go!!!!

sexta-feira, 19 de setembro de 2008

O que acontece com Ted Ginn Jr??

Cena rara esse ano. Foram apenas três recepções em dois jogos. E com um QB infinitamente melhor do que os três que passaram para ele ano passado.

Esta cena aqui aconteceu na oitava partida do time em 2007, e só se repetiria mais uma única vez. Será que teremos que esperar tanto pelo primeiro TD dele no ano? E quantos ele fará neste ano?

Busquem nos posts abaixo que o Miami modificou a sua Line-up entre os Wrs e agora o "fenômeno" TGJ é o Terceiro WR do time, perdendo o posto de Wide Receiver principal para Greg Camarillo e para o UDFA Davone Bess. O que será que acontece com ele?

  • A pressão este ano não aumentou. Pode até não ser menor do que em 2007, mas mais do que na temporada não é;
  • Ele agora tem um QB melhor passando a bola. Mesmo ele não tendo a bola longa, deveria ser em tese uma força a mais para que TGJ rendesse mais. Bess e Camarillo conseguem receber passes, e ambos estão quase com 100jds recebidas;
  • Anthony Fasano e David Martin estão sendo até aqui ( mais o segundo do que o primeiro ) os grandes alvos de Chad-P, papel que deveria ser de TGJ;
  • O Pio, colaborador do Blog, diz que ele em contrapartida não tem Drops pass ainda. Ok, não tem. Mas isso quer dizer que ele esteja jogando bem, por ter conseguir receber os 3 passes que foram em sua direção? Não é função do WR principal aparecer para ser o alvo, ou seja, buscar criar as oportunidades para que o QB lhe passe a bola?

Esperemos mais quanto tempo para que ele possa ser o que dele se espera? Esta é outra pergunta sem resposta...

quinta-feira, 18 de setembro de 2008

Semana 3 - Situação do Miami Dolphins

Duas derrotas ( doloridas ) seguidas. Mas isso, infelizmente, é a realidade atual nossa. Não acredita? E se eu disser que nas últimas 21 partidas o time perdeu 20?

O Bicho papão da divisão nesta década, o NE Patriots, e ainda por cima, fora de casa. Mesmo sem Tom Brady o Patriots ainda é um time perigoso - mostrou isso em NY contra o Jets que havia nos batido na estréia. Em tese mais uma derrota. Mas milagres, às vezes, acontecem...

ContraTeremos a folga da tabela, que todos os time têm durante a temporada. Mas na semana 5 temos apenas o Chargers de Rivers e cia dentro do Dolphins Stadium. Portanto está pintando ai um 0-4, só pra desopilar.

0-2. Tudo, até aqui, igual à 2007. Com a diferença que temos WRs piores do que há um ano. E uma secundária(??) pior agora do que na temporada passada. Até o jogo corrido é pior!!!

Injured Reserv:

Fora de Temporada - Donald Thomas

Prováveis - Ronnie Brown e Renaldo Hill

Questionável - Joey Porter

quarta-feira, 17 de setembro de 2008

Rapidinhas

Algumas mudanças consideráveis na Line-up do Miami:
  • O Fenomenal TGJ não é mais o WR 1 do time. E nem mesmo o dois ele será. Ele foi direto para a posição #3. Grande feito para que iria evoluir nesta temporada. E ainda tem quem acredite nele...
  • O WR 1 será Camarillo e o #2 o UDFA Davone Bess. Que blza um UDFA consegue desbancar o grande "nono escolhido". Eu tenho raiva só ver uma coisa dessas acontecer...
  • Falando em WRs péssimos, o outrora salvador da pátria Ernest Wilford é o 5° entre os WRs, que tem 5 opções. Ele ainda está dropando passe a rodo e cada dia mais se mostra um erro a sua contratação. O maior erro até aqui da era Parcells/Sparano/Ireland. Erro de contratação, já que entre às saídas existem duas inacreditáveis...
  • Chris Croker ( que saudades de um outro Chris ) está se destacando nos treinos e deve ser uma novidade entre os membros da secundária(??) do Miami para o jogo contra o Pats. Deve ser no lugar do Hill, mas pode até ser no de Jason Allen. Acho que o trio Moss/Welker e Cassel não irão dormir hoje de tanta preocupação...
  • Ronnie Brown será Starter contra o Pats. Segundo Dan Henning ( OC ), o estilo dele combina mais do que o de Williams contra a defesa do Pats. Tomara que ele esteja certo e que a mudança surta efeito. Pois até aqui, os dois estão sendo decepções. A culpa, creio eu, não é exclusiva deles, mas mesmo assim, o desempenho é ruim: pouco mais de 100jds em dois jogos. Eles têm que triplicar essa produção para irmos mais longe.

segunda-feira, 15 de setembro de 2008

Com a cabeça mais fria...

Vamos aos comentários sobre a derrota ( previsível e dolorosa ) do Miami para o Arizona Cardinals. Tentarei ser o mais sóbrio possível nestes comentários e para facilitar irei fazê-los abaixo de fotos da derrota de ontem...


Com uma secundária dessas onde podemos parar? Com a pior campanha da Liga pelo segundo ano seguido, onde mais...


Todo e qualquer esforço é inútil. Como esse de Will Allen para evitar o TD de Fitzgerald. Na sequência aconteceria o óbvio...


Mais um Td Anquan Boldin, este o segundo de três que ele marcou. É tão fácil bater no Dolphins...


Basta ter braço para suplantar a secundária(??) do Miami. E se o QB adversário for Kurt Warner, este trabalho fica ainda mais fácil do que já o é...


Animado o nosso QB? Eu também estou...


Claro que ele precisa de proteção, que está deficiente à olhos vistos. Mas também necessita de Wide Receivers que consigam ao menos aparecerem no jogo. Ao menos aparecer.


Ano passado o HC do Miami era um especialista em ataques, que destruiu o próprio setor - que em tese - ele deveria melhorar. Em 2008 nosso HC é Tony Sparano - expert em Defesas - e até agora é justamente a defesa quem vem deixando a desejar. Falo defesa no conjunto, pois está claro que os LB/DL estão fazendo a parte deles...


Pra não dizer que não falei de flores, 4 pontos positivos da derrota:
a) Chad Henne fez sua estréia como Profissional e se saiu bem. É claro que o jogo já estava decidido, e o TD no Drive que comandou foi de corrida, mas mesmo assim ele fez 7/12 sem erros. É assim que deve ser e torço que ele continue assim;
b) Ronnie Brown marcando TD. Claro que vale para ele o mesmo que disse para Henne - e que a defesa titular do Cards já estava fora - mas para quem se machucou tão seriamente ano passado, é um alento marcar um TD, e ainda mais da forma como foi; 
c) Kendall Langford e Phillip Merling estão jogando bem. Langford conseguiu seu segundo sack, um feito entre os rookies da posição este ano, e Merling está indo na mesma toada;
d) Greg Camarillo para Presidente!!! Acreditem, ele é melhor WR do time até aqui na temporada. E Derek Hagan que havia passado em branco contra o Jets, conseguiu ser o melhor da partida de ontem. Tá sentindo falta de alguém? Pois é TGJ recebeu "apenas uma bola". E olha que ele iria evoluir...

domingo, 14 de setembro de 2008

Dá tristeza de ser torcedor do Miami...

Perder eu já estou acostumado, infelizmente diga-se de passagem. Ter que conviver com um time ruim, idem. Mas ver que temos a pior secundária e os piores WRs de toda a liga é doer fundo no coração. Eu não agüento mais ser surrado semana após semana e aqui e acolá conseguir perder de pouco. Isso me deixa fulo da vida. É desesperador e angustiante ter que ver o que esses dois setores(??) conseguem, ou não, fazer.

Amanhã eu posto os comentários da partida, pois estou com tanta raiva, mas tanta raiva, que o que eu escrever não será possível ser lido por qualquer pessoa que deteste baixaria. Amanhã, provavelmente, com a cabeça mais fria, talvez eu consiga ser mais ponderado. Algo tão difícil quanto a secundária do Miami Interceptar alguém ou defletir um passe. E ainda trocaram o Daniels e dispensaram o Davis. Será que eles são piores do que os que ficaram??