sexta-feira, 25 de setembro de 2009

Uma cilada para Antonio Gates?


Ok, o filme e a cilada são para Roger Rabbitt, eu sei. Mas é o que precisaremos para termos chances de vitória. Quiz o destino que o nosso time enfrentasse a elite dos TEs em sequência: Tony Gonzalez, Dallas Clark e agora Antonio Gates. Ainda que não iremos enfrentar o Dallas Cowboys e o excelente Jason Witten.

Falando mais sério agora, Tony Sparano - em entrevista ao Miami Herald - disse que irá focar a melhora na marcação aos TEs adversários. O mais interessante é que isso deveria ter acontecido contra o Colts, mesmo que Clark não seja melhor que Gonzo, ele praticamente não bloqueia, sendo mais WR do que Gonzo. Gates é melhor que Clark segunda Daniel Reche do OQB, e eu concordo. Sendo assim, temos que pará-lo. Como? Está na hora de Paul Pasqualoni ( nosso DC - Coordenador Defensivo ) achar respostas.

Na secundária, ao que parece, teremos mudanças: Will Allen deve ir pro banco e Vontae Davis ser o Starter. Nem sei o que dizer: o rookie que não tem experiência marcando "WRs" de verdade ou o veterano que está sendo uma nulidade. Tomara que joguemos melhor no setor.

Tapeta Laranja...

Quem viu o jogo de segunda ao vivo pela ESPN, viu que Tiger Woods, um dos astros do esporte mundial, estava na sideline do Colts, com direito a camisa azul com logotipo e tudo mais. Pois bem, ele não era a unica celebridade esportiva presente ao estádio, talvez seja a mais famosa. Digo isso porque, como mostra a foto abaixo, Serena Williams - a mais nova das irmãs que dominam o tênis mundial há anos - esteve na partida.

Para quem não sabe, ela e sua irmã são sócias minoritárias do time desde o mês passado. Aqui as duas Williams ao lado de Stephen Ross:

Outra bela ( alias, super bela ) celebridade presente foi Jennifer Lopez. Esta não é dona do time, mas o seu namorado é. Por isso o casal se fez presente para ver a nova "aquisição" jogar. Claro que a foto que interessa deveria ter só Lopes, e eu achei esta aqui:

Obviamente que Woods saiu mais feliz ao fim da partida e teve o prazer de assistir ao lado do campo. Mas entre e a dupla do Miami, eu nem penso duas vezes em ficar com as "belas"...

Como anda o Miami

De uma quase vitória contra o Colts. Faltaram detalhes para a vitória, na verdade que a secundária jogasse.

San Diego Chargers, na casa do rival. Será um jogo mais duro do que o que foi na segunda. Eles tem um QB de nível próximo, uma defesa contra as corridas melhor e melhor também contra o passe. Impossível vencer? O Miami desconhece esta palavra...

Contra o Buffalo Bills, no LandShark Stadium. Jogo contra um rival de divisão que parece estar mais fortem em 2009 do que esteve em 2008, quando começou ainda melhor do que até aqui. No entanto, eles tem um QB mais inconstante que o nosso, mas tem um verdadeiro WR de elite: Terrell Owens.

0-2. Duas derrotas com sentimento opostos: a primeira perdemos para nós mesmos, a segunda porque o rival tem o melhor QB de toda a liga. Espero, confio e acredito que semana que vem tiraremos o zero das vitórias...

quinta-feira, 24 de setembro de 2009

Sobe e Desce - Week 2

SUBINDO

Não tem stats "surpreedentes", mas tem sido útil e mostrou potencial de crescimento. Quem sabe não seja melhor na End Zone do que certos companheiros...

Após ser duramento criticado - merecidamente - na partida 1 contra o Falcons, ele se saiu bem na batalha contra D. Freeney, não permitindo sack e abrindo verdadeiras avenidas contra a DL do Colts...

mas o destaque sem dúvida alguma é Ronnie Brown, que nem foi tão ruim assim contra o Falcons, mas que quase conseguia - na marra - fazer o Miami vencer o Colts. Tivessémos um WR com a sua qualidade, não estaríamos 0-2...

DESCENDO

Ano passado nossa secundária era uma piada, com peças como Andre Goodman ( para os outros time, é claro ) e Renaldo Hill. Mandamos eles embora e ficamos com os "melhores" do elenco: Yeremiah Bell e Will Allen. Alguém notou alguma diferença de 2008 pra 2009?? Pra mim, parece até pior...

De leão da defesa em 2008 para "gatinho manso" em 2009? O que houve com rei dos tackles "salvadores" e que quando não jogou contra o Chifs levamos quase 500 jardas? Será que sentou nos louros e na grana preta que recebeu com o novo salário?? Ele errou vários tackles de forma bizonha das duas partidas até aqui...

Por fim outro se saiu muito bem em 2008, parecia que ia sair, mas renovou por uma grana considerável e - assim como Crowder - piorou consideravelmente. Freeney atormentou Long o jogo inteiro, mas não conseguiu grandes coisas. Quando caiu do lado de Carey, parecia nem ter alguém por ali. Assim fica bem complicado conseguir algo...

terça-feira, 22 de setembro de 2009

MNF: Colts 27 x Dolphins 23

Perdemos. Era previsto. O adversário é mais forte, um dos 3 melhores de toda a liga em minha opinião. Temos problemas, alguns deles sem previsão de solução no curto prazo. Quase tudo saiu dentro do script. Mas otimista como sou, eu prefiro dizer que fizemos uma de nossas melhores apresentações nos últimos anos. O Colts precisou do máximo de seu fenomenal QB para nos vencer. Caso ele não tivesse sido perfeito, cirúrgico, o Miami teria vencido o jogo. Agora é ir pra San Diego e enfrentar o Chargers. Lembram-se de algo? Quem sabe...

A famosa Wild Cat quase fez mais uma vítima ontem. O Miami correu demais ontem, cansou a defesa adversária - como manda o figurino - mas não vencemos...

Afinal do outro lado estava "apenas" o melhor QB de toda a NFL e que esteve, infelizmente, em um dos seus melhores dias. Não existem mais do que 2 ou 3 equipes que conseguiriam fazer melhor do que nós fizemos ontem, nesta situação...

jogamos em alto nível, sem erros ( os dois do drive final são derivados da pressa ), sem afobação, conseguido vários first downs ( 27 no total contra 14 do Colts ) e mantendo a posse de bola de forma impressionante ( mais de 45 minutos!!! ), mas Manning virou o jogo em apenas 30s...

Muito porque os homens da foto, que ficaram descansando a maior parte do jogo, não conseguiram colocar pressão em Manning e só conseguiram um Sack, com Joey Porter. Não pode a defesa não aparecer assim. Não coloco uma foto da secundária, com pena da "surra" que levaram...

No Drive final, uma amostra de como desperdiçar tempo. Chad Pennington tomou decisões horríveis ( como correr e dar passes pelo meio ), perdeu ao menos um minuto que não tinha mais, mas mesmo assim, mandou a bola da virada nas mãos de...

TGJ. Porquê a bola da vitória na mão desta porcaria de Wide Receiver? A bola na mão dele, sem pressão exagerada e ele deixa a bola passar. Realmente, como dizem os babacas por ai, é o melhor da NFL... Alguns dirão: ele fez 108 jardas, sua segunda melhor marca. FATO. Mas WR de elite decide. Ele não decidiu...

Jake Long teve trabalho, sofreu para brequar Freeney, mas conseguiu - às vezes com ajuda, em marcação dupla. Já Vernon Carey foi "passado" na única fez que Freeney caiu de seu lado. E o resultado é o da foto ai. E isto foi no último quarto, em uma bola em que Davone Bess estava livre pra receber na lateral do campo. Realmente não era dia...

Pra finalizar: que beleza, hein?? Essas Cheers ( as negras sobretudo ) do Dolphins são as melhores...

segunda-feira, 21 de setembro de 2009

Fim da linha para Chad Pennington??

Será hoje o último jogo de Chad Pennington como Starter?? Eu duvido muito...

Eu não acredito nisto, mas a fonte infelizmente é quente: caso não tenha uma boa atuação hoje a noite diante do Colts Pennington poderá ir para a reserva no jogo de domingo que vem contra o Chargers, sendo substituído por seu xará Henne. A notícia eu catei no www.thephinsider.com e veio de um boato contado por Michael Lombardi, que é bem relacionado na NFL.

A história em detalhes é esta: Chad Pennington sumiria - o que tem lá seu laço de verdade - em jogos mais "duros", contra grandes equipes, onde apenas gerenciar o jogo não resolve. Não entendeu? Lembrem-se dos jogos contra o Ravens: não adiantava apenas não errar e colocar a bola pros RBs, que foram parados pela ótima defesa rival. Neste caso é preciso que o QB apareça, e nos dois jogos Pennington cometeu erros e mais erros.

Isso quer dizer que ele não serve? Como disse no começo, eu acredito nele e não acredito neste "boato". No entanto, não sei para por pressão, esta história vazou. Espero que ele responda bem a esta pressão. Como disse, pra mi ele atuou bem contra o Falcons e apenas um erro é culpa dele, a Interceptação e mesmo assim ele estava "sob enorme" pressão naquele momento.

Uma atuação sólida e uma vitória ( ou até derrota, mas demonstrando qualidades ) devem ser o suficiente para afastar tais boatos. No entanto erros e uma derrota dolorida podem ser o começo de tormentas... Aguardemos...

Atualizando: após a boa e segura atuação do MNF contra o Colts, acho que estes boatos devem desaparecer. Se a secundária tivesse ajudado o time teria vencido.

Monday Night Football: Colts at Dolphins

Otimismo. Tá ai uma palavra que eu sei usar bem. E você phinático, sabe? Não quero ser igual a bolinha ai em cima...

Logo mais iremos jogar, após quase dois anos de ausência, um Monday Night Football contra o Colts. Perder? Provável. Mas como ser otimista após a primeira partida e ao enfrentar um dos melhores time de toda a NFL? Este é o meu papel, ser otimista, então vamos que vamos, ao que precisamos para vencer o jogo:
  • Pressionar Payton Manning, não o deixando a vontade. Ele quando está a vontade é o BICHO. Por isso hoje é o dia de super atuações de Joey Porter e Jason Taylor.
  • Correr, correr, correr e correr. A defesa do Colts não é nenhuma brastemp parando corridas. Então corra, Dolphins, corra!!!!
  • Não errar. Alguns babacas me interpretaram mal quando eu disse que toda a NFL sabe que "é mortal errar contra o Miami". Mas isso é natural de babacas e os deixemos de lado. O que importa de verdade é que os erros hoje mudem de lado. Já os fizemos em excesso na semana passada.
  • Será o dia de TGJ? Nem sei se deveria dizer isso, mas bem que ele poderia marcar um TD de retorno hoje. Será se ele é capaz disso?
  • No mais é manter a posse de bola e manter PM o mais longe possível do campo. Só assim pra vencer. E querem saber, eu acredito. Afinal como diz a chamada do Blog, na mantra do Sparano: "why not us??".
  • A rodada até aqui está cheia de resultados surpreendentes: Texans venceu o Titans, o Bengals venceu - e pela primeira vez na história - o Packers no Lambeau Field, o Chicago Bears derrotou a mítica defesa do Steelers e fora de casa e por fim o Jets bateu no Patriots de Brady e Moss. Quem sabe, não seguimos na mesma toada?
  • Eu acredito em Tony Sparano. Ano passado, quando fomos massacrados pelo Cards ( por Warner e Fitz na verdade ) ele disse: iremos vencer mais partida que perder até o fim da temporada. E vencemos mesmo: foram mais 14 jogos e incríveis 11-3!!! Por isso, nunca deixem de acreditar no que Tony Sparano pode fazer com um time de Football. Sparano e sua equipe técnica, que fique claro... E um adendo: o Miami não jogou duas péssimas partidas seguidas em 2008. Perdemos duas vezes em dupla ( Jets-Cards e Texans-Ravens ), mas contra o Jets e contra o Texans jogamos bem e perdemos por causa da secundária. Já contra Ravens e Cards foram jogos em que o time como um todo sofreu. Por isso este é mais um ponto de esperança. Desde o jogo da temporada contra o Ravens que não perdemos duas seguidas e tenho confiança que não será hoje que isso irá acontecer novamente...

Eu irei acompanhar a partida ao vivo pela Sky da casa de outro phinático, o Dr. Claudionor Jr. E espero ver uma ótima atuação de nosso time, até mesmo dos criticados por aqui. Ouviu Pat White??

domingo, 20 de setembro de 2009

Papo Cruzado - Colts at Dolphins


Este é texto é fruto de uma parceria com um bom amigo, o Paulo Netto escritor do Colts Brasil. É uma forma de aumentar os laços entre os blogueiros. Espero que gostem e visitem o Colts Brasil, tem um texto meu lá também...

Olá Dolphins fãs,

Aqui quem vos escreve é Paulo Netto, escritor do blog
Colts Brasil. Como todos sabem, teremos Colts x Dolphins no horário nobre de segunda-feira e eu estou aqui para falar um pouco do jogo entre nossos times.

Para vencer, o Miami Dolphins terá que fazer o que não conseguiu na semana passada: correr. Certamente o ataque irá explorar a maior fragilidade da defesa adversária. Caso não tenha sucesso, Pennington terá que forçar o braço contra uma boa secundária. Falando em jogo aéreo, teremos um belo duelo entre Freeney e Long. Freeney vem de um ótimo jogo onde dominou completamente o calouro Monroe e Long vem do pior jogo de sua carreira. Porém, Long é um jogador top e dificilmente fará outra partida daquela. Só que Freeney é um playmaker e representa perigo a cada snap. Wildcat? Não temo. A defesa do Colts é muito rápida e toma poucas big plays.

O jogo corrido do Colts continua não funcionando e não deverá ser nessa semana que veremos algo diferente. Mas, ainda temos Peyton Manning. Sem Anthony Gonzalez, as responsabilidades de
Reggie “Hot” Wayne e Dallas Clark crescem. Pierre Garcon fará seu primeiro jogo como starter e, com maior atenção dada aos dois melhores recebedores do time, poderá tirar algum proveito da situação. O LT Charlie Johnson vem de uma partida segura contra o Jaguars. Mas, também não enfrentou Joey Porter.

Para terminar, os “turnoves”. Nunca um clichê foi tão verdadeiro. Semana passada os Dolphins entregaram quatro vezes a bola e perderam. O Colts errou duas vezes e teve um jogo apertado por isso.

Bem, Dolphins Fans, foi um prazer escrever para vocês. O blog é um dos que eu visito frequentemente em português. Até a próxima!

Go Blue !!! Go Phins !!!