sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

Jeff Ireland e os "Chads"

Nosso GM ( ao centro, circundado por Parcells e Sparano ), deu a seguinte declaração sobre os nossos "Chads":

"Eu não posso te dizer que estaríamos melhor com Chad Pennington. Eu não tenho uma bola de cristal. Eu não sei quanto melhor nós teríamos sido com Chad Pennington. Eu sei que Chad Pennington foi estupendo em 2008. Mas Chad Henne, é o nosso quarterback agora e ele é o futuro da organização. Eu sinto que foi ótimo 0 tempo de jogo e a experiência que ele teve em 2009, foi algo excepcional. Eu sei que esse garoto desenvolveu muito bem. Ele foi colocado em algumas situações realmente difíceis. Ele vai continuar a desenvolver e estou muito satisfeito com o seu desenvolvimento."

Acredito que esta afirmação derruba toda e qualquer especulação sobre uma volta de Pennington ao time do Dolphins.

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

Dúvidas sobre a off-season?

Tire-as aqui no Diário NFL ( http://diarionfl.zip.net ), do meu amigo Danilo Muller. Leitura obrigatória para quem quer derimir dúvidas sobre termos, datas e critérios do que acontece ( ou não pode acontecer ) neste off-season.

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

Entre os veteranos, quem é descartável?

Primeiramente, é preciso definir o que vem a ser veterano. Parece óbvio pra você? Um RB de 30 pode estar em fim de carreira e um LB com 30, geralmente, está jogando o máximo de sua carreira, por exemplo. Sendo assim, minha análise será meremente ancorada no desempenho desejado para cada posição, começando pelo ataque:

  • Chad Pennignton ( QB - 33 ), Ricky Williams ( RB - 32 ): Casos diferentes, posições igualmente diferentes e futuros diferentes. Enquanto o corredor entrou no hall do mais velhos a conseguir mais de 1000 jardas ( o sétimo a ter tal feito após completar 32 ) o QB parece com os dias contados em Miami, mesmo depois do que fez em 2008. Mas parece cristalino agora, que para darmos uma passe adiante - infelizmente - temos que cortá-lo. Alguém poderia dizer: ele serviria como um back-up de Henne, sendo um tutor ao jovem QB. Sim, seria possível. Mas para isso seria necessário termos 4 QBs no Depth Chart, algo impensável em um time onde só podem ter 53. Outro dado pra Williams é que ele definiu que 2010 será o seu último ano na liga. Portanto o QB é dispensável, mas Williams é útil ao time, como o foi em 2009.
  • Joey Porter ( OLB - 32/33 ), Jason Fergunson ( NT - 35/36 ), Jason Taylor ( OLB - 35/36 ), Will Allen ( CB - 31/32 ), Akyn Ayodele ( ILB - 30/31 ), Yeremiah Bell ( SS - 31/32 ) - Antes uma explicação nas idades: a primeira é a atual que o jogador tem na data deste post. A segunda é a que terá durante a temporada. Agora destes, quem é descartável, que não é essencial ao time ou mais especificadamente, que não "viveremos" sem ele? A rigor, ninguém, é insubstituível. Mas se cortassemos todos, iríamos repor com a mesma qualidade a saída de todos eles? Não é claro. Sendo assim, pra mim, descartável destes ai temos 2: Ayodele e Bell. Para o primeiro não temos exatamente um substituto, mas a sua saída não alteraria a nossa tanto para pior, e existe o draft para que contratemos um ILB, no primeiro ou segundo round. Além de razoavelmente velho, Ayodele ganha um salário até certo ponto alto e ele - assim como seu colega de posição Channing Crowder, é lento e isso causa problemas maiores. Quanto ao Bell, eu o cortaria por dois motivos básicos: a idade e o fato de termos ( ao meu ver ) alguém do mesmo quilate ( quiçá melhor ) no time. Claro e evidente, refiro-me a Gibril Wilson, que não custa lembrar é SS de origem e teve que atuar como FS. Além disso, Bell recebeu uma extensão de 3 anos em 2009 e foi o melhor em termos de tackles do elenco. O que, diga-se de passagem, não é exatamente garantia de boa produtividade, pois os tacles geralmente vinham após longos passes não cobertos pelos CB. Quanto aos outros, Fergunson saudável ainda é necessário, Porter ( se quiser jogar ) ainda é um ótimo LB, Taylor mostrou em 2009 que ainda tem lenha pra gastar e Will Allen ainda é o nosso melhor DB ( não só em termos de experiência, mas de qualidade mesmo ). Deste grupo, se trouxermos um OLB no Draft, eu ficaria com um entre Porter e Taylor ( pra ser um tutor deste, um exemplo ) ou um NT eu cortaria Fergunson. Mas descartável, eu só vejo Ayodele e Bell.

domingo, 21 de fevereiro de 2010

Will Allen preso por dirigir bêbado...


Will Allen ( o número 25 da foto ) foi preso ao dirigir bêbado. E agora temos que aguardar ver o que o nosso Front Seven irá fazer com ele. Sabendo que o mesmo recebeu extensão de 3 anos na temporada passada. Eu até o acho descartável, o que parece mais próximo agora...