sexta-feira, 14 de novembro de 2008

Semana 11 vs Oakland Raiders

Vitória contra o Seattle Seahawks, a terceira seguida, mas que desde 2006 não conseguíamos. Naquele ano vencemos 4 times em seguida. Será que repetiremos a toada?

O Oakland Raiders, que vem com 2-7 de randcap. Não é um jogo complicado, mas nem por isso será um partida fácil antes do seu começo. Se jogarmos com raça e dedicação o jogo poderá torna-se tranquilo, mas vejo no time do Raiders perigos que podem nos derrubar...

O New England Patriots, em jogo que poderá valer a Divisão. Será um dura batalha pois Matt Cassell resolveu jogar ( na partida contra o Jets: 3 Tds e 400 jardas ) e o time tem talento em quantidade suficiente pra nos vencer. Por isso será necessário entrega de 110% pra vencê-los. Impossível? Nem de longe, afinal na primeira partida foi uma passeio. Que não deve se repetir agora. Nem o Show da WildCat...

5-4. Às vezes eu nem acredito no que vejo. E é bem díficil mesmo de acreditar, mas é a - ótima - realidade. De 1-15 pra 5-4 em apenas partidas. Isso é tão, que poderia ter acontecido antes...

Frase da Semana

"I can't express it in the proper words other than to say this is a tremendous honor to have this chance. I was born to do this. This is my love. This is my passion. I eat, sleep and drink football, personnel, acquisitions, the player procurement process, all of it. This is what I'm all about. This will get done under my watch. I can promise you the effort and the passion will be there. I won't sleep until it gets done."

Jeff Ireland, afirmando ao Phináticos que come, durme, assiste e vive Miami Dolphins com a paixão. E gostei da parte final: paciência, eu não dormirei no ponto...

terça-feira, 11 de novembro de 2008

Destaque da Semana: TGJ

Pois é, inaugurando uma nova sessão dentro do Blog, começo pelo Wide Receiver mais comentado, contestado, xingado, vaiado e cobrado da história do Miami Dolphins: Ted Ginn Jr, autor de uma recepção impressionante contra o Seattle Seahawks no último domingo. Além disso ele marcou um TD no retorno de Kickoff de abertura do jogo com um drible desconcertante no marcador. Só que uma anta do ST fez um holding infantil e anulou. Por isso ele é o primeiro destaque da semana do Blog. Merecido...


Vídeo do primeiro TD da partida e do TGJ na temporada...

segunda-feira, 10 de novembro de 2008

Ganhar a divisão? Impossível? Não, mas ainda é bem díficil...

Acordei hoje diferente. Meu time está com 5-4 e à uma reles vitória do Topo da Divisão AFC Leste, e com um grande diferencial: 2-1. Eu não via tal possibilidade real de vencer a divisão desde 2003 - em 2006 fizemos 9-7 mas ganhar a divisão passou longe. Por isso farei uma análise dos adversários ( em parentêses a atual campanha das equipes e a provável na época do confronto ) que ainda faltam e como podem ser esses jogos:
  • Week 11 vs Orkland Raiders ( 2-7 ) - Não é nenhum absurdo cravar uma vitória nesta partida, mas sempre prego o respeito ao adversário e à sua história, por isso o jogo não será fácil. O Raiders vive problemas parecidos com os que implodiram o Miami no ano passado ( draft péssimo, erros absurdos da direção da equipe, jogadores problemáticos e sem carismo, etc, etc... ), mas ainda assim tem talento suficiente para em um dia bom deles e ruim nosso nos causar problemas. Mas acho que faremos 6-4 após esta partida;
  • Week 12 vs New England Patriots ( 5-3 / 6-3 ) - Será o jogo crucial para nossas pretensões de vencer a divisão. Se conseguirmos bater o Pats pela segunda vez na temporada ( faz tanto que fizemos isso que nem me lembro quando foi a última vez ) igualaremos as campanhas, ficando à frente no confronto direto. Um ponto ruim é que esse será o penúltimo jogo em casa até o fim da temporada;
  • Week 13 at Saint Louis Rams ( 2-7 / 3-8 ) - Um jogo fora e complicado. Pelas campanhas dos dois times, em tese o Miami deveria vencer, mas o Rams tem um bom time ofensivo e a defesa tem, tentando ao menos, melhorado. Placar díficil de prever, mas não é impossível vencer, mas será o mais complicado dos jogos fora da divisão que teremos, com certeza;
  • Week 14 at Buffalo Bills ( 5-4 / 8-4 ) - O time do Bills tem três jogos, onde em tese, é favorito ( Browns em casa, Kansa City fora e Niners em casa ) e por isso deve chegar com 8-4, o máximo que o Miami poderá estar também. Aqui minhas previsões já ficam mais para o campo do achômetro, pois o jogo séra em Toronto - campo neutro?? - e daqui a 4 semanas, e tanto o Bills atual está mal e pode voltar a estar bem, como o Miami está bem e poderá estar mal. Será, em todo caso, um jogo duro, que mesmo que não valha mais a divisão, poderá valer ainda a vaga no Wild Card. E o Miami terá que jogar muito para bater novamente no Bills...;
  • Week 15 vs San Francisco 49ers ( 2-6 / 2-11 ou 3/10 ) - O Miami poderia estar de 9-4 ( máximo ) à 7-5 ( provável ) ou ainda ( 6-6 ) o mínimo. Como fica muito longe saber se ainda teríamos chances de Vencer a Divisão e/ou WC, apenas digo que este é um jogo onde o Miami pode vencer. Em tese, é claro...;
  • Week 16 at Kansas City ( 1-8 / 2-12 ou 3-11 ) - Se o jogo contra o 49ers já é praticamente impossível prever nossa situação, digo somente o seguinte: se estivermos na briga, este é um jogo onde teremos que vencer, mesmo sendo fora. Até porquê o Chiefs poderá estar mais interessado em garantir a primeira escolha do draft. Ou não...
  • Week 17 at Nem York Jets ( 6-3 / 9-6 ou 10-5 ) - Nada me deixaria mais feliz do que se classificar com uma vitória diante do maior rival do Miami, principalmente se este ficasse de fora da PS por esta derrota. Isto irá acontecer? Não sei, mas que seria lindo seria...

Sei que é bastante díficil, mas não era conseguir 5 vitórias? Que era a marca que eu achava ser o mais provável em todo o ano, e nós as conseguimos em nove jogos? Impossível não... nada é impossível quando se joga com raça, vontade e claro, se tem um QB competente, uma defesa aguerrida, corredores formidáveis e um WR que consegue - mesmo que às vezes - ser sensacional...

Go Phins!!! Go to Playoffs 2008!!! EU ACREDITO!!!

domingo, 9 de novembro de 2008

Seahawks 19 x 21 Dolphins

Foi no sufoco, na raça e na determinação, com todo o time se superando e dando o sangue em campo. Mas o principal é o resultado, e o Miami venceu um determinado e valente Seahawks, que lutou até o fim e poderia ter vencido. Mas estamos com 5-4 e agora não somos mais o lanterna da divisão e estamos a apenas uma vitória do topo da mesma. Será que conseguiremos vencê-la após 7 anos de jejum? Só o tempo e este time de guerreiros poderão dizer. Eu mesmo já não duvido de mais nada... 

Ele vem conseguindo 200jds ou mais nos últimos 5 jogos do Miami, onde o time fez 3-2. Não tem lançado muitos Tds - ontem conseguiu mais 1 - mas também não tem cometidos tantos erros - mais uma Int ontem, a 5ª na temporada - mas o mais importante é que ele faz o ataque avançar. Algo que há tempo não tínhamos...

Astral em alta. Este é um dos principais segredos do time nessa surpreendente e prazerosa recuperação. Vibração, alegria, garra, determinação... são tanto os adjetivos que eu poderia passar um post inteiro falando só deles...

O TD que acabou valendo a vitória, no quarto período, quando Ronnie Brown pareceu um tanque e empurrou os defensores do Seattle para dentro da End Zone. Coisa linda. Assim como o primeiro TD do ano de TGJ. Finalmente saiu, marcado por dois e ele tirando a bola de um deles...

Ontem ele correram mais de 150 jardas e marcaram dois TDs. Sempre que fizerem algo parecido iremos vencer. O TD do Ricky foi de pura explosão, o de Brown pura força. Que eles continuem assim, pois iremos precisar deles...

A nossa secundária tem melhorado consistentemente. E ontem, mesmo que contar um QB "meio desconhecido", eles tiveram seus momentos ruins, mas no final impediram a conversão de dois pontos, que empataria a partida e que o Seahawks tivesse a chance de se posicionar para um FG, que nos custaria a derrota. De um modo geral, uma atuação decente, que é o que se espera deles...

Alguém anotou a placa? Ricky Williams marcou um TD de 51 jardas e foi o destaque do time no ataque, conseguindo importante First Downs em terceiras descidas...

Porter conseguiu este sack dividido na raça com Charlie Anderson. Observe que ambos pularam um defensor do Seahawks para conseguir o sack. É por isso que ele é o líder deste quesito na NFL, com 12...

Na batalha entre o velho e o novo, o "velho" Homgrein mostrou porque é um dos melhores: com um time desfigurado quase vence...

Já o "novo" Sparano está se saindo bem justamente contra às raposas "velhas": venceu Shanahan, Belichik, Holmigrein...

Wildcat? Yes, We have... ( sim nós temos )

Direct Snap. Ronnie Brown passa a bola para Ricky Williams, e é TouchDown Miami!!!!

O TD da vitória. Vejam como Ronnie Brown está cercado e como ele abre o espaço. Raça acima de tudo...

Miami win the AFC East Division? YES, WE CAN!!!!
( Miami vence a divisão AFC Leste? Sim, nos podemos!!!! )
Na foto, o center Samson Satele, um dos dois únicos Starters que foram escolhidos na era CC...

Comparativo Ataque x Defesa - Seahawks at Dolphins



Resumo da ópera: O Seahawks tem o segundo pior ataque da Liga no geral, o pior passando e é o 12° correndo. Em termos de defesa o time tem a 27ª no geral, a segunda pior contra o passe e a 21ª contra a corrida. Bom para Chad Pennington que está quente na temporada e para os nossos RBs melhorarem seus números ( são atualmente os 23° na Liga ). Uma coisa boa sobre o ataque do Miami é que temos a 9ª no geral e somos a 6ª passando, subimos uma posição com relação à semana passada.

Isso quer dizer que iremos vencer com facilidade? Pelo contrário, eu espero um jogo duro, mas que temos condições de vencer. O Seattle é um time que merece respeito, e sempre o darei ao time que tem Matt Hasselback, mesmo que ele não jogue hoje...

Update 1 = Intervalo 14x7 - TGJ fez o seu primeiro TD no ano, mas Chad-P lançou uma Int boba que foi retornada pra TD. Além disso, em mais uma versão da Wildcat Formation, Ricky Williams marcou um TD corrido de 51 jardas...

Update 2 = Após uma queda vertiginosa de rendimento, o ataque consegue marcar mais um TD com Ronnie Brown no 4° período. Só que a defesa conseguiu ser ainda pior e levou 12 pontos ( 1 TD sem extra point e dois FGs ), mas no drive final do Seahawks, quando um FG representaria uma derrota inesperada, a defesa parou o Seattle. Boa vitória, mesmo que mais apertado do que parecia...