sábado, 25 de setembro de 2010

Caminhos para a Vitória: SNF vs NY Jets


Usando uniforme diferente do usual, dentro de nossa casa e em horário nobre, contra o Jets... isso me traz doces lembranças. Doce com uma Laranja...


Amanhã a noite, estrearemos em casa, e não custa nada lembrar que, foi em horário nobre, vestidos de laranja ( terceira vez na história ) e com um jovem QB estreando em horário nobre ( na época era um Monday Night Football ), que vencemos o Jets, que foi também a segunda das 7 vitórias que conseguimos em 2009 ( chegamos naquela partida com 1-3 ). Agora em 2010 chegamos com 2-0 para enfrentar ( novamente de laranja ) o Jets, com outra estreia aguardada: B19 diante de sua "torcida". Claro que existem outros estreantes ( Dansby e Misi, por exemplo ), mas é claro que o nosso WR é o chamariz. Vamos aos pontos a serem observados, por onde passará - obrigatoriamente - nossas chances de vitória:
  • Batalha das Linhas. Pode parecer óbvio demais falar nisso, mas é a pura verdade. Se nossas linhas dominarem a partida, o ataque irá marcar mais pontos e vencer o jogo. Só que não é tão simples assim. Amanhã teremos o embate de duas das melhores OLs da NFL, para alguns a 1ª e a 2ª ( sem, por enquanto podermos definir quem é quem ). Nossa DL está surpreendendo e a do Jets, mesmo sem Kris Jenkins, é de grande respeito, haja vista o que fizeram contra Brady. Sendo assim, se tivermos atuações sólidas entre os lenhadores, o caminho para vencermos ficará bem mais fácil;
  • Conseguir 3ª consersões x Impedir terceiras conversões curtas. Existem situações de terceira descida, que quando são para 2 jardas ou menos, castigam demais a defesa. Tentanto explicar de outra forma: se em um drive, que leve 60 jardas, o time de ataque o fizer com 6 down de 3 tentativas cada, a defesa que tentar parar ( e não conseguir ) o ataque em 18 vezes, e acreditem isso cansa. Se formos nós a estarmos com a bola, beleza. Se não... por isso é importantíssimo, em um jogo onde a defesa rival é fortíssima, cansá-la e assim reduzir a sua eficácia. Ao impedir as terceiras conversões, iremos poupar a nossa defesa e deixar o ataque, tendo que forçar passes, e ai os erros são mais propícios;
  • Equilibrar o ataque. Dizem que é certo que não teremos a Ilha Revis em campo, no SNF. Sparano disse que acreditará quando não o ver em campo. Sendo assim, conto com sua presença em campo. Nossas ações ofensivas, estão por demais focadas no jogo corrido. Temos um WR de elite. Temos um QB com boa precisão de passes, temos um OL excelente, temos bons coadjuvantes, mas ficamos correndo sem parar. Porque? Seria excesso de zelo? Seria falta de confiança em Henne? Até aqui, ele deu duas bombas para B19: uma ele pegou e a outro ele dropou de forma tosca até. Porque então não dar-lhe as chances de tentar o passe? Porque, no segundo tempo das duas partidas até aqui, Henne praticamente foi um observador? Não nos esqueçamos que contra este mesmo Jets ele mostrou ( em sua melhor atuação na carreira ) do que é capaz...

sexta-feira, 24 de setembro de 2010

Week 3 - Jets at Dolphins


Week 3 nosso primeiro jogo em casa. Vamos jogar com a camisa laranja, isso mesmo a camisa laranja (usada apenas 3 vezes na historia do Dolphins, essa será a 4ª vez), mesma camisa que usamos ano passado quando ganhamos em casa do proprio Jets com um passe de 50 yards de Henne para TGJ. Agora temos que temos um camisa 19, que é 19 vezes melhor que o anterior, acredito termos chances de vitória ainda mais claras. Mais serão postados os match-ups pirncipais e quem leva vantagem neles. O jogo será amanhã 26/09, às 21:00 horario de Brasilia, logo será, o Sunday Nighy Football.

Rapidinha Clifton Smith Cut!!!

O RB e PR Clifton Smith mal chegou e já ta saindo, não foi falado nada a respeito do seu corte, e outro cortado foi o TE Jonh Nalbone, com esse corte Nolan Carroll vai continuar retornando junto com D.Bess e P. Cobbs.

quinta-feira, 23 de setembro de 2010

Dois Toques: E o nosso rival Jets, como anda?

Segundo sites de notícias dos EUA é certa a ausência de Darelle Revis no jogo de domingo. Perguntado a respeito, Coach Sparano disse: "só acredito quando não vê-lo em campo. Vocês disseram o mesmo de Favre contra o Vikings...". Se ele jogar, irá marcar Brandon Marshall. Se não, B19 trombará contra A-Cromartie.

Braylon Edwards preso, talvez não jogue. E ele é tão perigoso assim? Com a nossa atual defesa, nem tanto. Seja como for o Jets promoveu Patrick Turner para o elenco principal ( ele estava na Pratice Squad ). Realmente, não irei dormir com medo do que Turner possa fazer no Sunday Night Football...

Jason Taylor vestido de verde é o grande fato da partida de domingo a noite? Não, não é. A notícia é que estamos com 2-0... mas será, de fato, estranho vê-lo de verde. Mas isto acontece... e venceremos. Aliás as últimas 3 partidas nós vencemos. Uma deles sem Taylor em campo...

Dolphins 14 x 10 Vikings - Melhores momentos...

Quase sem querer encontrei este ( ótimo ) vídeo do Dolphins diante do Vikings e que mostra com muito mais detalhes o ocorrido na partida contra o Vikings. Espero que gostem, é longo, mas serve para - por exemplo - vermos como Jake Long conseguiu por no bolso o Jared Allen.

terça-feira, 21 de setembro de 2010

Voltando pra casa. E com um saldo espetacular...

A NFL tem sido cruel com o Dolphins nestes dois últimos anos em termos de calendários. Ano passado enfrentamos Colts e Saints quando os dois estavam embalando ( o Colts inclusive foi o responsável direto pela ida do Jets a post-season, ao usar os reservas contra eles, e o Saints fez o mesmo nas duas últimas partidas. Fossem contra a gente tais partidas, seríamos nós a ir para os playoffs ), Agora jogando as duas primeiras fora de casa e em ambientes bem hostis. Ao lado de Ravens e Cardinals jogamos duas fora, mas apenas nós temos 2-0 e um é rival de Conferência e que iremos enfrentá-los nesta tempodada. No mais temos que focar as duas próximas partidas ( ambas em horário nobre ) contra dois odiados rivais: NY Jets e NE Patriots, ambos no Sun Life Stadium. Vencendo ambos os rivais, iremos fazer 4-0, com preciosos 3-0 dentro da AFC East, ficando o mais perigosos deles ( Pats ) com 0-2 e o Jets com 1-1. Seria ( na verdade será ) espetacular. Por isso vamos a alguns dados sobre o time até aqui:

Mas, cadê o nosso ataque? Vencer duas partidas é bom, mas marcar apenas 20 pontos não. Foram dois Tds ( um corrido de R-Brown e um de passe para B-Hartilne ), dois FGs de Dan Carpenter ( e ele errou um FG de 46 jardas ). No domingo nosso ataque ficou apenas e tão somente no TD de Hartline e mais nada. Nem mesmo chutar FGs conseguimos na partida. E ficou muito pouco tempo em campo ( 24 x 35 ), cansando assim a nossa defesa. Claro que foi o suficiente para vencermos, mas e quando a Defesa não marcar pontos? Que tal começar a fazer isso já diante do Jets? Será, ao meu ver, necessário mais. E Dan Henning sabe disso, assim como os jogadores do setor.

Surrando os Quarterbacks adversários. O Miami Dolphins limitou as ações dos dois QBs adversários que enfrentou até agora. Se fazer isso contra Trent Edwards não é lá esses feitos todos, humilhar Brett é outra coisa. E diga-se que das últimas duas vezes que Brett Favre enfrentou o Dolphins sofreu 6 Ints. Mas não foram apenas as Interceptações, teve um fumble forçado que foi recuperado para TD, vários e vários Hits. Contra o Jets devemos fazer o mesmo e fazer Mark Sanchez diversas vezes.

Jason Allen fazendo interceptações? Eu quase caio pra trás quando recebi o primeiro torpedo ( enviado pelo Dan Peralta ) dizendo que Jason Allen conseguira uma interceptação. Quando recebi o segundo então, pensei que ele tivesse mandado repetido. Mas não foi, era verdade que o candidato a BUST tivera dia de MVP ( dia, não se esqueçam ). E eu digo: que bom ver ele jogando bem. Contra Jets e Pats que ele repita a atuação. Nem precisa das Interceptações, mas se consegui-las, melhor...

Defesa fortíssima: até que enfim!!! Sim, agora temos uma defesa forte o suficiente para vencermos jogos dificeis, e se tivermos mais ajuda do ataque, poderemos sonhar com uma temporada acima de nossas expectativas. E quando falo de defesa, me refiro a uma por inteiro. Tomamos apenas 2 TDs, e um deles o time adversário só o fez porque pegou a bola quase dentro da End Zone. Não fosse isso e com certeza teríamos levado apenas um TD. Contra o passe e contra corridas, tanto faz. Favre tentou de todas as formas, mas o que conseguiu foi dar-nos a bola em 3 Ints. Adrian Petterson correu mais de 140 jardas, mas só fez um TD, ao correr da marca de 3 jardas. Pouco, muito pouco, para um dos mais fortes ataques conjugados da NFL. Cameron Wake é um monstro, Koa Misi dá mostras de que pode ser ( e bem ) o nosso Weak Side e sobretudo Vontae Davis caminha para virar "Mito" na franquia. A raça que ele demonstrou domingo foi de emocionar, tendo até mesmo conseguido machucar-se ao comemorar um Hit. Estou pra lá de feliz com o trabalho desempenhado por Mike Nolan, nosso Coordenador Defensivo, que está - até aqui ao menos - de parabéns. Que passem a respeitar este setor depois de domingo.

Câmera Undefeat - Barrando Adrian Petterson



O vídeo é emocionante. A situação era dramática. Era uma quarta para o TD contra o forte ataque do Vikings. Parecia óbvio que seria uma corrida, mas como descartar um passe de Favre? Nossa defesa, mais uma vez diga-se, mostrou todo o seu valor. Veja o vídeo e fique arrepiado. A tensão. O lance. A corrida. A vitória. A comemoração de Vontae Davis, que com um tackle perfeito ( e até certo ponto louco ) parou Adrian Petterson...

segunda-feira, 20 de setembro de 2010

2-0!!!. E vem mais por ai...

Vencemos um duro adversário e curiosamente o que eu havia dito sobre os caminhos para a vitória aconteceu, e onde eu achava que o adversário iria melhor, fomos nos que saímos vencedores. Quero pontuar algumas coisas sobre a bela vitória de domingo:
  • Jason Allen fez duas interceptações? Algo de novo está acontecendo com este time e este, que era candidato a BUST. Ainda bem, antes tarde do que nunca;
  • Alguém ainda se arrisca a criticar Vontae Davis? Alguém duvida de que ele será, muito em breve, um dos 5 melhores da Liga? A interceptação que ele fez, com 100% de certeza, estará entre as 10 melhores do ano, e eu arrisco que será díficil dela não ser a primeira. Coisa de louco, a lá Polamalu;
  • Cameron Wake e Koa Misi passaram por cima da OL do Vikings. Adrian Petterson praticamente anulado e sendo barrado na 4ª para o TD. Isso é que é uma defesa de verdade. E o Head Coach Brad Childress que aprenda a respeitá-la.
  • Chad Henne dando apenas 15 passes? Tem algo errado ai certo? Dan Henning que dê a resposta, porque a atuação de um QB não pode ser tão limitada assim, ainda mais quando ele conecta um TD tão lindo como o fez para Hartline. Se o contra o Vikings, e sua secundária meia-boca ele ficou assim, como será quando enfrentar a dos Jets, no próximo jogo?
  • Existe um ditado na NFL, que vem bem a calhar após este jogo: ganha quem comete menos erros. E no placar do erros ficou 4x2 pro Vikings. Mesmo que nossos RBs não possam cometer os dois fumbles que cederam por Vikings, nao é Brown e Williams?
  • Por outro lado conseguir chegar a marca das 120 jardas contra uma defesa que tem um dos mais perigosos Front-Seven de toda a NFL é um bom sinal. E mais ainda que a OL está fazendo o seu trabalho. O que é ótimo;
  • E a defesa, em geral? Quanta diferença da de 2008 e 2009. Mike Nolan está por fazer valer o seu salário. Cada dólar dele.

O que podemos esperar mais do que os atuais 2-0 e a liderança - isolada - da AFC Leste? Bom, vencer o Jets na semana 3, é claro. Mas sobre isso, conversaremos durante a semana...

Viagem boa e ruim ao mesmo tempo...

Estive viajando neste domingo. Fui a Natal-RN cobrir o jogo do Salgueiro ( time de minha cidade e de mesmo nome ), na Série C do Campeonato Brasileiro. O título do post fala em bom e ruim na viagem. O lado bom veio que o time do Salgueiro venceu o Alecrim e agora está a apenas duas partidas de conquistar uma ( histórica ) vaga para a Série B do Campeonato Brasileiro, o que para uma cidade com pouco mais de 60mil habitantes seria ( na verdade, será ) um feito e tanto. E o lado ruim, já que o nosso Dolphins venceu, qual seria? O fato de não poder ter visto esta partida, igualmente histórica do Miami diante do fortíssimo(??) Vikings.

Quero de antemão agradecer ao Dan Peralta, que me mandou os torpedos, e eu quase não acredito quando ele falou de Interceptações seguidas em Favre, TD de retorno e etc. Este é um post mais de esclarecimento do que qualquer outra coisa. O bom é que vencemos um time - teoricamente - mais forte que o nosso e que as próximas duas partidas ( Jets e Pats ) podem nos deixar totalmente a vontade dentro da divisão. Mais tarde falo disto e desta épica vitória. E Favre não deverá guardar boas lembraças do Dolphins: foram 6 Ints nas últimas duas partidas...

domingo, 19 de setembro de 2010

Week 2 - Dolphins 14 x 10 Vikings

Chad Henne não teve um grande dia mas foi o suficiente, lançando um TD para Brian Hartline no primeiro tempo abrindo o placar em 7 x 0.

Como mostra a foto você já deve imaginar como Brett Favre sofreu neste domingo, 3 INT 3 sacks e 1 Fumble sofrido, recuperado por Koa Misi na endzone para marcar o segundo TD do Dolphins.

Jason Allen na segunda int dele no jogo, isso mesmo, 2 int em um jogo. Amanhã postaremos outra matéria mais detalhada sobre o jogo. Aguardem