sexta-feira, 1 de outubro de 2010

Caminhos para a vitória: Monday Night vs NE Patriots

Alguns anos atrás, passar contra a defesa do Pats era suicídio. Hoje em dia, é o caminha mais fácil para conseguir jardas...

Com 2-1 de campanha ( e 1-1 dentro da divisão ), a partida de segunda-feira a noite ( MNF ), ganhou ares de decisão. Sim, tão cedo assim. Explico: outra derrota e ficamos em desvantagem contra os dois rivais, e em caso de empate dentro da divisão, vale o desempenho dentro da mesma. Por isso, mais do que nunca, segunda é vencer e vencer, não temos outra alternativa. E como fazer para vencer o time de Brady, Moss, Welker e cia? Bom, antes de mostrar os caminhos cito um dado interessante: desde 2000 o placar é 11x09, sendo este o mais apertado do Pats contra os rivais de divisão neste período. E desde 2004 ( exceto o fatídico 2007 ), os times vem dividindo derrotas. Portanto, se perguntarem a Bill Belichik, qual rival mais perigoso, é bom provável que ele diga o Dolphins. Vamos ao que temos que fazer para encaminhar o empate neste embate ainda este ano ( já que a série histórica vencemos por 50x39 ):
  • Chad Henne to Marshall. Dan Henning precisa acordar de sua hibernação e conscientizar-se de que temos um combo fortíssimo no passe. Marshall esteve perto da perfeição domingo contra o Jets e Chad Henne fez sua melhor partida, passando longe das interceptações. Além disso, D-Best e B-Hartline tiveram partidas ótimas, mas ainda insistimos na ( às vezes ) improdutiva Wild Cat. Espero que contra o Pats, deixemos nosso QB livre pra escolher as jogadas, claro e evidente que variando passe e corrida, afinal temos dois RBs de elite. Mas nada de deixar Ronnie Brown e Ricky Williams em "direct snap". Henne to Marshall é a jogada. Ainda mais que a secundária do Pats é uma das 5 piores da temporada.
  • Parem os TEs. Dustin Keller foi o cara que nos matou domingo. Alguns lembrarão de Braylon Edwards, e é merecida a lembrança. Mas quem conseguiu downs improváveis e terríveis foi o TE. Aliás, não é de hoje que temos problemas contra TEs, e diga-se de passagem, é um problema nas defesa 3-4, pois falta gente na DL e ai os Safeties tem que subir pra marcar, deixando espaços atrás. E é preciso termos mais preocupação ainda, pois poucos QBs na NFL sabem usar os TEs melhor do que Tom Brady, se é que existe algum. Por isso olho aberto ( em 100% do jogo ) em Hernandes e Gronkowski, pois se eles tiverem espaço...
  • Pressão em Brady. Bom, isso é tarefa básica de qualquer defesa, certo? Sim e não. Fizemos isso contra Edwards ( que não pode ser levado em consideração, pois foi cortado do Bills esta semana ) e Favre ( que está em baixa até aqui na temporada, mas é uma lenda ), mas em Mark Sanchez no Domingo nem encostamos nele. Sendo assim, é bom que Mike Nolan tenha acertado o nosso pass-rush, porque Tom Brady com tempo pra pensar e com a leitura de defesas que ele possui, nossas chances de vitória caem consideravelmente, isso se não se tornarem nulas. Claro que temos Vontae Davis ( duas ints contra Brady, uma dos melhores marcas contra de sua carreir ), mas não podemos contar - vide Jason Allen - que em todos os jogos iremos ter jogadores em dia de MVP. Por isso é bom que Misi e Wake ao menos consigam fazer Brady sair do pocket, ficando mais desconfortável e tendo que se livrar da bola, não fazer um passe 100% certinho. Se isso acontecer - de gerarmos pass-rush - temos 60-40 de chances de vencer. Do contrário, eu diria que passam a ser de 30-70 ou menos.

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

2-1 e veio a primeira derrota...

Perder, é claro, ninguém gosta e ainda por cima para o mais odiado rival ( e em tese, o mais forte da divisão ). Mas temos que ver a derrota diante do Jets por outros aspectos além do óbvio. Sendo assim, algumas considerações sobre a derrota de domingo:
  • Jason Allen não pode marcar o melhor WR rival. Isso me parece tão claro, mas não sei por que não o era ( espero que agora seja ) para Mike Nolan. Não faço a menor ideia se Nolan o conhecia antes de chegar ao Dolphins - bem provável que não - mas acho que nosso DC pensou estar diante de alguém que nunca tivera uma chance real de mostrar o seu valor, ou se preferirem, de um injustiçado. Só assim para ele ter destacado Allen para marcar Braylon Edwards, que não é um Moss, mas nem de longe é um TGJ. Edwards humilhou Allen de todas as formas possíveis e, embora não seja a única razão, foi um responsáveis por nossa derrota. Espero que agora coloquem Sean Smith - que reitero é excelente - ou que ao menos coloquem Davis contra Randy Moss. Porque do contrário...
  • Ainda sobre Mike Nolan, espero que o mesmo veja que é preciso bem mais do que apenas mandar Blitz para anular um QB, ou que ele tem que achar um meio de entrar em OLs melhores. Claro que a do Jets é comparável a nossa, mas alguém viu Mark Sanchez ser pressionado domingo? QB sem pressão = derrota. Simples assim.
  • No entanto tenho algumas coisas a dizer sobre o trabalho de Nolan: ele tem um ILB de primeira linha em Channing Crowder, mas o mesmo está machucado. Assim tem que escalar Tim Dobbins, que foi trágico domingo ou Bobby Carpenter que até que não jogou mal, mas não está no nível que precisamos. Mesmo assim, existe o que ser corrigido. E urgentemente.
  • Porque insistimos tanto em usar a Wild Cat? Em dias que a jogada renda jardas, ok faz sentido usá-la. Mas com Chad Henne sendo quase que espetacular e sem o jogo corrido progredir, porque insistir na Wild Cat? Tivemos duas ou três situações de segundas descidas para 3, 4 jardas que viraram terceira pra 9/10 jardas.
  • Alguém ainda duvida das capacidades de Chad Henne? Espero que não...
  • Alguém acha que não valeu a pena trazer Brandon Marshall? E que o mesmo tem como ser ainda mais mortal do que o era no Broncos?
  • Já o nosso jogo corrido... pois é, mas cabe aqui uma observação: John Jerry - destaque nas duas primeiras partidas - estava machucado e foi substituido por Pat McQuistan, que claramente está bem abaixo do nível do novato.
  • Erros defensivos matam. Ter duas vezes o Jets em situação de terceira pra 15/18 jardas e ceder o first down foram uma das razões da derrota. Não podemos permitir tais vantagens para o Pats segunda, porque - de novo - será fatal.
Este é um apanhado. Amanhã, posto mais...

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Week 3: Jets 31 x Dolphins 23

Esta foto resume a partida: quem é o nosso melhor Cornerback? Jason Allen ou Vontae Davis? Parece-me clara ( ainda mais pela posição de Allen na foto ) a resposta. Mas, sabe-se lá o porque, Mike Nolan colocou Jason Allen para marcar o melhor WR rival. Deu nisso ai em cima...